História Prison of Állaxe - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescentes, Luta, Poderes, Prisão, Romance
Visualizações 13
Palavras 2.431
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Ficção, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga, Super Power
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 20 - E se eu morrer?


Fanfic / Fanfiction Prison of Állaxe - Capítulo 20 - E se eu morrer?

Anteriormente em Prison of Állaxe 

Nathan 

-Você acha que...

-Vamos! 

-Merda Leean! 

Jean

-Não... Não encoste em mim! 

-Eu sou sua mãe! 

-Você não sabe pelo que eu tive que passar! 

Kara

-Isso é pra você aprender que não está falando com seus amigos daquele reformatório de aberrações! 

Alexander 

-Pegue dois dragões, você irá comigo! 

Serena

-Eu sei me virar, vá! Eu sei que você quer ver ele! 

Breno

-Dra...Drakon

-Breno! 

-Você não sabia? A rainha Kara é minha mãe! 


... 

 

Drakon 

-Como assim ela é sua mãe? 

-Surpresa! 

-Cara, aquela mulher tentou me matar! 

-É eu tô ligado! 

-Eu tô ligado? Breno, ela cai tomar o poder... Agora que a rainha Gaia está morta... Não tem nenhum motivo para ela não me matar! 

-Eu não vou deixar ela encostar em você! 

Vithoria 

-Ahn... Meninos... Então... Era sobre isso que eu queria falar com vocês! 

-Como assim? 

-Breno, a rainha está planejando mandar todos que estão na prisão ou que não vão com a cara dela embora de Ceeaeg! 

-É o que?

-Tainá não tem idade o suficiente para comandar Ceeaeg então ela ficará sobre o comando de nossa mãe! 

-Merda... Espera, isso significa que o Drakon...

-Exatamente!

-Drakon terá que ir embora! 

Drakon 

-Tá, deixa eu ver se eu entendi. Como aquela mulher não vai com a minha cara ela vai me banir do reino? 

-É mais ou menos isso! 

-Cara que saudade me deu da prisão agora!

-Drakon estou falando sério! 

-Eu também... Não é a primeira vez que tentam me matar não! 

-Eu não vou deixar ela encostar em você... Eu prometo! 


Kara

Eu estava sentada no quarto da rainha Gaia, sentada naquela enorme cama e olhando para os quadros que lá haviam, quando aquela luz roxa apareceu atrás de mim. Era um portal, eu não sei quem estava vindo mas, coisa boa não era. O portal começou a ficar um pouco fraco e trêmulo, foi quando uma pessoa saiu dele, uma mulher. Ela pulou do portal e caiu como uma aranha no chão, uma perna esticada para o lado e a outra flexionada, cabeça baixa com um cabelo longo com estilo samurai, duas espadas nas costas e uma arma na perna. 

-Quem é você? 

A mulher, que agora parecia mais ser uma garota, levantou o seu rosto e olhou para mim com um olhar frio e vazio. 

-Calma rainha, estou do seu lado, fui mandado pelo Nathan... 

-Como posso ter certeza? 

-Vida longa a fênix! 

-Vida longa a fênix! 

-... 

-Qual seu nome garota? 

-Meu nome é Isabel mas... Me chame de Katana Negra! 

-Como quiser... Katana...o que Nathan mandou você fazer? 

-Eu preciso de alguém que está por aqui! 

-E quem seria? 

-A princesa! 

-Tainá? 

-Não, a do meio! 

-Rhayssa? 

-Ela mesma, sabe onde ela está? 

-Provavelmente está na sala de treinamento e... 

-Ótimo! 

-Hey... Onde você vai? - aquela garota saiu andando enquanto o portal se fechava atrás dela - 

-Vou atrás dela! 

-Como você pensa em passar pelos outros? 

-É simples... Quem ficar na minha frente... Morre! 


Sala de treinamento de Ceeaeg 

Rhayssa 

-Ya Ha Ya Ha! 

Eu estava tentando tirar toda a raiva que eu tinha e descontar naquele saco de box. 

-Yaa! 

TSZI

Dei um soco tão forte no saco, que ele rasgou. Eu o peguei e o joguei em um canto, ele caiu em cima de mais três sacos que eu já havia rasgado. Peguei outro saco e estava o prendendo na corrente quando ouvi alguns passos atrás de mim. 

-Me deixa sozinha, não quero ver ninguém! 

