História Prisioneira dos desejos - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Karin, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara, Temari, TenTen Mitsashi, Tsunade Senju
Tags Naruhina Hentai
Exibições 249
Palavras 3.656
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Pessoalll tudo joinha com vcs? Sou a kaara-chan, rs Lembrando Aki que essa fic é minha, e tbm está postada no site do nyah fanfiction então não é um plágio, ela foi meu primeiro xodozinho então...é hentai com muitas Fofura e encrencas NH rrs kkkkk ... Espero que possam curtir essa fic, sou nova no SS então... Gostaria muito de conhece-los...
Boa leitura

Capítulo 1 - Início


Fanfic / Fanfiction Prisioneira dos desejos - Capítulo 1 - Início

Em konoha numa praça encostados-se a algumas árvores, três amigos conversavam, entre eles um loiro muito animado. O loiro ouvia os amigos conversarem de seus feitos.

Uzumaki Naruto agora com 20 anos  media 1,90 de altura seus olhos eram azuis intensos seus cabelos loiros no tamanho ideal deixava mechas caírem até a altura das safiras azuis. Seu corpo era muito bem definido, era  considerado atualmente o shinnobi mais forte e bonito de konoha, usava sua eventual roupa preta com detalhes em laranja, e a bandana amarrada na cabeça

— mas não se esqueça que Sasuke-kun ajudou você — falava Sakura animada por ter o moreno de volta na vila.

— hai, hai o teme ajudou um pouquinho datebayo — respondeu o loiro.

—tsc! Quer parar de se gabar Naruto? — falou Sasuke irritado.

— ora teme, eu sou o próximo hokage e não é à toa.

— hunf! Konoha está perdida! — disse Sasuke deixando o loiro irritado.

— baka! Você está assim porque sabe que te superei datebayo.

— vamos parar os dois com isso? Parecem duas crianças, credo! — disse Sakura.

Sakura e Naruto desviaram os olhos um do outro e cruzaram os braços emburrados, Sakura riu por se lembrar do passado onde sempre acontecia a mesma coisa. Aquilo era muito nostálgico. Um ambu apareceu de repente para eles em meio a uma nuvem de fumaça.

— Uchiha Sasuke, godaime solicita sua presença imediatamente. — desapareceu logo em seguida.

— o que será que ela quer agora? — perguntou o moreno — nos falamos depois, Sakura, dobe — sumiu após fazer um selo com a mão.

— Sauke-kun está mais sociável ultimamente, não acha Naruto? — perguntou Sakura feliz.

— você diz isso porque ele já sorriu algumas vezes pra você! — riu Naruto da coloração avermelhada da Haruno.

— baka! — falou irritada, mas sua atenção foi para a amiga loira que se aproximava deles sorridente.

— Ino porca!

— olá testa de marquize — mostrou a língua para a amiga e voltou a atenção a Naruto dizendo provocativa com um sorrisinho malicioso. — oi Naruto.

— oi Ino, muito bom te ver — respondeu ele com o mesmo olhar sem vergonha.

— querem parar de se olhar assim? Eu ainda estou aqui caramba — disse Sakura irritada.

— não está com ciúmes está testa de marquize? — perguntou Ino.

— Nani?

— Sakura-chan, Ino, não quero que briguem por minha causa — brincou o loiro.

— você está se achando seu bakazao! — respondeu Sakura nervosa.

— a pesar de poder se achar mesmo — Ino deu uma piscadinha em sua direção.

— yosh, hoje é um belo dia, estou cercado pelas duas kunoichis mais lindas do país do fogo — disse o loiro galanteador — vou levá-las ao melhor restaurante de konoha por minha conta.

— e onde seria isso? — perguntou Ino.

— ora onde mais, no ichiraku rámem datebayo.

Ino e Sakura: "gota"...

— vamos? 

— hai — disse Ino animada já se enganchando no braço do loiro.

— não tenho nada pra fazer e como é você quem vai pagar, vamos... — disse Sakura segurando no outro braço, e seguiram para o Ichiraku. Nenhum deles notaram que um pouco distante dali uma jovem linda de olhar perolado os observava com grande tristeza.

