História Professor Substituto! - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Got7
Personagens JB, Personagens Originais, Youngjae
Tags 2jae, Romance, Youngjae
Visualizações 323
Palavras 806
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Esporte, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura.

Capítulo 13 - Cuide de mim!


Cuide de mim!

 

Eu fiz de novo, ele vai ficar com medo de mim? Ele nem sabe que eu poderia fazer pior!

 

Observo o Jae dormir, a noite já chegara e ele ainda não acordou, acaricio seu rosto. Sorrio bobo só de olhar suas expressões tão calma e doce, um anjinho.

Quando me lembro do Hyun meu sangue ferve, eu não sei o que eu teria feito se ele tivesse feito algo mais com o Jae, na verdade eu sei sim... Era pra ser normal dessa vez... Acho que não consigo mudar quem eu sou de verdade, eu poderia tê-lo matado...

Por quê? Porque eu não consigo fugir de mim mesmo? Eu deveria ser um professor normal, uma vida normal, tudo ia tão bem... — Tiro dos olhos do Jae alguns fios de cabelo. — Estou completamente apaixonado, são tantas mentiras, eu não quero ter que mentir, mas a verdade... A verdade vai fazê-lo se afastar...

Seguro sua mão e fecho meus olhos, suspiro.

— Hyung...

 

YOUNGJAE ON

 

Abro meus olhos sinto uma leve dor de cabeça, vejo o Jaebum com os olhos fechados e minha mão sendo segurada por ele.

— Hyung... — Chamo baixinho.

O mesmo me olha rápido.

— Jae? — Solto minha mão da dele e me sento na cama. — Você está bem? Tá sentindo alguma coisa?...

Posso ouvir claramente suas perguntas, mas as cenas dele batendo o Bin ecoam em minha cabeça.

Eu sei, eu sei que foi por mim, foi por minha causa, mas a forma como ele o machucava, o pior era o seu olhar parecia que ele estava... Gostando? Era como se fosse prazeroso machuca-lo, eu não conheço aquele Jaebum, confesso que isso me deixou assustado.

— Eu... Eu estou bem. — Falo ainda um pouco baixo.

— Jae... — Ele tenta tocar o meu rosto, totalmente sem pensar recuo. — Está com medo de mim?

— Não, não é isso. Eu só...

— Acha que eu vou te machucar? — Jaebum se levanta da cama, me olhando com um misto de tristeza e raiva? — Eu sei que perdi um pouco o controle, mas...

— Um pouco? — Me levanto da cama, exaltado. — Você bateu tanto nele você poderia tê-lo...

— Diga! O matado? — Desvio o olhar. — Você sabe o que ele ia fazer com você não é? Se tivesse feito eu teria feito pior do que só bater nele.

Eu entendo que ele me salvou daquele idiota, mas não gosto de olhar pra ele e ver que eu não o conheço, esse Jaebum de agora é tão diferente do que eu conheci.

— Só quero que fique longe dele, por favor.

— Agora você está preocupado com ele?

— Não quero que o machuque, que se machuque, você estava a ponto de mata-lo, eu olhei bem pra ele, ele vai se vingar de você eu não quero que ele te machuque, esqueci o que aconteceu lá, você não precisa se preocupar comigo...

— Esquecer? Então eu não preciso me preocupar com você? Devo te pedir desculpas pelo que fiz? — Sua voz soa triste. — Eu só queria proteger a pessoa que eu amo...

— Hyung...

— Eu vou te levar até a sua casa. — Jaebum diz dando passos até a porta.

Antes que ele chegue à mesma o abraço por trás. Ele me ama? Eu acho que estou fazendo tudo errado, não posso ser tão egoísta, eu sei que ele é bom, não preciso ter medo dele, eu... O amo. O que ele fez foi por mim.

— Me desculpe. — Digo ainda o abraçando. — Eu não tenho medo de você. Não quero que chegue perto do Bin. — Ele se vira para mim. — Não quero que se machuque nunca por mim.

— Se ele ficar longe de você eu fico longe dele. — Sorrio colocando meus braços envoltos em seu pescoço iniciando um beijo calmo. — Acho melhor eu te levar pra casa agora.

— Ah não Hyung, não quero ir pra casa agora. — Saio dos seus braços e volto pra cama, me deito e me cubro com o coberto. — Preciso que você cuide de mim.

 

JAEBUM ON

 

— Ah não Hyung, não quero ir pra casa agora. — Jae diz me soltando e indo até a cama. — Preciso que você cuide de mim.

Não sei se ele sabe, porque tenta parecer o menos fofo possível, mas ele é muito, talvez seja porque eu estou apaixonado.

— Eu sempre vou cuidar.

Vou até a cama e me deito ao seu lado. Beijo sua testa e o abraço, Youngjae não demora muito a fechar os olhos.

Eu preciso acabar com isso logo, não posso me enganar e achar que depois das coisas que eu fiz eu poderia me apaixonar de novo e ter uma vida normal.

Mesmo que eu queira, quando ele me encontrar vai começar tudo de novo, o mesmo inferno de antes. Não posso destruir a vida de mais ninguém. — O observo dormir, passo minha mão sobe seu rosto, sorrio. — Eu preciso me afastar, mas como eu faço isso? Como?


Notas Finais


O que acharam?

Obrigado por lerem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...