-Que pena que eu não ligo! 

Me virei de costas quando a pessoa falou isso... Ela não era daqui, seu uniforme preto com um broche de asas laranja com vermelho em seu peito já a identificava. 

-A fênix? 

-Não, apenas uma aprendiz dela! 

-Qual é seu nome? 

-Isso não importa... O que importa é que eu preciso levar você... Eu apenas preciso saber de você irá de bom gosto ou vai ter que ser mais difícil...!? 

-Eu nunca vou ajudar vocês! 

-Ainda bem que você escolheu a difícil... - Ela soltou uma risada levemente com um tom de psicopatia - 

Ela veio correndo na minha direção e jogou quatro espécies de shurikens na minha direção, foi bem fácil de desviar... E essa foi a única parte fácil. Usei meus poderes para tentar jogá-la longe, e da primeira vez funcionou. 

-Hummmm, fazia tempo que eu não lutava com alguém bom... Vou gostar disso! 

-Grr

Ela voltou em minha direção só que agora com suas duas espadas empunhadas. Usei meus poderes novamente e... Me surpreendi. Ela colocou suas espadas a frente de seu corpo fazendo o formato de um X. Quando meu poder chegou nela e devia ter a jogado longe suas espadas meio que cortaram, anulando totalmente meu golpe. 

-O que? 

-Han Han Han! 

-Como assim? 

-Presta atenção! 

-O que? 

Ela começou a correr rápido, fazendo zig-zag, ela foi tão rápido que eu via apenas reflexos e imagens atrasadas dela, e em um piscar de olhos ela estava na minha frente. 

TSS

Ela reapareceu atrás de mim e nisso, uma parte do meu rosto, um pouco abaixo dos olhos na maçã do rosto, foi cortada e o sangue escorria rapidamente. 

-Mas... O que foi isso? 

-Olha só... A princesa sangra... - ela voltou a dar aquela risada estranha - 

-Filha da... 

TSS

Ela reapareceu na minha frente e como antes... Outro corte apareceu no meu corpo mas, dessa vez era na perna. Acabei me ajoelhando rapidamente, ela provavelmente havia atingido minha artéria femoral. Minha perna estava ficando fraca. Estiquei minha mão e usei meu poder novamente só que ela desviou... Exatamente como eu queria. Atrás dela havia um botão de alarme e como ela desviou consegui acertá-lo. 

-Precisa de ajuda é princesa? 

Comecei a me levantar lentamente, eu não entendi porque mas, o lado da minha cara, mais especificamente no canto da boca, estava roxo e meus lábios sangrando. 

-Olha só... Ela não é tão fraca assim! 

-Você ainda não viu nada! 

-Pode vir princesinha! 

Sai correndo na direção dela com a intenção de lhe acertar um soco mas, ela deu um giro e empunhou sua espada rapidamente com a intenção de provavelmente cortar minha cabeça mas, enquanto eu corria me ajoelhei e passei por baixo das espadas e ainda aproveitei para cortar uma das penas delas, com uma espécie de soqueiras com lâminas nas pontas, que botei nas minhas mãos. 

TSS

Ela se abaixou rapidamente e consegui acertar um soco bem na cara dela e como eu estava com uma soqueira na mão acabei cortando o rosto dela. Continuei correndo enquanto ela caía para trás. Usei meus poderes contra o chão para dar em pulso e acertei dois chutes em sua cara dando uma espécie de mortal para trás no ar. 

-Yaaa!

Ela voou para cima e nós meus olhos ela estava muito lenta, apontei minhas mãos na direção dela e a joguei contra a parede. 

TUUM

-AAAAAAAAAAA! 

-Eu vou dar uma última chance para você desistir! 

-Hã hã hã hã hã... Hã hã hã... Ha ha ha ha ha! - Ela começou a rir realmente igual a uma psicopata - 

-Eu esperei anos por uma luta assim! - sua boca se abria em um sorriso enorme e estranho, amedrontador. - Vaaamos princesa, venha! - seu olhar era totalmente louco, enquanto ela falava parecia estar babando, quando ria sua boca abria numa largura incomparável - 

-Você é louca! 

-Dance! 

-O que? 

Ela apareceu na minha frente, com sua espada cravada no chão e ela com os dois pés em cima dela se equilibrando. 

-Ahn? 

Ela se levantou, em cima da espada, e me deu um chute em direção ao meu rosto. Com sorte botei meu braço na frente e consegui pará-lo. 