— Naruto-kun, eu nunca serei notada por você?!...

Hyuuga Hinata tinha 19 anos, 1,70 de altura, olhos  perolados e corpo escultural, era muito bonita, porém escondia seu corpo através de roupas largas, por sempre ter sido tímida demais, estava aos poucos melhorando sua comunicação, já não gaguejava quando falava, apenas quando estava nervosa. 

Hinata observava o amado e as duas kunoichis se afastarem sorridentes, desde a luta com Pain ela esperava por Naruto falar com ela, mas ele parecia ter esquecido sua declaração, ou não levara a sério nada do que ela havia dito. Quando se encontravam por acaso ele a tratava da mesma maneira que antes, a cumprimentava sorridente, mas mal conversavam, e ele nunca tocara no assunto sobre tudo que ela dissera. Ele seria o próximo hokage, e todos o amavam e o que não faltava era mulher pra se atirar pra cima dele.

— " naruto-kun nunca vai olhar pra mim, não sou bonita e mal consigo falar com ele" — pensava triste sentindo as lágrimas rolarem por sua face. — eu preciso esquecê-lo — disse enfim decidida — eu vou te esquecer Naruto-kun. — sua voz saiu firme e enxugou as lágrimas com as mãos. — sou a próxima líder do clã Hyuuga, não posso demostrar fraquezas.

Hinata havia se tornado muito forte nos últimos anos. Sua força e habilidades eram iguais ou superiores ate de neji, seu outosan Hiashi finalmente a tinha reconhecido e a tratava com respeito. Todos em seu clã confiavam nela,  e dentro de um ano ela assumiria o cargo de líder do clã mais respeitado de Konoha.

— " não posso mais ficar chorando pelos cantos por sua causa naruto-kun, preciso esquecê-lo. Preciso acabar com todas as minhas esperanças de que um dia você me amará" — pensava decidida —"  vou fazer você me odiar, e não querer mais ficar perto de mim, assim vou conseguir seguir minha vida, sem esperança e sem ilusões, mesmo que meu coração esteja em pedaços, preciso fazer isso".

Hinata começou a caminhar decidida a realizar seus novos planos. E ela sabia como fazê-lo, conhecia Uzumaki Naruto melhor do que ninguém.

No Ichiraku Naruto estava comendo ramem como um desesperado, ino estava impressionada com a quantidade de ramem que Naruto comia. Sakura já estava acostumada a ver o companheiro de time comer daquele jeito.

— cuidado Naruto, você pode engasgar. — disse Ino preocupada.

— não se preocupa não Ino ele sempre come assim — Sakura riu da cara espantada da amiga.

— ah, estou satisfeito — disse Naruto terminando a oitava tigela.

— ainda não sei como você consegue comer tanto. — falou Sakura.

— eu não consegui nem comer uma direito e você comeu oito — ino estava ainda impressionada — nem o chougi come assim.

Naruto pagou a comida e os três saíram do ichiraku. Estavam caminhando enquanto conversavam, quando avistaram Hinata indo em direção a eles. Naruto sorriu e acenou pra ela.

— Oi hinata! — cumprimentou animado, mas a morena passou por eles sem nem olhá-los.

Os três se entreolharam estranhando a reação dela, Naruto foi atrás e se colocou em sua frente, hinata o olhou irritada:

— o que você quer? — ela perguntou ríspida.

— ah...bem, achei que estivesse passando mal, você passou pela gente com tanta pressa. — reapondeu um pouco atordoado pelo tom de voz de Hinata.

— não estou passando mal, só tenho coisas mais importantes pra fazer do que ficar aqui falando com você Naruto. — ela respondeu friamente.

— ei, calma Hinata, por que está agindo assim? Eu só queria saber se está tudo bem, só queria conversar dattebayo. — falou estranhando o comportamento da amiga, e ainda mais por ela não te-lo chamado de "Naruto-kun" .

