História Procura-se um(a) noivo(a) - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fairy Tail, Naruto
Personagens Erza Scarlet, Hinata Hyuuga, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shion
Tags Fairy Tail, Naruerza, Naruto
Visualizações 215
Palavras 1.543
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Hentai, Violência

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Sexo,dor e suspense.
Resolvi adiantar por amor a vocês.
Aproveitem.

Capítulo 11 - Nossa noite.


Sasuke:

-Mandou me chamar Kakashi?

Kakashi:

-Algo muito grave aconteceu, preciso que você vá em uma missão rank s.

Sasuke:

-Horas atrás bebiamos tranquilamente...

Kakashi:

-Quando ouvir o que eu tenho a dizer entenderá o nível da complicação.

/////////////////////////////////////////////////////

O casal subia os degraus rumo ao quarto que era deles.

Naruto carregava Erza no estilo noiva enquanto seus olhos eram trêmulos,sem dúvida eles estavam nervosos por aquilo que pretendiam fazer.

Naruto deu com as costas na porta a abrindo enquanto com suavidade a depositou no cama.

Os dois rapidamente iniciaram um beijo doce e calmo que representava a paciência que não tiveram no seu relacionamento conturbado,era uma forma também de não acordar asuka que dormia no quarto ao lado.

Erza percebia isso no loiro,esse medo de acordar a pequena.

Erza:

-Sakura disse que os quartos tem parede anti som

Ela dizia meio corada o que excitou ainda mais o loiro.

Naruto:

-Não se preocupe linda,eu sei que é sua primeira vez.

Ele dizia entre beijos.

Naruto:

-Eu não quero te forçar a nada.

Erza:

-Faça-me sua Naruto-kun aqui e agora.Faça como nunca fez com nenhuma outra o que eu nunca fiz com nenhum outro.

Ele não esperou nem mais um pouco e a beijou.

Descendo sorrateiramente os beijos até o seu pescoço.

Enquanto depositava beijos e chupões ali.

Para Naruto aquilo era muito difícil,ele não era um praticante de preliminares,achava aquilo muito doce,muito amoroso,o que não combinava com seus encontros promíscuos,para ele mais valia o sexo,o carnal,o puro.Aquilo era uma mudança bruta,um ato que ele não estava acostumado,algo que ele mesmo estava se sentindo cada vez mais nervoso.

Erza já começava a sentir isso no nível gradual em que seus toques aconteciam,no começo ela achava que era um efeito da abstinência do loiro,mas logo ela começou a sentir que era o sentimento,o momento que o loiro também estava sentindo.

E assim ele tocou seus seios,tentando aos poucos retirar o sutiã,logo ele viu que era impossível e queimou rasgou a alça com uma das mãos,relevando o par de seios avantajados da ruiva.

Naruto:

-São os maiores que eu já vi.

Erza corou mas também beliscou Naruto,ele estava lembrando das outras,ela não queria isso.

Ele deu um sorriso falso,não queria quebrar o clima e logo caiu de boca no direito, enquanto apertava o esquerdo.

Cada sugada para a ruiva era algo novo,uma sensação em que a princesa sucumbia a mais pobre das plebeias,era como ela se perguntasse o porquê deles não terem feito isso antes.

Naruto fazia aquilo com maestria,era um hábito não desenvolvido,mas que o momento o fez lembrar,o fez se especializar,ele caminhava sem a menor pressa,apenas sentia o momento.

Os pequenos gemidos da ruiva.

Erza perdeu toda a sua postura de comando,já estava entregue só na chapada de seios dele,não queria que fosse assim,queria mostrar mais.

Então tomou iniciativa e começou a tirar a calça que o loiro vestia, o deixando só de box.

Naruto percebeu a ousadia,mas deixou sua experiência transparecer e a empurrou de volta fazendo a cair e levantar as pernas para ele.

Naruto:

-Primeiro eu.

Erza mexeu a cabeça.

O loiro começou a descer até suas coxas enquanto trilhava um caminho até o grelo da moça.

Chegando lá começou a retirar a calcinha o que foi o nível máximo do corar de Erza,ele rodeou a intimidade da moça com sua língua antes de inseri-la.

