História Princesas, guerreiras e noivas do sacrifício - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers, Lolirock
Personagens Amaru, Auriana, Ayato Sakamaki, Carissa, Gramor, Iris, Kanato Sakamaki, Laito Sakamaki, Lyna, Mephisto, Praxina, Reiji Sakamaki, Shu Sakamaki, Subaru Sakamaki, Talia, Yui Komori
Tags Diabolik Lovers, Lolirock
Visualizações 25
Palavras 963
Terminada Não
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa Leituraa!

Capítulo 13 - Show de talentos part.2


Já era de manhã na mansão Sakamaki e as meninas ainda não haviam acordado.

No quarto de Lyna...

-hum...-Lyna abre os olhos.-ainda estamos aqui, então não foi um sonho.

-já acordou bitch-chan? -disse Laito sentado na cama de Lyna.-sabia que vc fica linda de pijama?

-hã! Laito, o que vc faz aqui?-pergunta Lyna assustada e surpresa.

-eu não posso ver a minha bitch-chan? -Laito vai se aproximando mais de Lyna, e a mesma vai se encolhendo na cama. Laito fica em cima de Lyna...

-não...!- a mesma arregalou os olhos e seu corpo começou a tremer por si só. 

-está com medo, bitch-chan?-Laito disse em seu ouvido, com uma voz rouca e sedutora.

-não.- Lyna disse fria e, quando iria levitar Laito para cima, o mesmo desaparece.-o quê? 

-isso não funciona comigo.-Laito está,como posso dizer, em baixo de Lyna, que ainda estava deitada.-e eu sei seu ponto fraco...

Laito prende as mãos de Lyna com uma mão e com a outra, tapa sua boca. O mesmo morde Lyna em seu pescoço. 

-hmph...! -Lyna se rebatia com força na cama.

-ah, eu peguei de mais de você? -Laito para por um instante de sugar o sangue de Lyna.- mas antes de eu ir embora...-Laito deixa um chupão no pescoço da mesma.

Ele desaparece.

-mas o quê...-ela passa os dedos onde Laito a mordeu.-ai! -Lyna vai para o banheiro. -eu não posso ir pra escola com isso no meu pescoço! 

No quarto de Auriana...

Auriana acordou e se levantou de sua cama, laranja com alguns detalhes de lua, e foi se trocar.

-que cheirinhi bom é esse?- Auriana olhou pela sua janela e viu um belo jardim de rosas brancas.-mas que lindo!

Auriana desce as escadas e foi para o belo jardim.

-uau! Aqui é tão lindo...-ela cheira uma rosa.-e cheiroso!- Auriana sorria enquanto observava as rosas.

-o que você tá fazendo aqui?-pergunta Subaru.

-eu estou apreciando as rosas. Você que as plantou, Subaru?-pergunta Auriana com um belo sorriso no rosto.

-sim...e o que vc faz aqui fora, deveria estar lá dentro tomando café com as outras. -diz Subaru.

-ah, obrigada por me lembrar!-Auriana sai correndo em direção a porta da mansão. Mas ela parou...-vc não vem?

-eu não sou um mortal como você. -Auriana fica na frente de Subaru.

-eu tinha me esquecido disso, você é um vampiro.-ela diz.-vcs morrem se forem molhados com água benta ou alho?

-que idiotice! São histórias idiotas criadas por míseros mortais.-Subaru diz irritado.

-desculpe, então seu café da manhã é sangue?-ela pergunta curiosa.

- sim.-Subaru olhou para Auriana e depois para seu pescoço.- já que você tocou no assunto...

Subaru a pega pelo braço. 

- não teria problema se eu tomasse o meu...café da manhã, certo?-ele diz em seu ouvido.

-acho que não teria problema...-Subaru a morde.-S-subaru...

Ele a solta...

-matei minha sede, que bom. O seu sangue é bom.-ele diz.

-pode sugar meu sangue e quando quiser.-Auriana sorri e olha para Subaru, o mesmo cora de leve.

