História Prisoner - Suga BTS - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jimin, Jin, Suga
Tags Bangtan Boys, Bts, Kim Seokjin, Lia Young, Min Yoongi, Park Jimin
Exibições 2.220
Palavras 1.366
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Harem, Hentai, Luta, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello! ♥
Desculpem a demora, mas aqui estou eu com mais um novo capítulo! Tenham uma boa leitura meus amores e só digo uma coisa...

TEMOS APENAS 3 CAPÍTULOS PARA O ENCERRAMENTO DA FANFIC T_T ♥

Capítulo 53 - Más


[Min Yoongi On]

Empurrei Caleb contra a cadeira e vendo o mesmo contrair o rosto em uma careta de dor, ri de uma forma estranha até para mim mesmo. Quando Alexis me contou que tinha um traidor entre todos os que moram em minha casa, confesso que não dei muita atenção, mas depois do dia em que Seokjin viu a mim e minha família enquanto andávamos pelas ruas de Seul, eu sabia bem que se tratava dele. Era Caleb o que tinha me traído, e era a quem eu iria matar. Então depois de finalmente consegui-lo pegar, estávamos nós dois no mesmo galpão que me pertencia.

- Eu estou com uma imensa vontade de quebrar cada membro do seu corpo seu filho da puta. – digo enquanto passava o dorso da mão pelo queixo, local o qual tinha sido acertado por um soco desferido por ele. – Mas acho que preciso de algumas respostas antes de mata-lo.

- Eu... não vou dizer nada! – diz e eu ri baixo. Balancei a cabeça negativamente e caminhando até um canto daquela sala, puxei uma corda grossa o bastante para mantê-lo preso e passando a enrola-la a volta de Caleb dei diversos nós e o prendi totalmente a cadeira.

- Então deveria! Ou as coisas ficarão ainda pior para o seu lado. – passo uma mão pelos cabelos e olhando bem para um pequeno balcão de madeira que tinha ali, peguei uma faca que lembrei-me ter eu mesmo colocado aqui. Analisei a ponta extremamente afiada e virando a cabeça para Caleb vi o mesmo fechar pouco a pouco os olhos. – Você não vai morrer antes de abrir a porra da boca! – brando e andando até ele, puxo-lhe os cabelos e o faço me encarar. O rosto dele estava completamente fodido, sangue escorria por seu nariz e boca, além dos cortes distribuídos por toda a face.

- Seokjin vai acabar com todos vocês seus idiotas...! – ri baixo e eu puxo com mais força seus cabelos.

- Não Caleb, sou eu quem irá acabar com ele. – solto os cabelos dele e apertando o cabo daquela faca, tombo um pouco a cabeça para o lado. – Principalmente agora.

- Ele vai tirar aquela vadia de você Yoongi – engole seco e ri zombeteiro, fazendo minha raiva aumentar ainda mais. – Sabe o que ele me disse sobre ela? Ele disse que quando pôr as mãos nela irá foder aquela vadia como fez já fez antes! – ri e eu não penso duas vezes em enfiar aquela faca na perna dele. Caleb solta um grito alto de dor, mas obrigando a si mesmo a calar-se me olha com os olhos marejados. – E ele também me disse que fará questão de matar o seu filho bem na sua frente...! – enfio mais a faca na perna dele e o mesmo grunhe baixo. – E-eu pagaria para ver isso... Ver ele acabar com tudo o que você tem!

-  Por que está fazendo isso Caleb? – questiono frustrado e ele me olha com os olhos semicerrados.

- Eu estou fazendo isso por vingança! – praticamente grita e eu arqueio uma sobrancelha. – Você acabou com a minha família quando despediu o meu pai que trabalhava na sua casa! Ele entrou em uma depressão por não ter com o que sustentar a nossa família e acabou morrendo, POR SUA CULPA! Ele era o jardineiro da sua casa.... – ri sem ânimo e eu permaneço indiferente a tudo o que dizia. – Jurei a ele e a mim mesmo que ainda me vingaria de você por tudo... E quando Marcus apareceu na sua casa pedindo ajuda eu não hesitei em procurar por Seokjin. Formei uma aliança com ele e desde então venho dando informações.

- Seu filho da puta! – digo e puxando a faca, enfio a mesma em seu abdômen e ouvindo-o gritar outra vez, vejo a camisa cinza dele ser manchada por seu próprio sangue.