Sala médica de Ceeaeg 

Breno

-Esse alarme? 

-Está vindo da sala de treinamento! 

Olhei para a TV que estava acima de nós e vimos as câmeras da sala. 

-É a Rhay! 

-Isabel? 

-Que? 

-Isabel, aquela garota lutando com a Rhay é a Isabel! 

-Drakon você a conhece? 

-Longa história mas, não temos tempo agora! 

-Verdade, vamos! 

Vithoria

-Breno você não vai! 

-Como não? 

-Você ainda não está cem por cento recuperado. 

Breno

Me levantei da cama e retirei todos aqueles fios que estavam presos em mim. 

-Se eu não for e acontecer alguma coisa... Eu nunca vou me perdoar! 

Drakon

-Vithoria ele está certo, quanto mais gente melhor! 

-Ok, mas como vamos entrar lá? As portas estão fechadas e não dá pra entrar com feitiço nível A na sala de treinamento! 

Breno

-Vamos usar um nível S! 

-Você acha que... 

-Não custa tentar! 

Drakon 

-O que vocês vão fazer? 

Breno

Segurei a mão da minha irmã e olhei bem nos olhos dela. Depois nós dois esticamos os braços desocupados para a frente. 

-encatus


Setor doze 

Eduardo 

-On... Onde é que eu tô? 

-Olha só quem resolveu acordar! 

-Ahn...

-Heeey, acorda! 

-Que... Quem é você? 

-Não lembra de mim não Dudu? 

-Que? 

-Olha pra mim... 

-Lucas? 

-Oi amigo! 

-Lucas, graças a Deus, me tire daqui! 

-Ahn... Não vai rolar! 

-Que história é essa? 

-O chefe precisa de você aqui! 

-Chefe, que chefe? 

-Eu! 

Um homem veio andando lentamente de trás de uma sombra que havia ali. 

-A quanto tempo Eduardo! 

-Não... Não pode ser! 

-Pode, não só pode como é! 

-Nathan?! 


Sala de treinamento de Ceeaeg 

Rhayssa 

THN

THN

THN

Por mais que eu fosse rápida, ela era mais, com sorte consegui deixá-la lenta. Nós já estávamos brigando apenas com armas, suas espadas e minhas soqueiras. 

-Você é boa em princesa mas... Eu sou melhor. 

Ela me jogou duas shurikens na direção do rosto e eu me esquivei me esticando para trás, as shurikens passaram por cima mas, foi apenas uma armadilha. Ela veio correndo e deu um salto muito alto em cima de mim,esticou uma de suas pernas e acertou o chute bem no meu rosto. 

TCHUN 

Ela botou sua espada no meu pescoço e começou a rir. 

-O chefe me mandou te levar... Não disse se era viva ou morta! 

Breno

-Você não vai a lugar nenhum com ela! 

-Ahn? Quem é você garoto! 

-Sou o cara que vai acabar com você! 

Saí correndo na direção dela, minhas mãos ficaram com uma espécie de luvas de fogo azul. Dei um salto para dar um soco bem na cara dela. 

-Raaaaaaaa

TUM

-Co...como?

Eu estava a menos de um metro dela e ela conseguiu em menos de um segundo levantar sua perna e me acertar um chute bem no peito. 

-AAAAAAAAAAAH! 

Vithoria 

-BRENOOOOO! 

Drakon 

-Vadia! 

-Espera... Eu conheci você! É... Dylan, Dancan,... 

-Drakon! 

-Tanto faz! 

Ela tirou a espada do pescoço de Rhayssa e começou a girá-la em sua mão. 

-Vou me divertir mais um pouco, ainda quero uma revanche daquela última luta com você! 

-Pode vir faquinha! 

-Rhum!

Ela veio correndo na minha direção, muito rápido. Estiquei minha mão para baixo e depois a levantei. O chão de pedra que estava abaixo de Isabel de se levantou e quase a prensou no teto mas, ela conseguiu escapar a tempo. 

-Olha só, parece que alguém aprendeu alguns truques novos! 

-Grr

-Tô adorando esse lugar! 

Vithoria 

-fireus

Isabel

Uma bola de fogo enorme veio na minha direção, eu realmente não sabia de onde aquilo havia vindo. Peguei minha espada e saí correndo na direção dela e a cortei ao meio. 

