História Problems... - Capítulo 9


Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Vhope, Yaoi
Exibições 335
Palavras 2.000
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Oi minhas delícinhas, tudo bem com vocês?
Nós estamos muito bem.
Chegamos, finalmente com um novo capítulo.
Esquecemos de dizer isso no capítulo passado, mas nós completamos 1 mês de fanfic, e nós estamos muito felizes quanto a isso.
Não quero deixar isso muito grande, então nos vemos nas notas finais.
~Boa leitura meus anjos.

Capítulo 9 - Taehyung


Fanfic / Fanfiction Problems... - Capítulo 9 - Taehyung

*POV Taehyung*   

 Estava tudo indo muito bem entre mim e Hoseok desde a noite passada. A cada segundo ao lado dele eu me sentia melhor.   

Como eu queria dormir junto a Hoseok essa noite, disse que não estava acostumado ainda com o meu novo Xurumela para me deixar ficar ali, com ele. E é lógico que Hobi disse sim.   

Dormimos a noite toda muito bem. Não nos descolamos um só momento. Eu estava feliz e queria ter Hobi perto de mim o tempo todo.  

 Amanheceu e eu acordei primeiro que Hope.   

Ele estava me abraçando e eu pude ver perfeitamente seu rosto. Ele era lindo. Lindo de todas as formas, e eu estava cada vez mais apaixonado.  

 Fiquei longos minutos apreciando ele dormir até que ele abriu lentamente os pequenos olhinhos, e me fitou, abrindo um leve sorriso sem os dentes. O que fez meu coração acelerar demasiadamente.   

_ Por que me olha tanto?_ ele perguntou levantando uma de suas sobrancelhas.   

_ Porque você é muito bonito._ falei sorrindo e ele afundou o rosto em meu peito.   

_ Não fale besteiras. Eu não sou tão bonito assim.  

 _ Não estou falando “besteiras”. Você é o mais lindo de todos! Bom.. é o que eu acho.   

_ Aish, você está mentindo!_ disse entre risos e me deu um leve tapa no braço.   

_ Okay então. Mas eu continuo achando você lindo!

_ Tudo bem. _ falou se sentando na cama, e logo depois se levantou indo em direção ao banheiro. _ Vou tomar banho. Arrume suas coisas para entrar depois de mim.    

 _ Tá bem.   

Longos minutos se passaram. Ele ainda estava no banho e eu não parava de pensar que queira pedir J-Hope em namoro. Mas não queria só um pedido normal. Queria que fosse especial, e que ele jamais esquecesse.  

Tantas coisas, lugares e objetos passaram na minha cabeça, mas nada estava me agradando. E foi aí que eu lembrei do restaurante favorito do Hoseok, que era ali perto. Percebi que era a oportunidade perfeita para o pedido.   

Pensei em comprar anéis para nós dois usarmos logo depois que ele aceitasse. Não queria nada exagerado, mas simples também não. Queria algo único, e que combinasse com nós dois.   

Enquanto pensava em todas essas coisas Hobi saiu do banheiro com uma blusa branca, calça de moletom, e seus cabelos negros totalmente encharcados por conta de seu banho.   

Ele passou uma de suas mãos sobre o cabelo, o jogando para trás e eu fiquei o encarando boquiaberto. Ele começou a rir da minha expressão.   

_ Do que está rindo?_ perguntei confuso o olhando rir. 

Levantei-me e fui pegar minhas roupas para o banho.  

_ Da sua cara. Sou tão bonito assim?   

_ É sim. _ Sorri levemente para ele e logo entrei no banheiro, fechando a porta.   

*******   

Logo após meu banho, avisei aos meninos que iria dar uma volta. Chamei Jungkook para ir comigo, porque sabia que não ia conseguir escolher um anel sozinho.   

Hope me olhou sem entender, mas não perguntou onde eu estava indo. 

 *******   

Eu andava pelas ruas a procura do anel perfeito para nós dois, e em direção ao restaurante para fazer a reserva do jantar.   Estávamos caminhando até que Kook disse algo.   

_ O que a gente está fazendo aqui?_ perguntou sem me olhar.  

_ Bom, eu estou pensando em pedir Hoseok em namoro. Eu quero comprar um anel de compromisso para nós dois, e reservar um jantar hoje à noite no restaurante favorito dele. _ respondi a ele rapidamente, sorrindo.   

_ Então quer dizer que vocês estão realmente apaixonados? _ perguntou, e eu assenti._ Eu nunca imaginaria isso vindo de vocês.      

_ É, nem eu. _ suspirei._ Mas aconteceu.     