— tem muitas mulheres que gostariam de conversar com o futuro Hokage de konoha, não terá problemas em achar alguém que queira sua atenção. — disse sarcástica — agora com licença! — voltou a caminhar deixando um Naruto confuso para trás sem entender o porquê daquele tratamento. 

— nossa, que bicho mordeu ela? — perguntou Ino se aproximando.

— não faço ideia — respondeu o loiro. — yosh, bom meninas preciso ir agora quero treinar um pouco — voltou a seu tom alegre de sempre.

— naruto você anda treinando demais, pode ficar doente. — disse Sakura preocupada.

— que isso sakura-chan, eu sou bem resistente e a kurama me cura rápido, depois nos falamos, ja-ne. — disse acenando para as garotas e sumindo em seguida.

— o Naruto não tem jeito. — disse Sakura.

— mas ele está um pedaço de mal caminho — respondeu Ino com os olhinhos brilhando — conseguiu superar até o Sasuke pra mim.

— hai, naruto está mesmo muito  bonito, mas ainda prefiro o Sasuke-kun.

— sei, mas Sakura... Nunca rolou nada entre você e o Naruto?  — perguntou vendo Sakura corar — AHA! Eu sabia...

— não pense besteiras Ino, f..foi só, um beijo que rolou em uma missão, mas descobrimos que temos sentimentos diferentes, como irmãos e nada mais.

— esta bem, se você diz... Mase responde... Ele beija bem?!

— Ino! — sakura corou.

— o que? Só estou querendo saber...

— hai — Sakura riu — beija muito bem.

— acho que quero experimentar — respondeu a loira com malícia.

— você não presta Ino! — disse Sakura rindo junto da amiga.

Hinata estava entrando no clã hyuuga, pensando no que estava começando a fazer, teria que deixar Naruto com muita raiva dela e sabia exatamente o que mais doía no loiro, o fato de ser um Jinchuuriki, ela teria que usar isso.

Entrou em sua casa e avistou Hiashi.

— outousan — falou se curvando. 

— boa tarde filha — respondeu ele sorrindo — estive analisando os documentos que deixei pra você cuidar, estou impressionado, resolveu todos os problemas de uma forma muito bem elaborada. Realmente você será uma ótima líder.

— arigato outosan — agradeceu alegre por ser reconhecida pelo pai mais uma vez.

— hinata, você assumirá o clã daqui a um ano — começou Hiashi um pouco receoso ao entrar no assunto — você deveria pensar em se casar.

— nani? — perguntou assustada.

— seria bom pra você ter alguém para se apoiar, você é muito bonita, não tem nenhum namorado?

— não outosan — respondeu corada.

— não?! — Hiashi pareceu pensar — se quiser posso arrumar um noivo pra você.

— lie, eu não quero — disse alterada mas abaixando o tom em seguida — gomen outousan...

— tudo bem! — Hiashi deu de ombros — mas você pode arranjar um bom namorado se quiser...

— eu vou pensar outousan...

— já sei — disse Hiashi animado — vou pedir a Neji que me traga a lista dos solteiros mais influentes de konoha, você escolhe e investe em algum.

Hinata corou, era só o que lhe faltava.

— eu acho que vou pro meu quarto.

— hai, vá depois peço neji que te leve a lista.


Naruto estava treinando no campo de batalha três, tentava desenvolver um novo jutso, que consumia muito do seu chacra, treinava com vários kage bunshis,tentava acrescentar fuuton e saiton em seu rasengan,  mas isso estava exigindo dele muito esforço e se sentia exausto. Sentiu o chacra de Sasuke se aproximar e então desfez os clones o deixando ainda mais cansado,  conseguiu se manter de pé com muito esforço. Estava completamente ofegante, quando viu Sasuke se aproximar balançando a cabeça em negativa ao ver seu estado:

— está querendo se matar dobe?

— estou criando um novo jutso, preciso me esforçar — respondeu ofegante.

— olha o seu estado, vai acabar te do que sair da vida ninja antes do tempo.

— você só está dizendo isso pra eu parar de treinar, assim você teria uma chance de me vencer — respondeu começando a caminhar, porém sua cabeça pesou e logo tudo escureceu.

