História Proibido - Imagine Jungkook - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jungkook, Suga
Tags Imagine Bts, Imagine Jungkook, Imagine Min Yoongi, Imagine Suga
Visualizações 187
Palavras 1.179
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olhaaa eu. Ainda se lembram de mim? ;-; desculpem essa demora pra atualizar a fanfic 💔. Tô cheia de provas, e trabalhos, tá um inferno minha vida.

Bom galera esse capítulo ta mais focado na personagem da Taeyeon, pois as atitudes dela vai ser importante ao ocorrer do imagine. É isso, é noizzz ❤

🌸Boa Leitura 🌸

Capítulo 8 - O Badboy virou um Goodboy?


Fanfic / Fanfiction Proibido - Imagine Jungkook - Capítulo 8 - O Badboy virou um Goodboy?

Depois de ter aquela "conversa" com Yoongi fui para o meu lugar. E de repente escuto Jungkook gritar com a garota mais popular da classe, ou melhor falando; Do colégio. Taeyeon erá a garota de, além de ser HÁ mais popular, também era a mais linda de todas, todos os meninos babavam por ela, e as garotas há mimavam assim como os meninos faziam. Foi a primeira vez que alguém gritou com ela, imagino que ela não gostou nada, ainda mais sendo Jungkook, o cara que ela é super a fim.

— Nossa como ele é grosso, não precisava falar assim com ela. - Uma garota resmunga do meu lado.

Não querendo defender Jungkook, mais ele não falaria algo assim com ela se não estivesse algum motivo pra isso. Mais sempre taeyeon é a inocente, a queridinha de todos, nunca que achariam que ela fez algo de errado. 

— O QUE VOCÊS ESTÃO OLHANDO? O QUADRO POR ALGUM ACASO É NA MINHA CARA? - Jungkook fala alto e em um ton de voz ignorante, fazendo todos da classe engolirem há seco e olharem para há frente. 

Yoongi não sabia ao certo como reagir a isso tudo, apenas observou e não falou nada. Ele não queria deixar Jungkook ainda mais bravo, então apenas levou sua aula adiante, sem fazer perguntas. 

[ ... ]

            Jungkook P.V.D 

Acabei deixando as coisas meio fora do controle e acabei gritando com Taeyeon. Já não era muito amado no colégio e agora que dexei Taeyeon triste, é que as pessoas iram me odiar ainda mais. Acho que devo a ela mil desculpas, ela não falou por mal certo? Acho que acabei entendo de outra maneira, taeyeon não é má, quero me desculpar por gritar com ela, e há fazer passar esse constrangimento todo na frente de todos da classe. 

Espero alguns minutos se passarem para que todos se acalmem um pouco. Não sei qual o milagre mais pela primeira vez, Yoongi não se entrometeu no ocorrido. Sempre que algo envolve meu nome ele sempre tem que se entrometer.

— Pro-professor!! - acabo gaguejando. — Posso ir ao banheiro?. - Pergunto. Antes de Yoongi responder ele olha pra S/n, não sei por qual motivo.

— Sim, pode ir. - Yoongi fala com palavras rápidas, e logo da as costas e começa a escrever novamente no quadro. 

Me levando da cadeira, e ando com passos rápidos para fora da sala. Sinto os olhares de todos da sala me bombardearem, mais nem me importei, e continuei andando. 

Saio da classe e vou procurar por Taeyeon para pedir desculpas. Não é do meu estilo pedir desculpas, mais acabei me cansando de ser o "Badboy", o garoto frio e que pega geral. Pra falar a verdade, estava sendo alguém vazio, alguém que não se importava com os sentimentos alheios. Aquilo estava me deixando sujo, sempre usava as pessoas para o meu bem, era uma pessoa muito egoísta, e eu não quero mais ser assim. 

Ando pelos corredores do colégio e nada de Taeyeon. — Onde aquela garota está? - falo pra mim mesmo, enquanto caminho pelos corredores do colégio. Até que lembro que quando dependente do humor de uma garota, ela sempre ira se esconder no banheiro, é nessas horas que agradeço a Hoseok. Vou ao banheiro praticamente correndo.

