História Princesa e Príncipe do Érebo - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Bianca di Angelo, Chris Rodriguez, Clarisse La Rue, Connor Stoll, Grover Underwood, Hades, Hefesto, Hera (Juno), Hermes, Hiperíon, Katie Gardner, Leo Valdez, Luke Castellan, Malcolm, Miranda Gardiner, Nêmesis, Nico di Angelo, Niké (Nice), Percy Jackson, Quíron, Silena Beauregard, Thalia Grace, Travis Stoll, Will Solace, Zeus, Zoë Nightshade
Exibições 3
Palavras 625
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 6 - Ele não se afogou!?


  Bianca di Ângelo

  Tem certeza? Isso que estou me perguntando nesse momento. Estou cogitando sair correndo enquanto posso, nesse momento, estou na Porta de Orfeu, uma das duas passagens para o Mundo Inferior. Porém, não vou passar pela passagem, apenas alguns para distrair as Fúrias de Hades, enquanto eu e Luke vamos usar as sombras para ir direto para o rio Estige, e com sorte, Luke vai se afogar nele. Acho que estou repetindo isso muito.

  De longe, vejo um dos semideuses de Luke, tocar uma harpa para a passagem se abrir. Lou, que está ao meu lado, revira os olhos. 

  - Eles vão morrer, e sabemos disso - diz ela, bem baixo. 

  - Melhor eles que nós - digo dando de ombros. 

  - Egoistamente inteligente - diz olhando para as crianças no parque. - Depois que vvocê for, vou voltar para Westover, Michael e os outros vão para o Acampamento Meio-Sangue, menos Damien, disse que vai ficar. 

  Suspiro, revirando levemente os olhos. 

  - Não precisa ficar, já te livrei da minha encrenca - digo num tom baixo. 

  Ela rir sarcástica. 

  - Você tem sua missão, eu tenho a minha - diz, e olho para ela, questionando. - É ficar de olho no exercito, estou mais perto do que antes, graças a você. 

  Faço uma expressão de ofendida. 

  - Então me usou? 

  Ela concorda revirando os olhos de puro sarcasmo. 

  - Claro que não, deixa de ser louca - diz. 

  Os semideuses já entraram em suas covas, vejo Cris no meio deles, sim, ele se aliou a Cronos. 

  - Vai ficar pra vigiar Cris - afirmo encarando Lou, que sorrir, envergonhada. 

  - Cala boca - manda corando de leve, Lou é alguns meses mais velha que eu. - Fomos para o Acampamento Meio- Sangue juntos, sai porque ele não queria ficar lá. 

  - É quase um irmão? 

  - Sim, é quase um irmão - responde . 

  A passagem se fecha, chegou a minha vez.

  - Te encontro na escola - digo para ela, já me afastando. 

  Luke está perto da passagem, me aproximo dele. 

  - Já? 

  Ele concorda pegando em meu ombro. Como estar de noite, é mais fácil para mim. De noite, as sombras é mais fácil de controlar. Sinto as sombras se aproximarem. Não vejo nada além do escuro por um segundo, depois me encontro perto de um rio, suas águas negras sujas. 

  Me Afasto de Luke, a tempo de ver um fantasmas se aproximar dele, reconheço a silhueta de Aquiles. Ele diz alguma coisa, que faz Luke ficar confuso, então vai embora. 

  Ele se jogar no rio, parece que sua pele está queimando, ele se deixar levar pelo rio, e começa a se mexer, nadando para a margem, sua pele vermelha e parecendo queimada. E sai do rio. 

  - Ele não se afogou - sussurro com raiva. 

  Ele sai da água, um pouco confuso, e meu pai surgir, na minha frente, raivoso. 

  - Você não merece ter o nome di Ângelo, não merece nada que lhe dei - diz, e eu corro para perto de Luke, meu coração acelerado. - Nunca mais volte aqui, você deixou de ser a minha filha. 

  Pego no ombro de Luke, me misturando as sombras, então me encontro perto do navio do mal. Sinto algumas lágrimas descendo. 

  - Está bem? - pergunta Luke, quase como se estivesse preocupado. 

  - Isso não importa, já está com sua imunidade e já vou voltar para Westover - digo já me misturando as sombras. 

  Não sei porquê estou chorando, já sabia que ele não ia ficar ao meu lado, mas o jeito que ele disse aquilo, me magoou. 

  Subo as escadas para voltar ao meu dormitório, Lou ainda não chegou, apenas me jogo na cama e me entrego aos meus pesadelos. 

  

  



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...