Naruto caiu no chão e Sasuke suspirou pesado.

— dobe idiota, não sabe quando parar. — falando isso colocou Naruto nas costas e o levou para o hospital. Entregou-o a Shizune assim que chegou.

— o que houve Sasuke-san? 

— esse baka treinou até não aguentar mais e desmaiou de cansaço. — disse irritado enquanto colocava Naruto em uma cama.

— deixe-me examiná-lo.


Sasuke esperava shizune fazer os exames em Naruto mas notou que ela estava muito séria após alguns minutos.

— algum problema com Naruto? — perguntou Sasuke.

— ele está com o corpo excessivamente cansado, resultado desse treinamento, boa parte de seu fluxo de chacra está enfraquecendo — respondeu vendo Sasuke olhar preocupado — nao se preocupe, ele vai se recuperar, porém é de extrema importância que ele interrompa esse treinamento e descanse bem. Ele precisa ficar um longo período sem treinamento.

— nao acredito que esse baka vá ouvir!

— vou conversar com a Tsunade-sama sobre isso.

— hai, se alguém pode convencê-lo é só ela.

Naruto começava a despertar e Shizune ajudo-o a se sentar na cama.

— você exagerou dessa vez Naruto — shizune o repreendeu.

— nao se preocupe shizune-san, eu me recupero rápido datebayo.

— naruto, não deve agir com imprudência.

— hai,hai, será que posso ir pra casa? Preciso de um banho e ramem.

— está bem — Shizune suspirou irritada.

Sasuke e Naruto saíram do hospital, partindo cada um para sua casa. Naruto tomou seu banho, e mesmo exausto fez seu ramem se deitou entregando-se so sono em seguida.

Amanhecia em konoha e hinata não tinha a mínima vontade de sair da cama para encarar o pai e a possível lista de maridos dela.

— o que está acontecendo com o outousan? — se perguntava irritada — não quero me casar com ninguém. " a não ser o Naruto-kun" — pensou mas logo se repreendeu com aquele pensamento, tinha que continuar com seu plano de fazê-lo odiá-la.

Levantou-se a contragosto e fez suas higienes matinais, vestiu sua roupa ninja e desceu, para encarar o pai com a tal lista. Quando desceu so seu outousan estava na mesa, esboçou um sorriso sincero pra ela, ainda não tinha se acostumado com o pai sorridente.

— hoje você dormiu até mais tarde, sua irmã e Neji já saíram. — disse Hiashi.

— eu estava cansada — mentiu ela.

— tudo bem, você tem se esforçado muito nos ultimos meses.  — estava orgulhoso da filha mais velha, pegou alguns papéis e mostrou-os a ela. — esses são os nomes dos rapazes mais influentes da vila.

Hinata revirou os olhos, mas pegou a lista que seu pai lhe entregava, ao ver o primeiro nome não ficara surpresa mas sim, angustiada.

— Uzumaki Naruto. — ela pronunciou o nome.

— haa, ele será o próximo hokage e é o melhor partido de konoha.

Hinata se levantou rapidamente e deixou as folhas na mesa.

— vou dar uma volta outousan. Depois eu olho isso, com licença — disse já saindo deixando Hiashi sem entender sua reação.


Naruto acordou com o corpo dolorido, mas já se sentia bem melhor, foi até a geladeira pra comer alguma coisa mas ela estava vazia. Suspirou irritado ao perceber que teria que sair pra tomar seu café da manhã. Fez suas higienes matinais e vestiu sua habitual roupa ninja, saindo em seguida. Ao passar pela praça vira Hinata sentada no balanço com a expressão vazia. Imediatamente foi até ela para conversarem, não tinha entendido as atitudes dela do dia anterior.

Hinata sentiu um chacra familiar vir em sua direção, não tinha dúvidas que era ele, pensou em colocar seu plano em prática naquele instante, olhou em volta e viu que ja havia uma pequena movimentação de pessoas por ali.

— yo, hinata — cumprimentou-a sorrindo.

— o que você quer Naruto? — perguntou ríspida.