Ele lambia com muita calma e gosto,era um momento especial.

Ela já estava entregue,gemia cada vez mais alto,sentia aquele momento,aquele conjunto de sensações,aquele prazer incomensurável.

E foi assim,nesse vai e vem de língua que a ruiva alcançou seu primeiro orgasmo gozando na boca do parceiro.

O que a fez corar.

Erza:

-Naruto-kun o que foi isso? Me desculpe eu não queria.

Mas para surpresa dela ele levantou sorrindo com o líquido no canto da boca.

-Deliciosa,você tem gosto de morango sabia.

Ela riu.

Era a vez dela.

Viu o loiro levantar e tirar sua cueca,ela viu aquele item colossal,aquela espada diferente que ele tinha no meio das pernas.

Ela com receio foi até ele e olhou profundamente.

Naruto:

-Se não quiser não preci...Awwww

Ela abocanhou aquilo com o mesmo gosto que ele fez nela.

Ela começou um vai e vem lento enquanto rodeava a cabeça do membro do loiro.

Naruto corava,era um ato desajeitado,pela falta de prática,mas sem dúvidas o melhor que ele recebia a anos.

A ruiva aos poucos ganhava a confiança e compreendia a natureza humana para ir além,para ter mais controle do corpo e ir dando mais prazer ao loiro.

No fim ele avisou que ia gozar e fez que ia retirar de sua boca,mas ela não deu valor ao pedido e deixou o gozo escorrer em sua boca.

Sorrindo.

Naruto a deitou e rodeou seu pênis na intimidade dela,esfregou ao redor,até o ponto dela enlouquece e pedir por ele.

Naruto não exitou mais e no velho papai e mamãe inseriu seu instrumento na ruiva.

Era o encaixe perfeito.

Ele enfiava de uma forma como se o local apropriado que ele procurou em tantos buracos fosse aquele.

Era um prazer imenso para os dois.

Estocadas fortes de dois amantes que se encaixavam.

Erza estava sofrendo,era sua primeira vez afinal,ele ia com mais calma mesmo que mantendo a potência,não gostava de virgens,seria irresponsabilidade comer quantas ele comeu sendo sua primeira vez,seria um desrespeito a esse momento tão especial para uma mulher,e ele queria dar isso a Erza,ou melhor,queria dar isso,pois para ele,ela seria eternamente dele e de mais ninguém.

Enquanto ela,bem,ela lembrava de tudo que conversou com as meninas durante a tarde,lembrou como elas falavam felizes e abertamente sobre sexo,aos poucos ela via o prazer superando a dor e concordava com as outras.

Ele já estava mais rápido e eles inverteram as posições agora ela estava por cima e se sentia mais a vontade quicando sobre o loiro.

Ela quicava forte e muito bem,aos poucos ela se libertava o que motivava ainda mais Naruto.

Eles iam e vinham, iam e vinham e vinha na cabeça todas as lembranças,um casal que desde uma dança já sentia atração um pelo outro.

Naruto assistiu Erza tendo um orgasmo enquanto cavalgada nele.

Ele rapidamente a virou era a sua vez e ele a preencheu com seu líquido quente.

Mas ainda não era o bastante.

Ele a levantou e a colocou de 4,ela o olhava com um olhar bem terno.

Ele encaixou novamente seu pênis nela,arrancado suspiros,eles já estavam suados.

Ele forçou mais um pouco,mais uma estocada,mais outra e novamente gozou dentro dela.

Erza suspirou soltando seu orgasmo um pouco após o dele.

Ambos se olhavam profundamente.

Naruto:

-Droga,sem preservativos...

Erza:

-Não quer ter filho comigo Uzumaki?

Naruto:

-Claro que eu quero senhorita Uzumaki,mas já temos asuka, não tenho salário de Hokage ainda.

Erza sorriu.

Erza:

-São meia noite ainda,que tal uma segunda rodada no banheiro?

Naruto:

-Você fará um lanche pra mim depois?

Erza:

-Que tipo de lanche?

Ela fez uma cara safada.

Naruto:

-Olha parece que quando você bebeu meu gozo você absorveu minha ninfomania.