Quando chego há frente do banheiro feminino. Me em clino para baixo e apoio as duas mãos no joelho, por conta do Cansaço, minha respiração estava pesada e a garganta seca. Estava fudidamente cançado. Respiro um pouco, até que volto com minha postura.

— Taeyeon! Você está aí não está? - Pergunto, encostado ao lado da porta.

— ... - Não tenho uma resposta, mais não desisto.

— Eu sei que você está ai. Se você não abrir eu vou entrar mesmo assim, ouvio? - Como o esperado não tenho resposta novamente. Mais sabia que ela estava ali, então como o prometido abro a porta e entro. A vejo sentada no chão, no canto da porta me olhando assustada.

— O que você esta fazendo aqui? - Ela pergunta abraçando ainda mais suas pernas e apertando os braços às suas pernas. 

— Pedir desculpas. Não era pra ter te tratado tão Mal assim, mais acabei perdendo o juízo quando você falou aquilo sobre S/n. - Me a próximo da mesma, e sendo ao seu lado no chão, e fico na mesma posição que a menor estava. Ela estava acocorada e basicamente abraçando suas pernas. 

                Taeyeon P.V.D 

Não estava acreditando no que eu vi, Jungkook estava mesmo se desculpando? Ele nunca foi disso, ele sempre foi um garota mal, que não gostava de fazer o certo.

— Você não é má, eu que acabei entendendo tudo errado, por isso estou pedindo desculpas. - Nossa que patético, não aguento escultar ele falando assim. Não foi por esse cara que me apaixonei, quero o meu Jungkook mal, egoísta, que não liga pra ninguém, que é frio como o inverno, é esse Jungkook que eu quero ver. Não esse cara Ungh ... Tão, tão. Banana? *Risos*. 

— Falando assim, claro que eu desculpo Jeon! *Sorriso* - Dou um sorriso tímido, fazendo ele achar que sou uma "pessoa do bem". Não sou uma pessoa má, apenas Fasso o que eu quero, a qualquer custo. Digamos que uma pessoa egoísta? Talvez.

— *Suspiro* Ainda bem. *Sorriso* - Jungkook da um lindo sorriso, até seus olhos pareciam sorrirem.

— Jungkook? ... você gosta de S/n?

— Po-porque essa pergunta t-tão inesperada?

— De-desculpas se te deixei constrangido - Ele gosta, definitivamente ele gosta daquela sem graça da S/n, ou ainda não percebeu seus sentimentos por ela, mais não vou entrego-lo tão facilmente assim não.

— Não, você não me deixou constrangido, é que você perguntou assim do nada, acabei não processando rápido sua pergunta. *Risos*. - Jungkook coça sua nuca enquanto rir.

— *Sorriso* Entendi. E então gosta ou não? - Dou um sorriso sem mostra os dentes.

— Não, não gosto dela. Apenas defendi pois achei errado você julga-la daquela maneira, mais iria defender qualquer pessoa que estava na mesma situação que ela estava. - Jungkook fala enquanto fais gestos com as mãos. Acho que estava nervoso. 

— Você é tão gentil! - Percebo a maçaneta da porta mecher. Minha intuição fala que tenho que tomar alguma atitude e beija-lo aqui e agora, e foi isso que eu fiz. Peguei na gola de seu uniforme escolar, e o puxei para mais perto. Nossos rostos estavam em uma pequena distância, até que Jungkook me surpreendente e coloca sua mão em minha nuca e me puxa pra ainda mais perto, fazendo nossos lábios se tocarem. Começa com um delicado selinho, até que Jungkook movimenta seus lábios, então faço o mesmo, então logo ele da passagem a língua, sua língua estava gelada quando tocava a minha, mais sua saliva era quente. Logo o beijo começo a ficar cada vez mais quente. Até que;

— Jungkook? Taeyeon? - S/n abre a porta e nos olha com aquela cara de cu dela. Como eu odeio S/n, sempre chegando nas piores horas e estragando minha diversão. 


Notas Finais


Iae, gostaram? Minha bb Taeyeon vai ser a vilã ou não do imagine? Rsr.

Comentem o que acharam. E algumas idéias para melhorar o imagine. ❤ Bom é isso até o próximo capítulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...