_ Sabe Tae, como você é meu melhor amigo, depois de Jimin, me sinto na obrigação de te contar._ disse ele e eu o olhei.      

_ Contar o que?_ indaguei.     

_ Ontem, eu dormi na casa da Yoko. Mas  não foi por qualquer coisa.   

_ Fala logo Jeon._ falei já irritado pela demora dele.   

_ Eu e o Jimin brigamos. Eu fui pedir desculpas para ele sobre o que eu tinha dito de você com o Hobi ontem. Comecei a falar da Yoko e o Jimin se irritou. Ele disse que não aguentava mais esconder os sentimentos, simplesmente me beijou, e eu deixei._ Ele explicava enquanto andávamos, e eu fiquei chocado ao que ele dizia. _ O pior é que eu estava gostando, e eu nem ao menos sei o porquê. Eu tenho a Yoko, porque estava gostando tanto?   

_ Já pensou na possibilidade de o amar da mesma maneira?   

_ Isso nunca. Eu sou um homem de verdade. Não posso ficar gostando de outros caras.   

_ Também sou homem de verdade, e gosto do Hoseok.   

_ Mas com você é diferente._ disse em um tom baixo.   

_ Tudo bem. Continua a contar.   

_ Depois que ele me beijou a gente começou a se empolgar e fomos para a cama. Começamos a tirar as roupas e quase chegamos a fazer aquilo, mas a imagem de Yoko veio na minha mente e eu não consegui._ deixei escapar um “Socorro”._ Sai correndo para a casa dela, de madrugada naquela chuva e Jimin veio atrás. Quando cheguei na casa de Yoko vi que Jimin estava no outro lado da rua me encarando e chorando demasiadamente. Aquilo fez meu coração doer tanto…      

_ Vocês precisam conversar. Se entender. São melhores amigos!     

_ Eu sei. Estou me sentindo mal por não ter feito isso ainda, mas eu simplesmente não consigo. Nem olhei para a cara dele hoje.    

_ Espera um tempo. Logo, logo vocês vão se resolver, e tudo vai voltar a ser como antes._ falei, e nós paramos em frente a uma loja._ Vamos entrar?   

_ Claro. 

*******     

Depois de sairmos da loja, fomos diretamente ao restaurante. Foi bem rápido. Marcamos um jantar a luz de velas na melhor mesa de lá. Ia ser às 20:30 da noite, então eu ainda tinha bastante tempo.   

Liguei para o motorista do nosso grupo, e o avisei que queria sair a noite. Pedi para ele pegar um carro bem bonito e me esperar quando desse a hora do jantar.   

Voltamos pra casa e JungKook foi tomar um banho. Fui conversar com Jin, que estava na cozinha com as mãos apoiando seu rosto. Ele estava com um rosto preocupado.   

_ Jin?_ o chamei e ele me olhou com os olhinhos tristes._ Está tudo bem hyung?     

 _Oi TaeTae. Estou bem, só um pouco preoupado com Jimin.   

_ O que aconteceu com ele? Está doente?_ perguntei chocado.   

_ Sim, a febre dele não passa desde cedo, e ele não sai do quarto para tomar um ar. Nem comeu direito._ disse olhando para baixo.  

_  Ele está doente por causa de ontem? Kook é mesmo um lerdo! Ele vai ficar super mal quando souber o estado que Jimin está.     

 

_ Você sabe da história toda?_ Jin perguntou surpreso.     

_ Sim, Jungkook me contou. Ele está se sentindo mal pelo o que aconteceu, mas não está conseguindo falar sobre isso ainda. Bom eu vou ver como está o Jimin.    

_ Okay. Qualquer coisa me chame._ disse e eu assenti.      

Bati levemente na porta do quarto dele, e logo abri a porta. Vi Jimin deitado na cama virado para o outro lado. 

Ele estava olhando para a cama de Kook e percebi que ele chorava levemente.  

_ ChimChim?_ o chamei.   

_ Oi Tae. Pode entrar._ disse sem se virar.   Sentei-me ao lado dele e comecei a mexer em seus cabelos alaranjados.   

_ Está tudo bem?_ perguntei e ele fez que não com a cabeça._ Eu sei que está sofrendo, mas tem que deixar de lado. Não pode ficar doente por essas coisas. Jungkook foi um idiota mesmo, mas ele está se sentindo mal por isso, só não tem coragem de vir falar com você ainda. Espere ele conseguir fazer isso. As coisas vão se acertar.    

_ Tudo bem._ ele dizia baixo.     

