História Procura-se a mãe perfeita - Kim Taehyung ( V ) - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Idol, Kpop, Romance, Taehyung, Tragedia
Visualizações 374
Palavras 513
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Josei, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


QUANTO TEMPO AMORES DA MINHA VIDA!!!!!!!!!!!!!!!!!!
BOA LEITURA MEUS LINDINHOS <3 AMO VOCÊS

PS: EU TENHO UMA ENORME E LONGA EXPLICAÇÃO PARA CONTAR PARA VOCÊS, MAS IREI CONTAR DEPOIS.... AGORA EU FIZ ESSE MINI CAP QUE É MUITO NECESSÁRIO, ACREDITE EM MIM!

XOXOXOXOXOXOXO

Capítulo 30 - Recomeço


Fanfic / Fanfiction Procura-se a mãe perfeita - Kim Taehyung ( V ) - Capítulo 30 - Recomeço


*No capitulo anterior*


- Yunna! – gritei e logo continuei, ignorando totalmente a chuva pesada que caia sobre mim. – Me escute, está bem? Eu tenho que te contar algo que... Que eu tenho quase certeza de que sinto, eu... Eu ando ficando louco por uma mulher, não sei se é da forma certa, mas ela causa algo em mim e andei pensando muito e eu... Eu decidi que vou ir atrás dela, digo irei tentar recomeçar, mas não fique triste meu amor, você sempre estará comigo. – sorri e logo fechei meus olhos. – Ela é muito diferente de você, e isso me da medo, mas da mesma forma ela consegue ser atraente. – disse com cautela – Se Rang adora ela, e eu... Não sei realmente o que sinto, mas irei correr atrás disso. – deixei as flores em cima do tumulo e logo respirei alto. – Obrigada por me ouvir Yunna, eu realmente precisava dizer isso. – Me levantei e logo respirei fundo novamente e senti um grande peso sair de minhas costas.
Agora poderei realmente descobrir o que é isso, o que significa, eu realmente não sei o que sentir, de um lado a felicidade me destrói por completo, mas por outro lado a melancolia de deixar Yunna ir me faz cair.
Talvez seja realmente a hora de um... Recomeço.


*Neste capitulo*

Taehyung's POV


Recomeçar. 


Uma palavra com apenas nove letras. A mesma contém um fator fonético muito fácil e prático de ser utilizado no dia a dia, mas ainda sim, não se engane, essa curta palavra contém seus mistérios, e fazer o ato "recomeçar" é simplesmente o fator mais difícil que você irá se deparar ao longo de sua mera vida, eu falo sério.


Respirei fundo tentando me manter a calma, pois a mesma ameaçava sair de meu corpo, no intuito de ir embora para longe e deixar-me por completo.


 Nada parecia estar dando realmente certo, meu corpo suava e minha mente não parava nenhum lugar, nada em minha mente parecia fixo, nada parecia realmente real, minha mente apenas girava em torno de vários tipos de pensamentos pessimistas, fazendo-me me sentir complemente acuado quanto a isso, mas no final das contas eu realmente não entendo, não entendo nada. 


Não entendo o fato de eu ter escolhido "recomeçar" por uma pessoa como ela, aliás, não entendo o que realmente me fez fazer isso, talvez eu tenha agido de uma forma " impulsiva", ou ao menos algo parecido, porque afinal não quero deixa Yunna, ela foi/é simplesmente tudo para mim, o meu tudo. Então eu não entendo, não entendo nenhuma partícula disso, desse sentimento que de certa forma sinto por essa estrangeira, não entendo nada, é algo tão forte e ao mesmo tempo tão duvidoso.

Mas...

Acho que naquele dia isso poderia ser explicado, esse pensamento de "recomeço" momentâneo, digo, tudo estava tão "bonito", sem o minimo esforço, Se Rang estava tão bem, (S/n) estava bem, e de certa forma aquilo me fez ficar bem, como se aquilo fosse algo natural, como se (S/n) estivesse cumprindo apenas o seu papel, um papel natural, algo verdadeiro, algo verdadeiro para uma família verdadeira.



Notas Finais


HAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAAY! VOCÊS ACHAM QUE O TAEHYUNG REALMENTE MUDOU? QUAL É A EXPECTATIVA DE VOCÊS? HEIN!

Meus lindo obrigado pelo apoio, obrigado por tudo eu realmente não estive 100% ao longo do tempo, mas eu espero que tudo venha dar certo e que continuemos com essa história, espero que vocês não desistam dela assim como eu, espero que vocês permaneçam aqui, com a Se Rang e com os meninos.

Bom gente, é isso, adoro vocês obrigado por tudo, até breve (Bem breve mesmo)!
XOXOXOXOXOXO


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...