História Promessa - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Amor Doce
Personagens Iris
Exibições 16
Palavras 409
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 23 - Chega de chantagem


Fanfic / Fanfiction Promessa - Capítulo 23 - Chega de chantagem

Marcos entrou no restaurante e logo avistou quem procurava a velha senhora ruiva, estava sentada em uma mesa perto da janela, tomando chá como ser fosse uma milionária.

Suzana era uma mulher esperta, o dinheiro que roubou do seu pai, tinha colocado em uma conta em nome de outra pessoa em um paraíso fiscal.

- Bom dia. Falou ele.

- Bom dia.

- Me chamo Marcos Antônio Anakos.

Suzana olhou o moreno de cima á baixo um pouco assustada.

- Me desculpe, mas você é da família Anakos da Itália ?

- Sim.

- É algum parente de Carlos Anakos?

- Sou o filho dele.

- Sabe a maioria das pessoas da pousada, diziam que você tinha morrido.

- Meu pai espalhou esse boato por vingança. Posso me sentar?

- É claro, inimigo de Carlos Anakos é meu amigo.

- Bem, senhora Suzana.

- Por favor, chame-me apenas por Suzana.

- Como queira.

- Em que posso ajudá-lo?

- Quero namorar com a Iris e para isso preciso que desfaça o acordo com meu pai.

- Iris é encantadora, mas não posso desfazer o acordo com o velho Anakos.

- E por qual motivo não pode?

- Bem, você me parece um homem esperto, que estuda o adversário antes de fazer uma proposta, então deve saber que eu não tenho o dinheiro necessário, para desfazer o acordo.

- Não vim aqui para ouvir um não, com a minha ajuda, você  libertará Iris do meu pai.

- Estou ouvindo.

- Em primeiro lugar, vai pegar o dinheiro que colocou no nome de sua prima, juntar com o que vou lhe dar, segundo, devolverá para o meu pai, terceiro, vai voltar ao tratamento na clinica psiquiátrica e quarto vai deixar a Iris acreditando, que sua boa consciência falou mais alto.

- Muitas condições. Caso eu não queira?

- Comprarei a divida de meu pai, libertarei Iris e  colocarei você na prisão.

- Vejo que não precisa de mim para libertá-la.

- Não.

- Iris ficaria chateada caso você me colocasse na cadeia.

- Ela também ficaria chateada de saber que a senhora ainda tem grande parte do dinheiro que roubou. 

-Aceito suas condições. Não precisamos mais de ameaças.

- Assine este contrato e meus advogados auxiliarão você.

Ela assinou o contrato.

- Pagarei  o seu tratamento.

- Obrigada.

- Não me agradeça, faço isso pela Iris e não por você.

Ele saiu do restaurante com um peso a menos nos ombros.

 

 

 

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...