Medi a temperatura dele e vi que a febre já tinha passado. Sorri aliviado e pedi para que ele se sentasse.   

_ Jimin, você tem que sair desse quarto. Nem que eu te arraste dele, mas você vai sair!   

_ Tá bem, eu saio._ falou, e abriu o sorriso que nós tanto gostávamos de ver.   

_ Vai comer alguma coisa. Vamos, eu te levo até o Jin._ disse, e ele se levantou indo em direção a porta ao meu lado.   

Chegando a cozinha, pedi para que Jin preparasse algo para Jimin comer e para que ele se sentisse melhor.  

Depois disso, deixei os dois na cozinha e fui diretamente para meu quarto. Chegando lá me deparo com a imagem de J-Hope sobre a cama mexendo no celular.   

Assim que entrei no quarto ele me olhou e abriu um largo sorriso.      

_ Oi Taetae._ disse me abraçando.     

_ Oi Hobi. Eu vim aqui te perguntar uma coisa.   

_ Pode perguntar então…   

_ Quer sair pra jantar hoje à noite comigo? Vai ser divertido. Por favor?_ perguntei fazendo biquinho com as mãos juntas.   

_ É claro que eu vou. Vai ser um prazer sair com você._ falou ele e juntou nossas mãos.   

_ Ótimo!_ disse sorrindo como nunca._ O carro vai passar aqui 20:30 para levar nós dois. Esteja pronto.    

 *******   

Horas se passaram e eu estava cada vez mais nervoso. Fui procurar J-Hope pela casa, assim que o vi na sala fiquei completamente paralisado. Ele estava mais lindo que nunca.   

_ Vamos?_ perguntou ele se pondo ao meu lado.   

_ Sim._ respondi sorrindo a segurei em sua mão.   Caminhamos até o primeiro andar do prédio e entramos no carro.   

No caminho para lá, eu não tirava meus olhos de Hoseok. Alguma coisa nele parecia me hipnotizar, e eu não cansava nunca de o olhar.   

Quando chegamos no restaurante, abri a porta do carro, e dei a mão a ele, andando até nossa mesa.   

Assim que chegamos na mesma nos sentamos e começamos a conversar, até que uma garçonete veio anotar nossos pedidos. 

Depois disso ela se retirou e Hobi se pronunciou.   

_ Não acredito que fez reserva nesse lugar. Eu amo a comida daqui!   

_ Eu sei, foi por isso que quis vir. Quero que essa noite seja muito boa para você.   

_ Qualquer noite perto de você é boa para mim._ ele disse e eu me senti corado. Eu adorava a sinceridade que Hope tinha. Tudo o que ele pensa, ele diz, sem se importar. 

_ Perto de você tudo fica ótimo também, falei e toquei a mão dele sobre a mesa.     

Um tempo passou, nós comemos, conversamos, rimos e eu percebi que já estava mais que na hora de pedir logo.   

Um frio gelado invadiu meu corpo e eu senti um balanço nas pernas. Estava realmente nervoso. Resolvi então tirar a caixinha dos anéis de dentro do bolso e dar a ele.   

_O que é isso?_ perguntou olhando para a caixinha.   

_ Bom... Jung Hoseok, eu demorei muito tempo para escolher essas coisinhas, espero que você goste._ disse olhando diretamente para ele, segurando os anéis._ Eu só queria dizer que te amo muito. Estou completamente apaixonado por você a um tempo, só não tinha percebido isso. Todos esses anos ao seu lado, abriu meus olhos. Eu não quero ninguém, além de você. Quer namorar comigo?   

_ E você ainda pergunta? Mas é claro que eu aceito._ disse sorrindo e se levantou, vindo até a minha direção. Segurou minha cabeça, e me puxou, para um enorme beijo. Aquele beijo foi bem melhor, e mais intenso que o último.   

Pude sentir toda a aceleração dos nossos corações por estar acontecendo aquilo. Depois de longos minutos ali beijando Hoseok nos afastamos por perda de ar.     

Coloquei o anel no dedo dele e ele pôs no meu. Nos beijamos uma última vez e fomos para casa.      

Nunca tinha me sentido tão feliz na vida. J-hope me fazia ser melhor e eu amava tudo nele.   

Estávamos oficialmente namorando, e eu não via a hora de contar para o mundo todo. 

 *******    


Notas Finais


E aí minhas amoras.
O que acharam? Comente suas opiniões, e o que acham que vai acontecer nos próximos.

Até terça no próximo. Um beijão suas lindas.

~Sam_B3ar e SeokjinTrevoso ❤💙💚💛💜


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...