História Projeto: Homophobic. - Capítulo 36


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Itachi Uchiha, Kiba Inuzuka, Menma Uzumaki, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Amigos, Amor, Anônimos, Brigas, Calouro, Comedia, Escola, Escolar, Faculdade, Fanfic, Filosofia, Gaanaru, Gaara, Gay, Hetero, Hinata, Homofobia, Homofóbico, Homophobic, Homossexual, Itachi, Kiba, Lemon, Manson, Menma, Mistério, Nagato, Naruto, Neji, Professores, Projeto, Revelaçoes, Romance, Sasuke, Sasunaru, Shikamaru, Sociologia, Suspence, Tag, Universidade, Veterano, Violencia, Yaoi
Exibições 211
Palavras 1.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá!
Boa leitura!

Capítulo 36 - Instant


Fanfic / Fanfiction Projeto: Homophobic. - Capítulo 36 - Instant

 

Depois daquele longo momento debaixo das estrelas lá no campo aberto, ninguém mais tocou no assunto, Sasuke me perguntou durante dois dias se eu estava realmente bem, durante a noite, quando estávamos esgotados de tantas atividades e brincadeiras entre os amigos do moreno. Nós apenas nos deitávamos sem esperar nenhum toque especial, apenas sentir o cheiro um do outro e apreciar o momento tranqüilo e suave que estávamos tendo.

 

Eu acordava mais cedo que os outros e enquanto não ouvia nenhum barulho pela casa, eu me sentava na grama do lado de fora da casa e apreciava a vista do lago. Quando enfim os outros acordavam, eu os via sair da casa e começar a praticar exercícios físicos. Eu fico desanimado só de ver toda aquela animação que eles tinham logo pela manhã.

 

O moreno não falava muito pela manhã e eu logo me acostumei com aquilo, ele prefere o silencio e o conforto de suas cobertas até que não tenha mais jeito e seja obrigado a sair da cama. Não demorou muito para que tudo aquilo na casa virasse uma rotina.

 

Eu entrava na casa pouco depois que Jugo parava os exercícios e eu podia admirá-lo por um breve instante. Ele nunca reparou. Sakura era bem energética e sempre me incentivava a fazer algum exercício junto a eles, mas eu parava sempre que ela me deixava sozinho. Já a pequena Hinata não parou para falar comigo nesses dias, ela sempre fica enfiada em algum dos quartos lendo seus livros de fantasias.

 

Mas hoje seria um pouco diferente, o sol esta radiante e finalmente podíamos nadar no lago. Foi uma caminhada de alguns minutos, passando por uma estrada de barro que nos levou a uma abertura que lembrava uma praia. Os garotos logo se animaram e apostaram uma corrida. Menos Sasuke. Eles correram e se jogaram na água como crianças em um verão calorento.

 

Eu estava um pouco envergonhado de ficar apenas de sunga na frente dos outros, então resolvi usar um shorts e ainda estava usando uma camiseta. Sasuke por outro lado, não estava nem um pouco preocupado e era aquele o momento de mostrar seu corpo usando apenas uma sunga preta.

 

Nós estávamos de mãos dadas e aquilo foi um pouco diferente, pois mesmo quando íamos a outras cidades para fugir um pouco da rotina, nós não parecíamos namorados, mas sim, melhores amigos. E agora estávamos ali, daquele jeito.

 

Estendemos alguns lençóis no chão e as garotas se sentaram para arrumar suas coisas, estavam de biquínis, mostrando seus “dotes”. Não disse nada quando reparei que Sasuke percorreu seus olhos pelo corpo de Hinata, não achei importante ressaltar isso.

 

-- Você não vai tirar essa roupa? – Levo um susto quando ouço a voz de Kiba. – Vai me dizer que está envergonhado?

 

-- Claro que não! – Giro meus olhos e suspiro. – É que ficarei queimado pelo sol...

 

-- Sei... – Ele sorri de canto e as garotas parecem se unir a ele soltando risadinhas baixas.

 

-- Não se preocupe, eu trouxe protetor! – Sakura diz animada e vem até onde estávamos com o tubo em suas mãos, Sasuke só acompanhava. – Agora não invente outra desculpa. – Olho para Sasuke e ele sorri de canto, demonstrando discretamente que não iria me ajudar naquilo.

 

Dou de ombros e depois de um longo arfar eu ponho minhas mãos na barra de camiseta que eu estava usando e começo a retirar lentamente. Fecho meus olhos quando ela passa por meu rosto e assim que abro novamente reparo que todos estavam com os olhos pousados sob meu corpo, todos curiosos e despreocupados. Minhas bochechas começam a queimar e me grudo a Sasuke.