- Como acha que ele descobriu sobre MinHee? Ou sobre Lia estar na sua casa? – geme de dor. – Seokjin sempre soube de tudo o que vocês faziam ali... Bando de inúteis e incompetentes!

- Por um mísero segundo eu juro que senti uma certa pena sobre você e toda essa sua estupida história, mas ela já passou – rio sádico – agora minha vontade de matar você apenas aumentou Caleb. E sabe... sua vingança nunca vai ser concretizada... Eu não vou permitir que Seokjin encoste um dedo sequer no que me pertence. Eu mesmo irei mata-lo!

- Tem certeza? – arqueia as sobrancelhas e eu semicerro os olhos. O sorriso no rosto de Caleb abre-se e cresce pouco a pouco. – Então é melhor acabar logo comigo antes que sua adorável putinha acabe por se entregar a Seokjin. Por que eu tenho certeza que é isso o que ela vai fazer.

- Lia nunca se entregará àquele desgraçado. – digo entredentes e Caleb ri com dificuldade.

- Pobre Yoongi... – engole seco – Seokjin com certeza já deve ter feito a ligação...

- Que ligação? – enfio um pouco mais a faca em seu abdômen e o mesmo contorce-se de dor.

- Ela agora deve estar completamente desesperada! – ri e eu o puxo pela gola da camisa.

- Que ligação? – pergunto em tom mais ameaçador impossível e Caleb muda sua expressão para um assustada.

- Ele disse que ligaria e iria dar a chance para ela fazer duas escolhas.

- Que escolhas?

- Isso não cabe a mim dizer... Mas tem que ficar ciente de que um de seus amigos foi pego. – esbugalho os olhos e puxando com mais força a gola da camisa de Caleb o forço cada vez mais a me olhar.

- Quem?

- Deveria estar preocupado com aquela vadia – cospe as palavras e eu o solto.

- Quem Seokjin sequestrou Caleb?

- PARK JIMIN!

Caminho de forma inquieta de um lado para o outro e voltando a olhar para Caleb, segurei o cabo da faca e o retirei de uma só fazendo com que o sangue jorrasse em minha camisa. Mas pouco estava me fodendo para aquilo.

- Quais foram as “escolhas” que Seokjin deu para Lia? – pergunto e um sorriso amarelo surge no rosto de Caleb que estava ficando mais pálido a cada minuto que se passava.

- Eu já disse que isso você deve perguntar diretamente para ela!

- Certo... – assinto. – Para onde Seokjin levou Jimin?

- Vai me matar de qualquer maneira, não é?!

- O que você acha? – sorrio cínico e ele faz o mesmo.

- Eu não sei... – balbucia e eu arqueio uma sobrancelha.

Assinto e encarando Caleb de maneira mais indiferente impossível, joguei aquela faca que estava segurando no chão e caminhei até ele. Não tardou para que eu soltasse-o da cadeira.

- Eu não sabia que uma única demissão poderia causar tantos problemas Caleb. – confesso e ele me olha. – Sinto por seu pai e por toda a sua família nunca foi minha intenção fazer qualquer coisa do tipo.

- Me mate de uma vez! – praticamente grita e eu rio soprado.

- E você achou que eu não fosse fazer isso?! – saco a arma que estava comigo o tempo inteiro e dando um tiro certeiro na cabeça dele, vejo seu corpo cair no chão e o sangue manchar o mesmo. – Imbecil.

Ajeitei a jaqueta que estava usando e saindo pelo pequeno corredor do galpão, sai do mesmo e assim que me vi fora daquele lugar, retirei meu celular do bolso e disquei rapidamente o número de Namjoon. O mesmo não demorou para atender.

- “Péssimas notícias.” – ele diz e eu reviro os olhos.

- Digo o mesmo.

- “Os capangas de Seokjin conseguiram pegar Marcus e Eun Hee.”

- Ainda mais essa...! – digo frustrado bato a mão com força na lataria do carro. – Onde está Lia?

- “Eu a vi a pouco com o Jihoon.”

Franzo as sobrancelhas e passando uma mão pelo cabelo, abro a porta do carro e entro no mesmo.

- Não a perca de vista! Não deixe que ela sequer ponha os pés fora de casa, me ouviu bem?

- “O que vamos fazer em relação a Eun Hee e Marcus?”

- Eles que se fodam! – digo rapidamente entro no carro. – Temos que procurar por Jimin!

- “E o que aconteceu com ele?”

- Seokjin o pegou.

[Min Yoongi Off]


Notas Finais


Bye bye!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...