História Prisioneiro de Kim Namjoon!(Namjin) - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hani, Heechul, Hyuna, Jackson, Jay Park, Namjin, Vkook, Yoonseok
Visualizações 160
Palavras 844
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


opa turu bom?
caralhooooo que saudades de vcs meus nenes
bom zente,meu celular quebrou,to enviando esse capitulo pelo computador o que é uma bosta e estava sem net. Uns fi duma egua mexeram no meu fio de internet e como a Vivo é uma merda, a gente chamava o tecnico e ele não vinha ;-;
espero que gostem

Capítulo 6 - A quanto tempo.


Fanfic / Fanfiction Prisioneiro de Kim Namjoon!(Namjin) - Capítulo 6 - A quanto tempo.

Reviro os olhos o empurrando. 

Jin: Você não se atreveria a fazer tais coisas - cruzo os braços. Ele dá um sorriso mostrando as profundas covinhas em seu rosto moreno se aproximando novamente de meu ouvido. 

Namjoon: Tem certeza? - arregalo os olhos. 

Ficamos nos  encarando por um longo e demorado tempo,sua respiração doce e quente batia contra meu rosto. Me desperto desse "encanto" e saio do local subindo as escadas caracóis cujo madeira branca,indo ao quarto. Abro a porta de madeira me deparando com o mesmo. No quarto havia uma cama box de casal,cujo lençol branco com pequenas flores vermelhas delineadas,as paredes haviam um tom pastel,o que se destacava no local. Sento-me em uma poltrona com estofado de couro preto,fecho os olhos aproveitando o ar fresco e arejado. Sou obrigado a abrir os olhos quando escuto a porta se abrindo por uma mão grossa e grande,revelando uma silhueta familiar. 

Namjoon: Garoto,você vai se arrepender de ter me dado um tapa! - ele fala se aproximando e pegando fortemente em meu pulso. Reviro os olhos me levantando.

Jin: Estou nem ai! - puxo meu pulso da mão do mesmo. - não enche a porra do meu saco! 

Namjoon arregala os olhos,logo fechando a porta com força.

Namjoon: Garoto,eu vou te encher de prazer,não o saco. - dou um passo para trás tropeçando no carpete felpudo,Namjoon me joga na cama pegando um pano cor preto e grosso no criado-mudo branco,amarrando minhas mãos na cabeceira da cama.

Jin: Me solta desgraçado! - me debato.

Namjoon: Olha a boca! Homem meu não se deve falar palavrões. - ele da um sorriso. 

Namjoon fica em cima de mim colocando suas mãos à cada lado do meu rosto,seus lábios fartos e carnudos poderiam tocar no meu neste instante. O mesmo começa a alisar minhas fartas bochechas,sinto as mesmas rubicundo.

Jin: Tire essas mãos de mim seu nojento! Eu não quero perder minha virgindade com você!

Namjoon: Então você é virgem? - ele sussurra em meu ouvido.

Jin: Não lhe interessa! - Namjoon sorri e começa a tirar minhas roupas,me deixando apenas com minhas box cor azul. - Vai transar com aquela empregada Namjoon! - grito. 

Namjoon vai ao banheiro e volta com um chicote de couro. Começa a passar em meu branco corpo dando leves chicotadas e deixando fracas e avermelhadas marcas. 

Namjoon: Acho que meu marido está de TPM. - ele fala pedante,reviro os olhos.

O mesmo sobe em cima de mim novamente sussurrando em meu ouvido.

Namjoon: Você é meu marido,somente e exclusivamente meu,ouviu?! 

Fico com semblante sério. Quando Namjoon ia me beijar,uma voz suave soou pelo lado de fora do quarto. 

Sra. Kim: Meu filho? 

Namjoon: O que queres mãe? - ele fala fixando meu olhos cor caramelo. 

Sra. Kim: Hoje vamos dar um jantar de gala,com amigos e familiares. Todos querem conhecer seu marido. - Namjoon sorri. 

Namjoon: Tudo bem mamãe. - ouço os passos calmos de Sra.Kim se bater contra o chão se distanciando. - espero que você seja um bom marido neste jantar ouviu?

Jin: Ouvi! - reviro as bolas dos olhos. 

Ele sorri me soltando,massageio os pulsos. 

Namjoon: Irei lhe punir mais tarde,serei cuidadoso,prometo. - ele sai do quarto. 

Fico um longo tempo olhando para um grande quadro com cores vibrante. Olho o relógio cujo branco vendo que marca 16:40. Visto outra roupa;uma calça jeans com cortes detalhados e retos nos joelhos e uma blusa preta justa. Saio do quarto.

[Quebra de tempo] 

Estava na cozinha sentado no cadeira de ferro,em minha frente havia uma grande bancada e a Sra.Kim. Tomavamos um café preto em uma xícara azulada.

Sra. Kim: ...Sabe,quando Namjoon teve sua primeira decepção com um garoto,ficou rebelde,suas notas abaixaram... - ela encarava o café em sua xícara. - decidimos o mudar de escola. - ela fala e finalmente bebericando seu café. 

Jin: Ele realmente nunca mais amou um garoto? - beberiquei meu café. 

Sr. Kim: Sim,nessa escola que o colocamos,Namjoon dizia haver um garoto,mas nunca me disserá o nome dele. 

Começo a me lembrar de um garoto que antes da minha escola,o menino havia cabelos cujo pretos,sua franja detalhada cobria sua brilhante testa,quando o garoto sorria,seus olhos "desapareciam",havia profundas covinhas em suas fofas e fartas bochechas. Era Namjoon? 

[Horas Depois]

Estava quase na hora do jantar;usava um terno preto formal,em minha garganta uma gravata borboleta. Arrumo meus cabelos rosas desbotados,os deixando levemente bagunçados. Sai da casa,indo ao fundo aonde havia uma imensa piscina. Sento-me em um banco de madeira branca e fico olhando para o céu escuro e estrelado. Direciono meu olhar para o portão dourado e vejo que nele à quatro seguranças de porte forte e grande. Pra que tudo isso? Olho para o lado e vejo Namjoon se aproximando.

Namjoon: O que fazes aqui fora? - ele pondera se sentando ao meu lado. 

Jin: Lá dentro estás cheio. - volto à encarar o céu. 

Antes da resposta de Namjoon,avistamos um silhueta familiar,logo identificando ser Jay.  Namjoon passa suas mãos grossas em minha cintura me puxando para mais perto de si. 

Jay: Á quando tempo. - ele sorri.

 


Notas Finais


eae mens
esse cap ficou bem chatinho,mas belesma
espero que tenham gostado,até o proximo capitulo e desculpe qualquer erro.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...