História Projeto - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Improviso, Se Conseguir Ler
Visualizações 5
Palavras 475
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Mistério, Survival

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


fala ai galera, então meu primeiro texto vai ser meio que improviso... lê aí, eu também não sei o final.

Capítulo 1 - Projeto


Acordei, normal, até que achei mesmo normal, quero dizer, afinal, o que diabos é normal? Na ultima semana acordo todos os dias cansado e sem dúvida alguma não acho que isso seja um bom sinal. Estou neste exato momento em pé sem olhar pra nada, a não ser o corpo gélido na minha frente, já estava aí quando acordei, mas não consigo o deixa-lo, sinto que ele é especial.​ Não consigo identificar a pessoa, parece uma moça... seus olhos eram verdes até terça... depois ficaram meio esbranquiçados. Ela está jogada ali, e eu não sei o por que.

Tudo bem acho que não é hora pra isso. Quero a deixar, mas ela parece tão só. não tenho muita coisa, estou com sangue na cabeça e um pouco nas roupas, parece que foi um acidente, eu acho, bem provável que tenha sido.

-Não posso ficar aqui - olhei relutante pra ela, cujo ainda não sabia o nome - desculpe te deixar apodrecer aqui, mas vou ter que ir.

peguei o que eu precisava pra sobreviver, mais por instinto do que por opção mesmo, peguei umas roupas quentes dentro do carro, uma corda, um pedaço de metal que tirei acho que do parachoque, não sei muito bem. 

Depois de amarrar tudo em mim, comecei a andar, não sabia pra onde estava indo, muito menos quem eu era, e não sabia onde eu estava. Melhor só com ketchup .

Antes de me afastar dei um sinal pro céu, em jus a moça morta ao meu lado, fico triste por não sentir nada.

Eu não estava numa estrada, estava numa floresta espessa cheia de uivos e sussurros do vento, quando me dei conta já não estava nem mesmo vendo onde meus pés estavam. Estava escurecendo e eu só tinha andado em média 3 km. 

Primeiro procurei água com toda a minha velocidade, marcando algumas árvores com o canivete que eu tinha achado no bolso, para não me perder do acampamento que havia montado.

Sabe acho que quando você é um humano seus instintos te ajudam em uma situação desesperadora, fui a prova disso, já que nem meu nome sabia, mas sabia fazer um perfeito nó de marinheiro, vai entender.

Acontece que achei um riacho á uns 230 metros da onde estava. Voltei correndo ao acampamento e peguei a garrafa que eu tinha para levar a água para a fogueira montada com palha. fui rápido, depositei a aguá em um recipiente de metal e a esquentei, eu estava sedento não vendo a hora de tomar e saciar minha sede.

Enquanto a água fervia fui dar uma olha em volta, fiz uma armadilha com a corda estava pronto para comer o que aparecesse.

Fui até a água e tomei o suficiente para estar menos sedento, guardei o resto da água na garrafa e fui pra tenda de roupas e galhos.

Apaguei.


Notas Finais


Bom, como eu disse lá no começo foi um improviso, mas assim, eu to impressionado pq criei um universo todo em 15 minutos kkkkk enfim, divirtam-se.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...