História Problem - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Black Pink
Personagens Jennie, Jisoo, Lisa, Rosé
Tags Blackpink, Colegial, Girlxgirl, Jennie, Jensoo, Jisoo, Lesbian, Lisa, Rosa, Rose
Exibições 126
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Orange, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


ChaeLisa tá quente............

Capítulo 9 - Capítulo 8


Jisoo On

Desci para o refeitório pra comer alguma coisa, já que as aulas só iriam começar daqui há vinte e cinco minutos. Espero que Rosé e Lisa não façam nada de "errado"...

-BOO! - Jennie me deu um susto que eu quase cheguei a cair.

-JENNIE SUA FILHA DA PUTA! - Ela riu.

-D-Desculpa. - Ela disse ainda rindo.

-NÃO TEVE GRAÇA! - Eu fechei a cara.

-Desculpa baby, eu não sabia que você ia ficar bravinha. - Ela disse e abraçou minha cintura.

-Eu dei permissão pra você me chamar assim e ficar toda melosa comigo?

-Quem disse que eu preciso de permissão? - Ela disse com um sorriso convencido. Eu corei, por que? Não faço ideia... -Você fica tão fofa corada. - Dessa vez ela deu o sorriso mais lindo que eu já vi na minha vida.

Por que eu fico tão "sem jeito" perto dela?

-O que foi? - Jennie perguntou me tirando dos meus pensamentos.

-Hm? Nada não... - Ela cerrou os olhos.

-Sei... - Ela encostou o queixo em meu ombro e ficamos assim até chegar a minha vez - na fila - de pegar o café da manhã.

Jisoo Off

Lisa On

Eu quase tive minha primeira vez com Rosé... Será que se ela souber que eu ainda sou virgem ela não vai mais querer ficar comigo? Ou se ela não gostar de como eu "vou fazer"? Aish!

Eu sentia seus olhos sobre mim enquanto eu arrumava minha mochila. Eu me sentia envergonhada mas ao mesmo tempo bem com isso, eu não sei explicar.

-Você fica muito bonita nesse uniforme, Lisa. - Ela disse e eu corei.

-Obrigada... - Por que eu ainda fico tão envergonhada com ela? Eu acho que não devia me sentir assim ainda...

Senti seus braços rodearem a minha cintura enquanto ela dava leves selares na minha nuca e no meu pescoço. Me arrepiei por completo e Rosé parece ter percebido.

Suas carícias começaram a ficar mais intensas, os beijos viraram mordidas, suas mãos adentraram minha blusa e começaram a massagear meus seios.

-R-Rosé... Agora n-não...

-Só um pouquinho... - Ela me beijou e me prensou contra a parede. Eu - obviamente - retribui o beijo e coloquei meus braços em volta de seu pescoço. Suas mãos foram parar embaixo da minha saia. Ela começou a acariciar minha intimidade por cima da minha calcinha.

-Eu mal comecei e você já tá toda molhadinha. - Ela sussurrou em meu ouvido com a voz mais sexy que eu já ouvi na vida, me deixando ainda mais excitada. -Imagina quando for pra fazer tudo. - Ela mordeu a ponta da minha orelha. Alguém pode me dizer como é que eu tô viva ainda?

Rosé começou a tirar minha calcinha devagar, e eu já sabia onde isso ia dar... 

-Rosé... Pare... Por favor... - Ela parou meio que de imediato.

-O que foi? - Ela tinha um semblante preocupado.

-Eu... Eu não estou pronta ainda...

-Você ainda é virgem? - Eu apenas assenti com a cabeça. 

-Eu não acho que estou pronta, ainda...

-Quando estiver, me diga. - Ela me beijou. -Eu não vou te obrigar a fazer nada que você não queira. - Ela disse quando nos separamos. Eu sorri e ela retribuiu o sorriso.

-Agora deixa eu me arrumar antes que a gente comece tudo de novo.

-E seria ruim começar de novo? - Ela disse com um sorriso malicioso.

-Seria sim, por que se não a gente vai se atrasar. - Eu disse lhe empurrando de leve.

-Eu saio quando você me der um beijo. - Ela disse com os braços em volta da minha cintura.

-Vai ficar me comprando com beijos agora, é?

-Sim. Toda vez que eu tiver oportunidade. - Eu ri e revirei os olhos.

-Você não presta. - Eu lhe dei um selinho.

-Não sou eu quem fica toda molhada pra a garota que não presta. - Eu corei.

-Tão linda e fofa. - Ela começou a encher meu rosto de beijos.

-Agora é sério, temos que ir. - Eu disse lhe empurrando de leve.

-Aish! Tá bom, tá bom! - Ela disse se afastando.

-Prometo te recompensar quando a aula acabar. - Eu comecei a arrumar meu uniforme, já que uma tarada quase o rasgou.

-"Eu não estou pronta ainda". - Ela disse imitando minha voz.

-PRIMEIRAMENTE: Só porque eu disse que vou te recompensar não quer dizer que seja assim; SEGUNDAMENTE: Eu não falo assim. - Eu joguei um travesseiro nela e ela riu.

-Se arruma logo antes que eu te agarre aqui mesmo. - Ela estava praticamente me comendo com os olhos.

-Aprenda a se segurar, ora.

-Com você não dá. É mais forte do que eu. - Eu ri.

-Pronto. - Eu disse e peguei minha mochila, ela também pegou a dela e nós saímos de mãos dadas.


Notas Finais


sou cruel msm
CULPEM MINHA NAMORADA


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...