História Proibido (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Taehyung
Visualizações 214
Palavras 1.315
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Escolar, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Hi amores


boa leitura.

Capítulo 10 - Grávida


Fanfic / Fanfiction Proibido (Imagine Kim Taehyung) - Capítulo 10 - Grávida

3 dias depois...


 Acordei cedo como sempre e me vesti para ir à escola, meus pais já voltaram de viagem e eu também voltei pra casa. Eu e Taehyung estamos cada vez mais próximos, tanto que o mesmo me chamou pra sair na sexta. E eu, sinceramente estou feliz. Minhas amigas estão bem com seus crushs e eu estou de bem com a vida! Desci para tomar café dando um bom dia rápido para meus pais e saindo de casa pra encontrar com as meninas 

 — Bom dia vacas – falei encontrando as mesmas e indo para escola 



 (…)



 Na hora do intervalo descemos ao pátio e ficamos em meio aos meninos, eu estava na frente de Taehyung que estava encostado numa árvore. Todos estavam de bom humor quando Jen apareceu 

 Taehyung, preciso falar com você – esbravejou – Larga dessa aí e vem aqui 

 Quem você acha que é, ridícula? – Jun Hee se meteu

 Não falei com você, fala com minha mão – Jen disse fazendo um gesto com a mão

 Eu vou falar com a minha mão na sua cara – Jun Hee falou e levantou do colo de Namjoon 

 Calma Jun - Taehyung falou – O que você quer Jen Lee? – perguntou segurando minha cintura com força

 É particular! – Jen falou 

 Eu não tenho nada a esconder, tão pouco vou sair daqui – falou 

 Então ta! – bateu o pé – Só vim te falar que você não pode ficar com essa garota ai – apontou pra mim – Eu estou grávida! Parabéns papai – sorriu vitoriosa 

 Senti minha cabeça tontear e corri, não sei pra onde e nem porquê. Mas corri. Entrei no banheiro batendo a porta 

 Lavei meu rosto e me encarei no espelho; estava pálida com os olhos vermelhos e cheios d'água. Como ele pôde? Depois de toda essa felicidade essa garota vêm destruir tudo! 

 Saí dos meus pensamentos indo em direção a minha sala, Taehyung me gritou no corredor e eu corri pra sala. Peguei minha mochila e saí pela porta de trás chegando rapidamente ao pátio. Ouvi Jun Hee e o pessoal me gritar mas andei mais rápido, em passos rápidos cheguei até o portão alegando não me sentir bem. 

A porteira me desejou melhoras e sai andando depressa. Rapidamente cheguei em casa batendo a porta e subindo as escadas pulando alguns degraus, meus pais foram trabalhar então bati a porta do meu quarto com força e escorreguei até o chão deixando as lágrimas tomarem conta expondo tudo o que estava sentindo. 

Dor! E como doía. Eu sabia que esse romance era proibido e que eu iria me machucar, mas como pensar em consequências quando o coração fala mais alto?! Levantei secando as lágrimas quando meu celular tocou, era Jun Hee


 Telefone on


 Alô? – tentei disfarçar o choro 

Amiga, meu celular descarregou – Joy falou apressada – Não acredita nessa ridícula! Tudo isso pode ser mentira pra acabar com a felicidade de vocês 

 E se não for mentira? E se ele realmente for pai da criança que ela carrega no ventre? – perguntei calma – Avise ao seu irmão que não me procure por favor. Te amo amiga, até mais 



Telefone off



 Desliguei o celular o deixando em cima da cama, fui ao banheiro me despindo e tomando um banho longo e quente. Todos os momentos felizes que passei com ele me vieram à mente. Nosso primeiro beijo, os carinhos que me fazia enquanto me beijava, o jeito como segurou minhas mãos e o café da manhã que se preocupou em fazer pra mim. Deixei as lágrimas caírem e senti meu coração doer ainda mais. Saí do banho vestindo uma lingerie rosa claro, um short jeans e uma blusa cinza de mangas curtas. Disfarcei a cara vermelha com um pouco de pó e passei um protetor labial. Peguei uma bolsa de praia pequena colocando uma toalha grande, óculos de sol, protetor, meu celular e uma garrafa d'água. Peguei as chaves de casa e pedi um táxi ate a praia. 

