História Projeto: Homophobic. - Capítulo 41


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Itachi Uchiha, Kiba Inuzuka, Menma Uzumaki, Naruto Uzumaki, Sasuke Uchiha, Shikamaru Nara
Tags Amigos, Amor, Anônimos, Brigas, Calouro, Comedia, Escola, Escolar, Faculdade, Fanfic, Filosofia, Gaanaru, Gaara, Gay, Hetero, Hinata, Homofobia, Homofóbico, Homophobic, Homossexual, Itachi, Kiba, Lemon, Manson, Menma, Mistério, Nagato, Naruto, Neji, Professores, Projeto, Revelaçoes, Romance, Sasuke, Sasunaru, Shikamaru, Sociologia, Suspence, Tag, Universidade, Veterano, Violencia, Yaoi
Exibições 81
Palavras 1.194
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Achei fraco, mas ta valendo.
<3

Capítulo 41 - Boldness


Fanfic / Fanfiction Projeto: Homophobic. - Capítulo 41 - Boldness

A água escorrendo levando embora qualquer resquício da pureza entre os dois. Os beijos estalados e a pele com tons que iam do rosado ao roxo em determinados locais. Olhos se encontrando para demonstrar total submissão ao prazer explorável.

 

A respiração desregulada em meio a cada suspiro que separava os lábios antes de se encontrarem mais uma vez ainda mais vorazes em busca do desejo. Os gemidos se tornavam ainda mais alto a cada tapa ou mordida levando os dois a se excitar de forma dolorosa nunca sentida antes por nenhum dos dois.

 

O dedo do moreno deslizando para dentro do corpo do menor enquanto um sorriso de canto fazia aquilo ser ainda mais provocativo do que o necessário. Naruto não se deixou ser vencido naquela batalha. Suas mãos atiçavam todas as partes que faziam com que o moreno tremesse de prazer.

 

Ainda encostados na parede do banheiro e sentindo a água morna caindo por seus corpos admirou o corpo que o segurava, os braços fortes o mantendo no ar, os cabelos caídos na testa do maior e seus olhos ônix. Os lábios finos lhe convidando para mais um beijo seguido de mordidas que faziam seus lábios doer de uma forma deliciosa. As risadas transformadas em gemidos e suspiros quentes.

 

Mais uma vez o moreno rebola e dessa vez Naruto não se agüentou e teve que arquear seu corpo quando sentiu sua intimidade estimulada. Suas pernas apertaram ainda mais o corpo do garoto a sua frente.

 

-- Não posso esperar mais.. – Sasuke anunciou em meio aos gemidos e suspiros.

 

-- Não é o único. – O loiro sorriu maliciosamente e colocou sua cabeça na dobra do pescoço do garoto.

 

Sem demorar o moreno retira o dedo que estimulava o loiro e sem proteção ou preparação ele desliza seu membro de uma única vez para dentro do garoto. Naruto solta um gemido de dor e passa suas unhas pelas costas de Sasuke deixando um rastro vermelho, após um curto período para se acostumar ele continua mordiscando e beijando o pescoço do maior, que por sua vez soltava alguns gemidos baixos em seu ouvido.

 

Naruto rebolava sempre que queria estimular um pouco mais o outro. As mãos do moreno apertavam e estapeavam as nádegas do loiro e assim a velocidade das estocadas só foi aumentando.

 

Algum tempo daquele jeito e os dois pareceram sentir necessidade de mudar de posição, algo mais pratico e de certa forma um tanto que mais prazerosa. Sasuke sai de dentro do loiro e sorri quando o garoto faz uma expressão de desgosto. Naruto estava no chão e depois de alguns beijos trocados ele vira de costas para o maior e coloca suas mãos na parede, como se estivesse sido parado por uma blits.

 

O menor empina sua bunda e sem perder tempo o moreno adentra mais uma vez em seu corpo, mais feroz que antes agora tendo a facilidade de poder se mover. Suas mãos estavam na cintura do loiro, apertando e puxando-a para ir de encontro com seu corpo com mais força e mais fundo possível.

