História Prisão / Sterek - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Teen Wolf
Personagens Derek Hale, Stiles Stilinski
Tags Fantasia, Gay, Novela, Romance, Saga, Sterek, Teen Wolf, Universo Alternativo, Yaoi
Exibições 195
Palavras 795
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Poesias, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá Boa leitura.

Capítulo 2 - Capítulo 2


Fanfic / Fanfiction Prisão / Sterek - Capítulo 2 - Capítulo 2

Pátio 

O pátio era amplo com mesas de cimento espalhadas ao redor, havia algumas árvores e um grande muro Branco protegido por cercas elétricas. Olho em minha volta e observo alguns grupos,  uns jogavam cartas, outros fazendo queda de braços e alguns apenas parados conversando. Tinha todo tipo de cara aqui, gordos, magros, loiros, morenos, ate mesmo bonitos.  A maioria com olhares afiados e gélidos.
E um grupo em especifico me chamou atenção,  eram três caras,  dois brancos de olhos claros e um moreno de olhos verdes e cabelos negros. 
Scott  e Isaac ( dois carinhas que conheci assim que cheguei foram muito hospitaleiros disseram também que logo iriam sair por Boa conduta)
disseram dois brancos se chamavam Theo e Jackson e o moreno Derek.  me falaram também que eram encrenca e que eu os evitasse ao máximo. Bem, havia algums lugares afastado das mesas onde o scott, e isaac costumavam ficar e onde eu ficaria também.  o Scott me mostrava tudo ali e eu tive essa sensação de estar sendo observado então olho ao redor e me deparo com grande olhos verdes me fitando fazendo todo meu corpo estremecer. Scott logo me puxou para que eu visse o resto da prisão.

Banheiro
 
 Assim que entrava no banheiro ja dava de cara com algumas pias que tinham torneiras brancas, nao era nada novo mas da para usar. Na frente as cabines com privadas umas tinham portas outras não. Ao lado um espaço onde ficava os chuveiros sem nenhuma divisória o que é complicado para uma pessoa tímida como eu, o Scott disse que se eu quisesse tomar um banho descente deveria acordar as 5:00 Am  Pois era o horário de pouco movimento porque os detentos ainda estaria dormindo.

Cantina

A cantina era enorme até porque era ali que ficava todos os detentos. Era notável que cada "grupo" tinha sua mesa igual no pátio, basicamente com as mesmas pessoas. Havia alguns guardas nas portas observando e um grande balcão onde servia a "gororoba" por que aquilo estava longe de ser comida.

~*~

O dia passou normal o suficiente,  fiquei todo tempo com o Isaac e o Scott, tentando ao máximo me distrai jogamos cartas depois fiz minha higiene,  participei de uma contagem,  e quando deu por volta das oito horas segui em direção à cela acompanhado de um guarda e outros presidiários, ate então eu ainda não sabia onde dormiria. Lembro do Isaac dizendo que era quase impossível já que estavam lotados. Depois de um tempo esperando apareceu um guarda e pediu que eu o seguisse andamos uns 10 minutos e chegamos na frente de uma cela havia duas camas estranhei não ver mais ninguém ali, coloquei minhas coisas em uma mesinha velha,  o guarda me entregou um travesseiro,  lençóis e alguns pertences como shampoo, sabonete, escova de dente e um coelho de pelúcia. Sim, eu não conseguiu dormi sem meu coelho e tentaria esconde-lo ao máximo. assim que virei para coloca-los em cima da cama ouvi uma voz grave. 

- O que ele tá fazendo aqui?  - perguntou ao guarda.

Virei rapidamente com o susto e dei de cara o homem que me fitava no pátio e na cantina. 

- Seu novo colega de cela Hale - disse o guarda num tom de deboche. 

- Eu não quero um colega de cela - Falou ele num tom  irritado.

- Você não manda em nada aqui. E se comporte.   - Falou saindo da cela e nos deixando sozinho. E logo os grandes olhos verdes me encarava.  Senti todo meu corpo tremer quando ele aproximou o corpo contra o meu me fazendo encostar na parede e  colocou cada braço em volta do meu corpo me olhou por uns minutos  o que era bem estranho.

- Se você acha que pode chegar aqui e sair espalhando suas coisas por ai está muito enganado esse é meu espaço e aquele é o seu entendido? 

-Sim - falei mais pra mim que pra ele depois.  não tinha reação  eu só queria sair correndo dali.  Ele desviou seu olhar de mim caindo sobre meu travesseiro e o meu  coelhinho de pelúcia se afastou um pouco e pegou ele dá mesinha que era " o espaço dele" e  jogou em mim tirou a camisa e deitou-se na cama.

Depois desses minutos que mas pareciam horas de tortura soltei minha respiração qual eu nem sabia que estava segurando peguei minhas coisas e fui pra minha cama. As luzes ja iriam se apagar  eu só queria dormi e esquecer tudo,  Esquecer toda merda que minha vida se tornou e esquecer que estava naquele lugar, ja não conseguindo segurar deixei escapar algumas lágrimas e agarrei com força meu coelho. Chorei baixinho até pegar no sono.

                   " quando a noite cala a alma grita... "


Notas Finais


Comentem 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...