 

-- Ainda falta a bermuda... – Sasuke cochicha e eu movimento a cabeça negativamente. Maldita hora que eu resolvi mostrar para ele que estava usando uma. – Eles ainda estão olhando. – Suspiro e faço rapidamente o movimento para retirar a bermuda. Sasuke sorri. – Vou passar o protetor em você.

 

-- Agora eu entendo por que você gosta tanto dele, Sasuke! – A garota de cabelos rosados berra e chama a atenção de todos a sua volta. – Até eu estou apaixonada! – Diz ela fazendo um gesto obsceno desenhando no ar o que devia ser minha bunda. – É grande!

 

Todos começam a rir e vejo que dessa vez, não fui o único a ficar envergonhado, Sasuke está com o rosto levemente avermelhado, mas aquele tom rapidamente some.

 

Eu começo a rir junto aos amigos de Sasuke e me convenço que não devo ficar mais com vergonha. Desprendo-me do corpo dele e vou até onde as garotas estavam, sento-me no lençol e elas começam a conversar sobre assuntos em que eu não tinha interesse e pessoas que eu não conhecia.

 

O moreno caminha um pouco e se une ao pequeno grupo de garotos que gritavam enquanto competiam em corridas no lago. Eu fiquei assustado quando eles foram para longe. Fiquei ainda mais assustado quando reparei que Sasuke estava lá.

 

Em meio à apreensão eu sinto uma pequena e macia mão escorregar por minhas costas com algo gelado e gosmento. Viro lentamente meu rosto e reparo que é Hinata passando o protetor em minha pele, eu fiquei um pouco surpreso.

 

-- Obrigado... – Ela simplesmente balança a cabeça e continua passando o protetor.

 

-- Não se preocupe com ele... – A voz fina de Hinata chega aos meus ouvidos deixando-me um pouco arrepiado.

 

-- Normalmente eles vão mais longe, Sasuke adora competir. – “Adora ganhar” corrigiu Hinata.

 

-- Vocês não vão entrar na água também? – Digo enquanto belisco minhas coxas desnudas.

 

-- Não mesmo... Só viemos pegar sol, principalmente a Hina... Olha isso! – Sakura pegou o braço de Hinata e fez cara de nojo. – Parece que nunca sai de casa.

 

As duas novamente começam a conversar sobre assuntos aleatórios, que agora eu comentava alguma coisa por cima do assunto. Sasuke estava bem longe, sorridente e se divertindo com seus amigos. Eu só conseguia ver suas cabeças e em alguns momentos os braços fazendo movimentos sem nenhuma coordenação.

 

Acabei por me deitar e sentir o sol queimar minha pele, peguei um dos óculos escuros que as garotas tinham levado. Podia sentir a areia em meus pés, não era algo bom. Podia ouvir o barulho da água, assim como o barulho que os garotos estavam fazendo, as conversas das garotas e por fim o som do vento batendo nas folhas das arvores ali perto.

 

E então eu simplesmente relaxei por um segundo quando fechei meus olhos, agradecendo a qualquer ser que fosse divino por ter me dado aquele momento tranqüilo. Quando uma sombra topou o brilho do sol e eu achei que fosse uma nuvem, mas na verdade era Sasuke.

 

-- Você está aqui. – Sorri enquanto falava. – E está totalmente molhado.

 

-- É isso que acontece quando se entra em um lago. – Ele foi sarcástico, mas na verdade eu queria que ele ficasse longe, para que eu não me molhasse também.

 

Ele não conseguia ver meus olhos, graças aos óculos, mas eu podia admirar o corpo dele secretamente, coisa que eu sempre fazia quando tinha chance. Entretanto, acho que ele conseguiu reparar e não pude deixar de rir. Ele sorriu de canto e se agachou para ficar perto do meu rosto.

 

Suas palavras ditas em meu ouvido foram simples e diretas, mas com aquela voz rouca e sexy que ele tinha eu não pude me conter e tive que me segurar para não ficar excitado ali mesmo.

 

Fiquei de pé e joguei os óculos em cima do lençol. Deixei que Sasuke fosse à frente propositalmente para que eu pudesse ver sua bunda na sunga molhada. Mais uma vez eu acho que ele reparou.

 

-- Já chega. – Sasuke gira o corpo e me pega no colo, como se eu fosse uma criança e sai correndo em direção a água e eu pude ouvir a risada dos demais, mas eu também estava rindo e finalmente me divertindo. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...