 

Sasuke deita seu corpo por cima do menor enquanto chegava ao clímax e se desmanchava dentro do loiro, que não pestanejou. Os dois pareciam cansados, mas ainda não havia acabado sem duvidas ainda não haviam terminado aquilo. Ainda naquela mesma posição o moreno morde o ombro do menor e sugere algo diferente, audacioso. Eles partem dali e vão até o quarto, sem parar de se beijar e soltar seus suspiros de desejo por mais.

 

Eles se atracaram desde a saída do banheiro até o criado mudo, derrubando algumas das coisas que estavam por sua frente. As marcas avermelhadas e roxas na coxa e bunda do loiro começaram a doer quando ele andava, os beijos se tornaram mais lento, porém ainda mais cheios de desejos e suplicas ao prazer.

 

Ninguém no outro quarto produzia som, talvez estivessem admirando em silencio o sexo alheio. Talvez estivessem tentando dormir. Mas eles não se importavam, oras, era aquele um momento especial para os dois, eles nem se quer estavam pensando no que os outros poderiam pensar sobre aquilo.

 

O loiro foi jogado para cima da cama, os lençóis ficariam molhados, mas quem disse que eles estavam se importando com aquilo? Sasuke sorriu de canto e foi para cima do menor, ficando sob seu colo e rebolando em seu membro.

 

-- Você tem certeza disso? – Sasuke não responde, ele apenas sorri novamente. – Isso vai ser dolo...

 

Não deu tempo de completar a frase, pois o moreno havia sentado e feito a intimidade do menor sumir por completo para dentro de si. Um gemido rouco de dor saiu por entre seus dentes. Para que logo em seguida ele sorrisse de uma forma forçada. Naruto não estava preparado para a onda de prazer que lhe subiu. Ele apenas fechou os olhos e respirou lentamente sentindo o abraço quente e úmido que o moreno havia lhe proporcionado.

 

Os olhos do maior estavam molhados, cheios de lagrimas pela dor de ter feito uma loucura a pouco, mas em alguns poucos minutos subindo e descendo lentamente a dor pareceu diminuir, ou pelo menos havia se acostumado. Suas mãos estavam nas coxas do loiro, sustentando seu corpo para quando ele subia e descia rebolando vez ou outra. Já o loiro apenas delirava com a nova forma de prazer jamais sentida antes, seu rosto estava corado e suas mãos passeando pelo corpo do moreno, vez ou outra apertando a cintura ou os mamilos do mesmo.

 

Sasuke se cansou e então foi a vez do loiro fazer alguma coisa, mais uma vez eles se mexeram e agora o menor enfiou-se entre as pernas do outro, fazendo alguns movimentos rápidos e desengonçados para que pudesse tentar de alguma forma acertar o ponto G do moreno. Foi em vão. Seus lábios se encontravam vez ou outra antes que o loiro se cansasse e deitasse seu corpo sob o moreno, pondo sua cabeça na dobra do pescoço do mesmo e depositando ali vários beijos e mordidas.

 

Mais algum tempo com o vai e vem e Naruto não agüentou mais, logo já estava em seu clímax e percebeu que não conseguiria se segurar mais. O moreno sentiu o liquido quente dentro de si e fechou seus olhos com a sensação estranha que aquilo fazia. O menor estava ofegante e deitado sob Sasuke como uma criança. As mãos de Sasuke começaram a acariciar toda a extensão das laterais de Naruto, pousando na bunda do mesmo e a apertando, antes de dar um tapa.

 

-- Isso foi ótimo... – Disse o loiro próximo ao ouvido de seu parceiro.

 

-- Não posso concordar. – Os dois deram risada. – Como você agüenta? – O loiro não responde, apenas suspira e da uma risada. – Você é meu herói.

 

-- Poderíamos fazer isso mais vezes, o que acha? – Sugere Naruto a Sasuke.

 

-- Melhor você nem ir cogitando essa ideia. – A resposta veio bem mais rápida do que o loiro podia esperar. Mais uma vez eles riram.

 

-- Nem no meu aniversario? – Sua respiração já começava a ficar regulada.

 

-- No seu aniversario quem vai ganhar presente sou eu! – Sasuke abraça o corpo do loiro e morde o ombro do mesmo.

 

 

 


Notas Finais


E então?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...