Erza:

-Ora seu nojento,vamos logo!

No banheiro eles repetiram a dose,Erza se lembrou das recomendações de Sakura,era como se a rosada fosse uma profeta,como se tivesse percebido que aqueles dois se desejavam.

Naruto a estocou no banheiro com força,ela já estava acostumada ao toque dele na primeira vez.

Eles passaram uma hora exatamente embaixo do chuveiro se amando,sim uma hora para compensar os últimos dias.

Naruto lembrava de como ela era ruiva,o que será que ele e seu pai tinham para amar ruivas,o que será que seu pai e sua mãe faziam naquela casa.

Tentou mexer a cabeça esquecendo a imagem de seus pais consumando o amor.

E assim eles continuaram,e a companhia de água de Konoha teve seu maior índice de gasto d'água das madrugadas.

01:00 AM

Os dois estavam na cozinha,esperando um breve lanche que estava no fogo,sim era ramen.

Naruto:

-Você é incrível!

Erza:

-Sabe,se eu não soubesse que você é só meu eu começaria a me juntar as suas fã girls.

Naruto:

-E quem disse que eu sou?

Erza levantou para pegar a tigela e aproveitou para rebolar dando uma bela visão de sua bunda no pequeno shortinho para o loiro.

Naruto:

-Esqueça eu mesmo que disse.

Ela sorriu trazendo as tigelas.

Eles sentaram um do lado do outro, desfrutando da companhia.

Naruto entendia Sasuke,quando ele sempre disse que ele devia achar outra pessoa,dessa vez ele foi pra cama com a pessoa que queria,mas não a abandonou em uma cama,como fazia com as outras.

E eles estavam trocando beijos,em meio aos fios de macarrão quando são tirados um do outro pela campainha.

Erza:

-essa hora?

Naruto olhou para erza.

Diante de um possível movimento de guildarts eles sempre dormiam atentos.

Naruto levantou com Erza ao seu lado quando percebeu o chackra de um dos seus anbus de vigilância.

Foi até ele.

Naruto:

-oi.

Anbu:

-Naruto-sama, perdão pela intromissão,mas tem uma pessoa chorando,querendo falar com o senhor.

Naruto:

-Quem?

Naruto percebeu aquele par de olhos brancos,aquele tamanho médio e umas lágrimas.

Naruto:

-Hanabi?

Erza olhou aquilo,ela era muito parecida com Hinata.

Hanabi o abraçou e ele a chamou para entrar,mas ela recusou.

Naruto:

-Hana,o que houve?

Hanabi:

-Minha...Irmã...Foi ...Atacada...E está internada...Mataram o Kiba.

Erza olhou para Naruto.

Naruto estava paralisado.

Naruto olhava para as coisas ao redor,tentando achar uma explicação,odiava aqueles dois ainda,mas jamais desejaria algo assim.

Erza:

-Naruto-kun...A acompanhe...Eu ficarei aqui e lhe encontro pela manhã.

Naruto:

-Erza -chan....

Erza:

-Seus amigos precisam de você!

Naruto sorriu depositando um selinho nela.

Hanabi agradeceu a compreensão da ruiva e a cumprimentou.

Erza arrumou as tigelas e foi até o quarto de asuka,depois de desfrutar da intensidade amorosa de Naruto,seria horrível dormir sozinha.

Ela abraçou a pequena e ambas dormiram.

////////////////////////////////////////////////

-O nosso plano finalmente começou a ser colocado em prática...

-Sim,ter você como parceiro,é melhor que ter o tosco do guildarts,toneri.

-Sim,jellal, juntos poderemos humilhar o Naruto.

Disse toneri

Jellal:

-Eu o farei beijar o chão e tomarei Erza para mim.

Os dois sorriam juntos em uma gruta enquanto um pequeno corvo os observava.

A umas milha  longe dali.

Um moreno estava atento.

"Plano? Quem são esses dois"

Era Sasuke que os ouvia.


Jellal:

-É melhor acabar com certos ouvidos.

Toneri:

-Fique a vontade.

O azulado lançou uma chama no corvo,irritando Sasuke longe de lá.


Sasuke:

-Machucar o Naruto,é o que veremos...




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...