Os dois se despedem um do outro, mesmo sem precisar, e Auriana segue caminho para a cozinha.

Na cozinha...

Todas estavam ali.

-alguém mais além de mim teve seu sangue sugado quando acordou? -pergunta Lyna.

Todas levantaram a mão. Elas tomaram o café da manhã, e começaram a conversar...

-eu odeio esse lugar!- diz Carissa.

-eu gosto, tem um belo jardim e o Subaru...-Auriana faz aquela cara de garota apaixonada.-eles podem ser maus no começo, mas tenho certeza que eles podem ser bons, assim como o Subaru foi, eu acho...

-mas eu tenho uma certeza, eles são pessoas difíceis de se conviver.-disse Lyna tomando um pouco de chá. 

-isso aí é verdade.-diz Íris. 

- Auriana, Íris nós temos que ensaiar.-diz Talia.

- nos vemos depois!-disse Íris para Lyna e Carissa.

-eu vou para o meu quarto dormir mais um pouco.-diz Carissa.

Lyna lava a louça do café. E decide explorar a mansão. 

-sala de jogos...-Lyna entra nessa sala e leva um susto por ver Laito.

A mesma se esconde atrás da parede, esperando por Laito não tê-la visto.

-não adianta se esconder, eu sei que vc está aí.- Laito fala sem nenhuma expressão na voz.

Lyna sai de seu "esconderijo", pensando que ele iria mordê-la. Mas ele desaparece.

-hã...-"ele sumiu, pensei que ele fosse me morder. E...droga! Eu tinha que perguntar uma coisa pra ele." Pensa Lyna.

Ela sai correndo pela mansão, atravessou corredores, entrou em salas, subiu e desceu escadas, até encontrar o último corredor. A mesma passa por esse corredor, o ouve um barulho, não, um som de piano vindo de uma das salas. Ela abre a porta e vê Laito tocando o piano que acabará de ouvir.

-o que a minha bitch-chan deseja?

- eu...eu quero perguntar uma coisa para vc.-ela entra na sala e fecha a porta.-pq mandam garotas para essa mansão? 

- pra nos alimemtarmos, assim não atacamos as pessoas da cidade, em troca, mantemos a nossa "espécie" em segredo.-diz Laito voltando a tocar o piano.

- entendo.-Lyna se aproxima de Laito.-mas, não que eu esteja, algum de vcs já se apaixonou por alguma noiva do sacrifício? 

-sim, o Ayato. Ele é apaixonado por Yui. Eu tbm...-Lyna arregala os olhos.-pela minha nova bitch-chan. 

-aposto que vc diz isso para qualquer uma que entra aqui.-diz Lyna corada.

-não, todas elas eram falsas, e irritantes.-diz Laito.-mas vc é um pouco diferente. Isso que me atrai em você.

Laito aparece atrás de Lyna, o mesmo a abraça por trás. Lyna cora fortemente. Ele passa sua mão pela braço de Lyna, seguindo pelos ombros até seu pescoço. E, de novo, ele a morde. Lyna fecha os olhos com força e faz uma expressão de dor, até que sua visão escurece e ela desmaia. Ele a pega, estilo noiva, e a leva para seu quarto.

- hã...-"eu estou no meu quarto?"-eu não me lembro de ter me trocado. Se eu não me troquei...quem me trocou?

Alguém bate na porta.

-pode entrar. 

-oi bitch-chan! -diz Laito entrando no quarto.

-Laito quem trocou minha roupa?-pergunta Lyna.

-eu, quem mais?-diz Laito.-vamos, nós temos escola hoje.

-mas...-Laito a puxa até a sala.

-vamos?-falou Reiji.

E assim eles seguiram caminho para a escola.


Notas Finais


Eu não sei pq teve tanto foco na Lyna e no Laito esse capítulo. Mas mesmo assim, saio capítulo novo, comenta aí o que vcs acharam.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...