— calma hinata, você é minha amiga dattebayo, só queria falar com você sobre ontem, estava tão estranha e... Nem quis conversar comigo.

— por que eu perderia meu tempo falando com tipos como você?

— como assim tipos como eu?! — perguntou o loiro sem entender.

— com um demônio, quem iria gostar de ficar junto com alguém com você?

Naruto ficou chocado e paralisado com aquelas palavras, não esperava aquilo de Hinata.

— e..eu não sou um demônio dattebayo — disse baixo um pouco atordoado.

— mas carrega um dentro do corpo e pode perder o controle a qualquer momento.

— isso não vai acontecer. — respondeu começando a se irritar.

— você já a deixou te dominar várias vezes, o que impede disso voltar a acontecer?  Você vai acabar destruindo Konoha, não é bom ter tipos como você por perto. — falou lançando um olhar de indiferença para ele, o mesmo olhar que Naruto recebia quando criança.

— você não pode dizer isso — respondeu ele já alterado — eu nunca deixaria a kyubi colocar um dedo na vila, eu fui reconhecido aqui Hinata, as pessoas gostam de mim, eu jamais as machucaria.

— elas não gostam de você, elas tem medo de você, você é um jinchuriki, não oferece segurança a ninguém, todos te reconheceram por medo, e não por seus esforços. — Hinata dizia tudo sentindo uma enorme dor no coração, mas ela via como a única maneira de acabar com toda e qualquer esperança e ilusão do seu coração — conquistou um pouco de respeito mas apenas porque conseguiu derrotar Madara e a Akatsuki, se nao seria tratado como sempre foi, com desprezo, você é um monstro  que só perturba Konoha.

 Naruto não a olhava mais, como ela poderia dizer tudo aquilo dele?! Ele que se esforçou tanto para ser reconhecido, algumas pessoas pararam para escutar a cena que se desenrolava.

— não sei como pode se tornar Hokage — ele a ouviu dizer — voce deveria ir embora daqui. — hinata disse levantando-se e virando para ir embora, porem Naruto segurou-a pelo braço e a olhos com os olhos vermelhos da kyuubi mostrando toda a raiva que estava sentindo.

— vai pagar pelo que disse Hinata, eu juro — disse com a voz carregada de ódio.

— olh pra você é um monstro e nem faz questão de esconder.— respondeu soltando o próprio braço e indo embora deixando Naruto morrendo de ódio dela própria.

Naruto se virou para ir embora descarregar sua raiva, antes que fosse atrás da hyuuga e a partisse ao meio, mas ele não deixaria barato, faria ela se arrepender de tudo que havia falado, hinata pagaria muito caro por aquilo e ele se vingaria de alguma maneira. Todas as pessoas que tinham presenciado aquela discussão o olhavam igual ao seu passado, o que o deixou com mais ódio ainda. Partiu dali para o campo de treinamento.

Assim que Hinata não mais sentiu o chacra de Naruto, começou a chorar desesperada, se sentia horrível por ter falado tudo aquilo, logo ela que sabia o quanto ele se esforçou para chegar até ali... Nem sabia de onde tinha tirado forças para fazer o que fizera, mas não Tonha mais volta estava feito, Uzumaki Naruto a odiava.


Naruto esmurrava árvores sem parar, estava louco de raiva, como Hinata poderia falar tudo aquilo dele? Justo ela que um dia dissera que o amava, justo ela a quem ele esperava a nomeação hokage para pedi-la em namoro, deveria ser mentira aquela declaração, Naruto tinha passado a observá-la mais atentamente após a guerra, e sentia algo especial pela Hyuuga, mas agora agradecia por saber quem ela era realmente, e o que ele significava de verdade. para a mesma,  "Um monstro"...

— AHHHH! — Gritou dando um potente soco em uma rocha que virou pó.— você vai me pagar Hinata, eu juro!

Continuou batendo em tudo que via na frente, pra ver se seu ódio sua raiva passava, até sentir o chacra de Sasuke, ele vestia o uniforme Ambu. Sasuke se assustou com a destruição do local...

