História Prisoner - Capítulo 45


Escrita por: ~

Postado
Categorias ASTRO, Bangtan Boys (BTS), Black Pink
Tags Astro, Blackpink, Bts, Vkook
Exibições 59
Palavras 1.037
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Hentai, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


opa
um Yoongi selvagem

Capítulo 45 - Mama - temp.2


Fanfic / Fanfiction Prisoner - Capítulo 45 - Mama - temp.2


MoonBin acordou em sua cama,ao lado de Eunwoo.
-Bom dia,Binnie-abraçou ele de lado.
-Bom dia-bocejou.
Os dois se arrumaram e desceram para a cozinha.Preparam o café da manhã juntos e comiam em silêncio.
-Binnie-falou Eunwoo enquanto comia seu sanduíche.
-Oi?-ergueu o olhar até o dele,que estava sentado à sua frente na mesa.
-Tem uma coisa que eu quero te falar...-abaixou a cabeça.
-O que,hyung?-ficou curioso,mas sentia ser algo relacionado ao que ele falava dormindo.
-Desde que eu comecei a te ajudar,uma coisa mudou...
-E...o que seria essa coisa?
-Você sabe o quanto eu fico feliz em te ajudar,não sabe?-ignorou completamente a pergunta do mais novo.
-Sei-tomou o último gole de sua xícara de café.
-Sabe o motivo de eu te ajudar e ficar feliz por isso?-MoonBin negou com a cabeça,sentindo medo do que ele diria a seguir-E aí que está a diferença.Antes,eu ajudava por gentileza,por você ser meu amigo,agora eu sei que não é só por isso.É porque...porque...-não tinha coragem de falar,mas MoonBin já sentia suas próximas palavras-É porque eu gosto de você...
Ficou sem o que responder,não queria machucar Eunwoo,que cuidou dele como se fosse uma mãe.
-Binnie?Você...não vai dizer nada?
-E-eu...-não conseguia formular uma frase,nem sequer o começo de uma.Abaixou a cabeça,já imaginando que iria quebrar o coração de seu amigo.
-Binnie,você...não...-sua respiração começou a ficar irregular,seus olhos a encherem de lágrimas,Eunwoo já sabia a resposta-Mas eu te ajudei...eu cuidei de você...
-Desculpa-falou bem baixo,erguendo o olhar novamente ao de Eunwoo.
MoonBin sabia que ele era um garoto sensível,meio inocente,mas não era sua intenção machuca-lo.
-Mas eu te amo,MoonBin-uma gota escorreu.
-Eu também,hyung...mas não desse jeito...-doía em si mesmo falar aquilo,mas era a verdade e tinha prometido nunca mentir a ele-Eu sinto muito.
Eunwoo largou o que restava da sua comida,se levantou e saiu correndo dali.Ao sair da casa dele,se sentiu perdido,não sabia para onde ir.Correu por aí,desnorteado,sem nenhum destino,
MoonBin ficou abalado,começou a chorar também.Voltou a se culpar por tudo que vinha acontecendo.Amar Yoongi,o sumiço dele e agora ter magoado Eunwoo.Sabia,ou pelo menos pensava,que era tudo culpa sua.
Sentia que ia ter um ataque de pânico,que começaria a quebrar tudo de novo.Queria fugir,e o único lugar que lhe restava ir,era a pedra.Não ia lá desde o acontecido de Hye Min.Ignorou o fato de alguém já ter morrido lá e foi sem pensar.


~9 horas antes~


Yoongi acordou no mesmo lugar uma hora depois de ter adormecido,deitado no canto da calçada,na porta de uma loja.Se levantou sentindo seu corpo dolorido,sua cabeça latejando e começou a andar mancando em direção ao hotel.Chegando lá,deu uma ajeitada em si,limpou machucados,catou suas coisas,subiu em sua moto e pegou caminho para a pequena cidade litorânea.