O dia estava cinzento, o mar estava calmo e não havia ninguém além de mim na praia. Gosto de vir aqui pra pensar e passei a vir mais após a morte de minha vó. A mesma deixou pra mim sua casa de praia, mas ainda não tive coragem de ir lá. Estendi a toalha na areia e me sentei conectando meus fones ao celular e coloquei minha playlist indie. Essas músicas me acalmam e reconfortam meu coração diante da dor. 



 Ana off



 Taehyung on



 Mas que droga! – gritei quebrando as coisas de minha casa 

Calma taehyung! – Joy falou – Ficar assim não vai adiantar!

 Como calma???? – me virei pra ela – Ela não está em casa, e nem em lugar nenhum. O vizinho dela disse que a viu pegar um táxi sabe se lá pra onde! Como vou ficar calmo? – perguntei sentindo meu coração se apertar e o desespero tomar conta de mim 

 Espera – Jun Hee falou pensativa – Tem uma praia, onde ela sempre vai quando está triste. Ela deve estar lá! – falou 

 Vou atrás dela – falei pegando meu celular e a chave do carro – Fiquem aqui pro caso de eu precisar – falei pra todos 

 Saí de casa entrando no carro e dirigindo feito louco, Jun Hee me mandou a localização da praia e corri mais ainda.

 Estacionei no meio fio e vi Ana sentada na areia da praia, ela estava com fones de ouvido observando o mar. Suas lágrimas desciam de vagar e meu coração se apertou mais ainda 

 Me aproximei da mesma e ela olhou pra mim, se levantando rápido como se eu fosse algum monstro 

 Não! – falou levantando o dedo indicador – Por favor Taehyung, me deixe sozinha!

 Ana... Me escuta, por favor – falei tentando me aproximar 

 Não, eu não tenho que ouvir mais nada! Eu já ouvi demais não acha? – perguntou se afastando 

 Pequena, me escuta... Ela está mentindo, deve ser de outro cara ou então só quer destruir nosso amor – falei sentindo meus olhos arderem 

Taehyung, já passou pela sua cabeça que você pode sim ser pai? – perguntou 

 Mas eu não sou! – falei – E nem quero ser! 

 Me deixa sozinha, por favor – pediu abaixando a cabeça

 Amor... – falei baixo tentando me aproximar dela

 Taehyung, por favor. Me deixa pensar – falou baixo – Vá embora 

Mas... – falei mas fui interrompido  

Vai embora! Por favor! – gritou chorando 

 Eu não vou desistir da gente, meu amor. Nunca! – falei baixo e saí dali 

Dirigi até um bar pedindo uma bebida forte e recebi uma mensagem 



Mensagem on


Jen : Gostou do meu showzinho querido? Aposto que sua estrangeira te deixou 

 Você : Você armou tudo não é? Eu te odeio!

 Jen : Pelo menos acabei com esse romance ridículo! E estou grávida ate que provem o contrário! 


 A deixei sem resposta chamando Jun Hee

 Você : Jun? Você voltou pra escola? 

 Jun : Não tae, estou indo pra casa. Por que? 

 Você : Você mora perto da Jen não é? Preciso que vá a casa dela sem que te vejam ou vá até ela e pegue um fio de cabelo

 Jun : Ta louco? Pra que?

 Você : Jun Hee, você sempre quis arrancar os cabelos dela não é? Bata na porta e pegue pelo menos um fio de cabelo. Kkk 

 Jun : kkkkkkkk pode deixar, vai ser um prazer

 Você : Obrigado!!!!!


 Mensagem off


 Continuei bebendo e bolando um plano pra fazer um teste e descobrir se Jen está grávida ou não. E se esse fio de cabelo não for suficiente? Preciso do sangue dela... Como vou conseguir isso?

 Já sei! – gritei e bati no balcão fazendo todos me olharem – Me desculpem

 A mãe de Jen é enfermeira e com certeza não vai me negar um exame de sangue nela. Ou não... Ja sei, eu tenho contatos. Preciso que um laboratório peça a mãe dela um exame de sangue alegando ser pra saúde dela. Peguei meu celular e disquei um número

 Alô? Soo Yoon? – falei – Grande amigo, que saudades. Lembra que me devia um favor?...




 (…)   




Notas Finais


Será que Park Jen Lee está grávida?



Até a próxima,desculpem qualquer erro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...