História Profano - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Lay, Sehun
Tags Exo!anjos, Sexing
Visualizações 54
Palavras 546
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Droubble, Lemon, Misticismo, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Único


Você se lembra de como chegamos até aqui?

Se lembra de como caímos?


Você costumava dizer que de todos os anjos do céu, eu era o mais inocente e o mais puro.

É engraçado pensar assim se formos parar pra analisar o motivo da nossa queda, Yixing.


Vamos voltar ao início, quando ainda estávamos em frente à luz, ao Pai. Quando ele nos disse pra cuidar dos humanos e sermos os soldados dos céus.


Nós assistimos tudo desde o início, lá no jardim, quando a primeira humana comeu do fruto proibido e levou sua raça à desgraça, ao conhecimento que não deveria ter.

E nós lamentamos.

Lamentamos quando caíram, assistimos quando eles passaram a ser tão... Mundanos.


Nós vimos quando eles descobriram coisas e descobriram a si.

Você dizia que eu era curioso demais e não deveria observar tanto aos humanos. Eu dizia que você não deveria observar tanto a mim.


Coisas ruins aconteceram na terra, nos disseram para sermos fortes.

Nós descemos para ajudar, mas como você disse, eu era curioso, eu quis conhece-los.


Dizem que nosso criador é onisciente. Se ele sabia oque iria acontecer, porque não impediu à eles?

Porque não impediu à nós?


Lutamos juntos na cidade profanada. Observamos juntos ao nascimento do prometido Salvador.


Você me disse que eu passava muito tempo com os humanos, que eu estava começando a ter pensamentos proibidos e errados.

Eu apenas queria conhecer como era aquela troca de carinho que eles tinham quando se sentiam felizes. Eu estava feliz e você também e por mais que abominasse meus pensamentos errados, você não recuou quando te toquei pela primeira vez.


Ah meu anjo, por que você sempre dizia não querer?

Por que longe dos olhos de nossos irmãos você me tocou daquela maneira?

Aquela maneira julgada tão mundana, tão suja, tão profana.



Quando você passou a ter pensamentos errados?


Você me disse que eu era o causador da sua desgraça, mas disse isso enquanto seus lábios tomavam minha pele com tamanho desejo.


Foi você quem me profanou, Yixing. Eu era apenas um anjo inocente.


Nos chamam de sujos lá no céu, dizem que nossa graça foi perdida e que somos... Profanos.

Dizem que em nós existe tanto pecado quanto em Sodoma e Gomorra.

Dizem que eu te desviei de toda a sua luz, sendo esse anjo curioso que sempre fui.

Nos disseram que o solo profanado onde pisaríamos, não se comparavam à nossas almas.


Eles jamais entenderiam o sentimento de euforia que eu sentia quando suas mãos tomavam minha pureza, quando seus beijos cálidos encontravam minha pele quente e a sensação de sentir seu peso em mim, me levando cada vez mais longe, me atingindo cada vez mais fundo.


Me tornando profano.

Me tornando seu.


Antes eu podia sentir quando abria suas asas e eu as tocava em meio a imensidão de prazer. Era como ter toda sua essência em mim e eu me entregava a você como se todo o resto não existisse.

Eu me regorgizava de toda a sua glória.


Você nunca entendeu como o anjo curioso e inocente podia ser sua ruína e eu te mostrei todas as maneiras para isso.


Nos puniram por desejar, nos puniram por amar.

Nós caímos um pelo outro e tudo oque eu tinha que fazer agora era encontrar-te, pois eu não me importava de perder minha graça, não me importava de perder minhas asas.

Por você eu deixava de ser um celeste, deixava de ser um anjo.


Por você, eu me tornava profano.




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...