~9 horas depois~


Chegou na cidade já sentindo um alívio de ter voltado.Parou a moto em frente à sua casa.Sabia que se entrasse e tivesse alguém ali,levaria um sermão.Não estava com paciência para perguntas como "onde você andou?","por que sumiu?",e várias outras perguntas que não agradavam Yoongi no momento.Em seu bolso estava tudo que ele queria no momento,uma caixa de cigarros e um isqueiro.Pensou rápido em um lugar para se esconder e lembrou de um específico.A pedra.Suspirou ao lembrar do que aconteceu lá e a quem pertencia,mas foi mesmo assim.
Ao passar pela trilha entre as outras pedras,se aproximou da que lhe interessava.Viu que havia alguém ali encima,parou e observou.Era ele,MoonBin estava ali.Um nó se formou em sua garganta,mas abriu um sorriso de canto.
O garoto estava distraído demais e não percebeu alguém subindo na pedra,atrás de si.
Sentou ao lado do mais novo,que ainda não havia notado a presença dele ali.
-Bela vista,não?-falou o maior encarando o mar.
-Y-Yoongi?-ficou surpreso,o olhando desacreditado.Todo seu processo de se recuperar e esquecer o garoto,que estava quase conseguindo,pois nem pensava mais direito em Yoongi,foi por água a baixo.
-Oi,Bizzle-riu baixo,tirou a caixa de cigarros do bolso e acendeu um.
-Onde você tava?-queria chorar,mas não ia,por já não ter mais lágrimas para isso,pelo menos era o que pensava-V-você...fuma?
-Longa história-suspirou.
-Por que não me disse onde foi?Por que não atendeu minhas ligações?Você me largou aqui sem nenhuma explicação!-Yoongi não queria ouvir esse tipo de coisas,mas MoonBin tinha razão em perguntar.
-Eu precisava de um tempo pra pensar,desculpa...-olhou novamente para o mar e deu mais uma tragada.
-O que aconteceu com você?-perguntou sobre seu estado horrível,estava com um corte na maçã do rosto,esboçando uma coloração roxa em volta,outro em sua boca e,bom,cheiro de álcool.
Riu e soltou a fumaça pelo nariz,pensava em o quanto devia uma explicação.
-Por que...você me deixou?-abaixou a cabeça sentindo seus olhos começarem a querer se encher de água.
-Depois que você me expulsou da sua casa,e com razão,eu fui passar um tempo em Seul.Precisava esfriar a cabeça,entende?-MoonBin notava como Yoongi estava diferente,não só apenas de aparência,como o cabelo moreno,mas até no jeito de falar,que agora estava mais "ignorante"-Agora,a única coisa que eu te devo,são desculpas.Naquela noite,eu até pensei em voltar pra pedir perdão,mas eu não tive coragem-queria absurdamente falar que sentia algo por MoonBin,algo grande,mas não disse,por medo de estar jogando tudo na cara dele muito cedo.
-Por que ignorou minhas ligações?-se encararam.
-Eu achei que...ignorando você,ia me sentir melhor,que ia ser mais fácil de me acalmar.Bom,eu estava bem errado-levou novamente o cigarro a boca puxando a nicotina do mesmo-Eu até tentei ligar depois,mas você me bloqueou.
-Eu não te bloqueei...eu quebrei meu celular-soltou uma risadinha ao lembrar disso.
-E sobre a minha cara-apontou para a própria face-Fui assaltado,eu tava bêbado e tentei reagir.
-Nossa-MoonBin arqueou as sobrancelhas surpreso.
Os dois voltaram seus olhares a vista,deixando apenas com que o mar fizesse barulho batendo nas pedras.Os sentimentos do menor vieram à tona,o atingindo profundamente.Pensava não sentir mais nada por Yoongi,mas bastou apenas ver seu rosto novamente para perceber o contrário.
Pensou sobre o longo mês em que passou,e percebeu o quão deprimente foi.Passou metade dele chorando e a outra metade sendo auxiliado por Eunwoo.Ao pensar no nome do outro,sentiu uma pontada no coração.
-Yoongi,podemos ir pra outro lugar?-pensou,pois as lembranças começaram a vir,e queria um lugar mais fechado para se acalmar.
-Você sabe se tem alguém na minha casa?-perguntou.
-Não tem ninguém,os outros foram sair com eles e as meninas.
Assentiu o mais velho e apagou o cigarro ao seu lado.
-Então vamos pra lá.
 


Notas Finais


finalmente essa cria voltou
aiai
digamos q amanhã,ou até hj msm,saia um hot...q eu n vou falar de quem é...
fica no ar

qro mais coments pls<3
bjs<3<3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...