História Professional Relationship - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Alexy, Ambre, Armin, Bia, Castiel, Charlotte, Dajan, Dakota, Debrah, Dimitry, Iris, Kentin, Kim, Leigh, Li, Lysandre, Melody, Nathaniel, Nina, Peggy, Personagens Originais, Professor Faraize, Rosalya, Senhora Shermansky, Violette
Exibições 119
Palavras 674
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Famí­lia, Hentai, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


ANTES QUE FALEM!
Esta é uma fanfic UA - Universo Alternativo- de Give Your Heart A Break - minha outra fanfic. Como eu retenho TODOS os direitos sobre ela, esta aqui NÃO É PLÁGIO -podem olhar no meu perfil- e apenas vai conter os mesmos personagens criados por mim nela (e outros mais pertencentes a Amor Doce), mas a história é completamente diferente.

Bom, queridos... É a primeira vez que vou fazer uma long fic com esse tema mais pesado *risos*, então espero que não me matem.
Beijos, ~StrangeDemigod.

Capítulo 1 - Prólogo


Fanfic / Fanfiction Professional Relationship - Capítulo 1 - Prólogo

POV’s Autora ON

Ela mordeu o lábio inferior, suspirando.

Antes de mais nada, eu sou a autêntica

E eu ainda estou no ramo do crime

Eu posso te atrapalhar, como se tivesse ensinando física

Salto altos, algo que vale meio ingresso no meu pulso

Aguardava pacientemente ser chamada. E, enquanto esperava, andava pelo quarto, deixando os saltos que calçava fazerem um barulho ensurdecedor, denunciando seu nervosismo.

Olhou, pelo que pareceu a milionésima vez, suas vestes (1), checando se não estavam amassadas. O vestido- sendo a parte do busto branca e tomara que caia, uma espécie de cinto prateado, feito de pedrarias, e a saia preta, composta por uma parte colada as suas coxas e com um tecido adicional por cima, formando uma calda- estava impecável. Os saltos peep toe eram tão altos que permanecia uma dúvida enorme de como ela ainda conseguia se manter em pé neles.

Ela andou até o espelho e analisou sua maquiagem. Olhos perfeitamente delineados, com os cílios numa curva elegante, bochechas coradas naturalmente e um batom num tom de rosa forte. Sorriu para si mesma, exibindo os dentes brancos e alinhados.

Arrumou os cachos, que tinham uma pequena trança na lateral superior esquerda. Encarou as joias que portava. Tudo feito de diamantes puros. Pulseira, colar, brincos e o anel de noivado.

Eu sou tão extravagante

Você já sabe
 

Disse: "Querido, eu faço assim, pensei que soubesse disso"

Não suporto os invejosos e honestamente, a verdade é que

Super estilosa bobo, não compro em lojas de departamento

Não posso me preocupar com os inimigos

Preciso seguir minha meta

Ela era perfeita. Seios medianos, cintura fina e barriga chapada, acompanhados de quadris largos, glúteos enormes e coxas grossas. Ela era capaz de atrair até o mais fiel homem com sua beleza exuberante.

Afinal, quem não gostaria de ter uma pele branca daquelas, sem imperfeições, traços finos, boca levemente carnuda, olhos verdes e cabelos loiros naturais?

É tão bom conseguir o que eu quero

Estrela de cinema, sim, sou luxo

Clássica, cara, você não pode tocar

Mas não era para se precipitar. Para tê-la, tinha de ser um homem capaz de passar pelas avaliações do pai dela. Um homem um tanto quanto crítico e excêntrico também.

Mas ele não fazia por mal. Ele tinha de ser assim. Afinal, apenas um grande homem poderia desposar sua única filha. Até porque a filha do líder da máfia não era para qualquer um.


Continuo me exibindo, como você adora isso?

Deixa o mundo todo perguntando

“Como faço isso?”

“Acalme-se. Não é a primeira vez que você faz isso.” - ela pensava. Voltou a andar pelo quarto, até que seu olhar pousou sobre o criado mudo. Ela parou por um instante. Foi até o criado mudo e pegou aquele envelope. Abriu a carta dentro dele e a leu.

“Nossas congratulações a senhorita Debby Williams.

A senhorita e mais nove outros foram selecionados para participar do tão renomado Curso de Ídolos, da Faculdade Sweet Amoris, da França.

Pedimos para que efetue sua matrícula até o dia 31 de maio para que inicie o semestre.

Será um prazer recebê-la conosco.

Atenciosamente,

Samantha Moore

Diretora do Curso de Ídolos.”

 Ela havia passado. Era uma realização. Ela poderia estudar na mesma faculdade que sua mãe havia estudado.

Eram uma única chance que tinha. Mas o que deveria fazer? Não poderia contrariar o seu pai, poderia?

Era o seu sonho, afinal...

Guardou a casta no envelope e o colocou no criado mudo novamente.

Tomou um leve susto quando batidas em sua porta ecoaram.

-Sim?- indagou, esperando uma resposta.

-Senhorita, seu pai lhe aguarda na limusine para irem à festa do seu noivado.

-Oh, sim!- ela exclamou, fingindo animação. -Já estou saindo. Obrigada Melinda.

Pegou a bolsa feita de pedrarias e olhou-se mais uma vez no espelho.

Saiu do quarto andando elegantemente. Desceu as escadas e entrou na limusine.

-Está linda, querida.- ele disse.

-Obrigada, papai.- ela respondeu, dando um falso sorriso.

Olhou através do vidro do carro, enquanto o mesmo andava.

“Vamos nós para mais uma comemoração alegre.”

POV's Autora OFF


Notas Finais


(1)-http://www.polyvore.com/angely_formal_001/set?id=199172019
Música utilizada: Fancy - Iggy Azalea ft Charlie Xcx
Espero que tenham apreciado esse pequeno prólogo. Logo teremos mais.
Não se esqueçam do trailer da fanfic> https://youtu.be/nV-8M0m-ynI
Nos vemos, ~StrangeDemigod


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...