Vithoria 

-Não... Não pode ser! 

-Ah era sua? Desculpe eu nunca soube jogar bola! 

-Mas...como?

-Agora é minha vez! 

Ela começou a vir correndo na minha direção, pegou suas duas espadas uma com cada mão e começou a girar, a girar muito rápido, parecia um tornado. Eu me distraí por um segundo. Ela jogou as duas espada na minha direção e uma delas atingiu meu pulso. 

FUN TSS

-AAAAAAAAAAA!!! 

A espada acabou cortando não só meu pulso, ela levou minha mão inteira. A espada se prendeu na parede atrás de mim enquanto minha mão caía no chão. 

-AAAAAAAAAAA!!! 

Breno 

-VITHORIAAAA! 

Minhas mãos foram aumentando aquele fogo cada vez mais, e sua cor foi mudando. 

-YAAAAAAAAAAA!!! 

O fogo que estava na minha mão começou a ficar vermelho, como se fosse um vermelho sangue. Meu cabelo ficou vermelho e o fogo se espalhou por todo meu corpo 

Isabel 

-Que aberração é essa? 

Breno

O fogo que havia no meu corpo se expandiu na altura de um ônibus. Aquele fogo vermelho foi criando formato, o formato de uma naja. 

Rhayssa 

-Bre?

Breno 

-YAAAAAAAAAAA!!! 

Isabel 

-O que é isso? 

Vithoria 

-Breno? 

Breno

-AAAAAAAAAAA! 

Saí correndo na direção de Isabel, o chão abaixo de mim ia se quebrando a cada paço que eu dava. 

-MORRAAAAAAAA! 

DUUUUUM 

Drakon 

-O que? 

Rhayssa 

-Como assim? 

Breno

-Não... Não pode ser! 

Isabel

-Não é possível! 

-Demorei muito? 

-Não, chegou bem na hora... Julia! 

Breno

-Ela... Ela parou meu ataque! 

Julia 

-Você não é o único metade Állaxe metade Feiticeiro! 

Drakon

Eu não sei como ela fez isso mas, de algum jeito estranho aquela garota apareceu do nada e ainda por cima ela também estava com um fogo em volta de seu corpo mas, o dela era diferente. Era uma chama negra, e no lugar de uma naja, havia um lobo. 

Breno 

Uma explosão aconteceu quando nossos animais se bateram, voei para trás enquanto que aquela garota continuou lá, parada...quem era ela? 

Julia 

-Vejo que você ainda não sabe controlar seu pnévma. 

-O que você tem a ver com isso? 

-Rhum idiota, infelizmente terei que matar você, poderá me dar problemas no futuro! 

-O que? 

Isabel 

-Julia esse não era o acordo! 

-Não me interessa! 

-Ahh... Bom fazer o que né?! 

-Vamos! 

Breno 

Isabel e Julia estavam vindo na minha direção, eu não conseguia usar magia, estava exausto, não conseguia me mexer. Isabel jogou sua espada para Julia, ela pegou a espada e de algum jeito ela fez com que seu pnévma fizesse uma espada com um fogo negro. Eu juro que vi ela e aquele lobo gigante vindo na minha frente em câmera lenta... Eu havia falhado.... Não salvei minha irmã... Não salvei a Rhay.... Ela estava a uns três metros e eu não salvei nem o... 

TSS

Vithoria 

-Ah.... 

Rhayssa 

-como ele... 

Breno 

-Dra...Drakon?!

Drakon levantou uma rocha e ficou na minha frente mas... A espada havia atravessado a rocha e infelizmente... Também o corpo de Drakon. 

-Não... Não não não! 

-Vai ficar tudo bem! - ele virou o rosto para mim e sorriu levemente com os olhos fechados enquanto o sangue saía por sua boca - 

A espada desapareceu junto com o pnévma de Julia. A rocha que Drakon levantou na nossa frente foi se desmanchando e virando areia. Ele caiu, bem na minha frente. 

Isabel

-Bom... Por hoje acho que deu, Julia vamos embora! 

-Você não vai levar a garota? 

-Não... Nós voltaremos! 

-Ok! 

-Vamos! 

-encantus 

Breno

-NAAAAAAAAAAAO!!! 

Vithoria e Rhayssa vieram andando atrás de mim enquanto eu chorava com Drakon nos meus braços... Como eu dizia... Não consegui salvá-lo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...