— naruto está exagerando não acha?

— não me enche teme, não estou com paciência pra você! — respondeu irritado.

— aconteceu alguma coisa? — perguntou estranhando aquele mal-humor.

— Sasuke, o que você pensa de mim? — perguntou com a cabeça baixa.

 Sasuke estranhou a pergunta mas resolveu ser sincero vendo que o amigo não estava bem.

— o que eu penso? Penso que você é um baka cabeça dura — respondeu sorrindo — mas que não desiste dos seus sonhos e nem dos seus amigos, mesmo que seja difícil ficar ao lado deles — falou se referindo a ele mesmo. — penso também que será um grande hokage, e quem disser o contrário é uma grande mentira, é um  grande irmão pra mim.

— arigato, sasuke...— Naruto agradeceu com um sorriso mais animado, porém ainda sentia muito as palavras de Hinata. — eu precisava saber o quanto você me achava o máximo. — brincou deixando Sasuke zangado.

— tsc! Cala boca dobe, a hokage mandou te chamar.

— hai estou indo... — disse naruto sumindo no mesmo instante.

 Sasuke ficou pensando no motivo do amigo ter ficado daquele jeito, alguem deveria ter dito alguma coisa muito séria pra ele, mas quem faria isso?!...

A hokage olhava alguns relatórios quando Naruto entrou pela porta:

— o que foi baachan? — perguntou recebendo um olhar mortal de tsunade.

— ja disse pra não me chamar assim — disse irritada — bom, mas te chamei para tratar sobre sua saúde física.

— o que foi? Eu estou doente? — perguntou ele preocupado.

— ainda não naruto, mas pode ficar— respondeu séria. — ontem shizune te examinou e ela pode notar que seu corpo está desgastado demais PPR causa dos treinamentos exagerados que anda fazendo. 

—ahh baachan, eu me recupero rápido o chacra da kyuubi...

— é exatamente isso Naruto — disse ela vendo Naruto olha-la confuso.— você usa demais o chacra da kyuubi para se curar, se cura muito mais rápido do que pessoas normais, isso é bom, mas...

— mas o que?

— de tanto você se machucar e ser curado repetidas vezes rapidamente, seu fluxo de chacra está se desgastando...

— e o que pode acontecer?

— seu corpo pode ficar sem mais nenhum fluxo de chacra e ficar debilitado, em resumo você deixaria a vida ninja muito mais cedo.

— nani? E o que eu vou fazer datttebayo? — perguntou desesperado.

—primeiro vai ter que fazer uma pausa nos seus treinamentos, ficara um bom tempo sem treinar.

— demo, eu estou desenvolvendo um jutso que...

— Naruto — gritou a hokage — se você não parar, jamais se tornará hokage. 

Naruto ficou em silêncio após essas palavras

— vou mandar você para um sítio um pouco distante de konoha, ficará lá por dois meses e não vai poder treinar. — disse séria — me prometa.

— hai, hai, não treino por esse tempo então. Quando eu tenho que partir?

—  amanhã de manhã, você será acompanhado por uma kunoichi para que não morra de fome, certamente você quer a Sakura não é?

— Sakura-chan? — pensou um pouco tenso " sakura cozinha muito mal, não quero aquelas comidas horríveis que ela faz, alem do mais ela está se entendendo com o teme, não quero atrapalhar, quem seria uma boa escolha?!....” pensava preocupado.

— e então Naruto? — perguntou a hokage vendo o uzumaki pensativo, de repente notou um sorriso no canto dos lábios do loiro.

— baachan, acho que a Sakura não é uma boa ideia, ela me mataria se eu fosse culpado de ela ficar longe do teme agora que estão se entendendo...

— hum, tem razão, ela ficaria muito mal-humorada, mas então quem você quer que o acompanhe Naruto?

Naruto sorriu torto e respondeu:

— pensei em Hyuuga Hinata!


--------√



Notas Finais


Espero que tenham gostado, desculpem pelo capitulo gigante rsrs, comentem por favor quero saber muito a opinião de vcs...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...