História Promessa entre irmãos: uma lenda medieval! - Capítulo 34


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 3
Palavras 1.267
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Magia, Romance e Novela
Avisos: Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 34 - Triginta quattuor


Chris e Nik continuavam a descer mais fundo, em direção a antiga masmorra. Ambos ainda estavam com as mãos acorrentadas, e já haviam trombado com vários vampiros ao longo do caminho. Por sorte, nenhum dos encontros resultou em fatalidades.

- Sempre me perguntei isso, mas vou dizer de novo: por que castelos tem que ter tantas escadas!? – Disse Chris, exausto.

- Não falta muito! Estou mais preocupado com o que faremos ao chegar lá...O lugar deve estar cheio de vampiros vigiando. – Disse Nik, ofegante. – Não teremos a mesma sorte que tivemos até agora. Gostaria de ter minha arma agora...

- Você tem uma? – Perguntou Chris, curioso.

- Não eu exatamente, mas meu pai tinha. A espada do rei deste reino é passada de geração em geração.... Infelizmente ela agora está com o Malkon. – Disse Nik, tristemente.

- Ah.... Bem que achei aquela espada na cintura dele diferente. – Disse Chris, pensativo.

De repente, os dois rapazes foram surpreendidos por gritos vindos de trás. Ao se virarem, eles avistaram dois vampiros machucados, em suas formas de morcego, voando e gritando apavorados na direção dos dois rapazes. Chris e Nik, surpreendidos, desviaram do caminho, se encostando nas paredes e, assim que os morcegos passaram pelo meio, duas raízes pontudas avançaram velozmente por trás deles e os acertou. Os morcegos caíram no chão, mais machucados e presos.

- Caramba! É por essas e outras que nunca gostei de vampiros! Não sabem conversar civilizadamente! – Disse Penny, se aproximando, chateada.

- Penny! – Disse Chris, contente.

- Ah! Chris! Graças as Deusas! Você está bem!? – Disse Penny, contente e voando em volta de Chris.

- Essa pequenina é...mesmo uma fada!? Era mesmo tudo verdade então!? – Disse Nik, espantado.

- É “Penny”! Mais respeito comigo! – Implicou Penny, emburrada. – Quem é esse aí Chris?

- Há há há! Estou bem sim, e ficaríamos melhor se tirasse estas coisas de nós. – Disse Chris, mostrando seus pulsos para a fada. – E “esse aí” se chama Nik, e ele é somente o Rei de Vernance...

- REI!? É SÉRIO!? – Gritou Penny, envergonhada. – Me desculpe pelo comportamento! Não sabia...

- Hã...Tudo bem, não se incomode com isso... – Disse Nik, sem graça.

- Mas bem, mostrem seus pulsos! Vou usar minhas raízes para tirar estas correntes! – Disse Penny, voltando a se concentrar.

Com a magia de Penny, finalmente Chris e Nik estavam livres de verdade. A fada ficou preocupada com os machucados dos dois rapazes, principalmente com os de Nik. Chris revelou para a amiga o que pretendia fazer ali antes de escapar.

- Salvar as pessoas? E quer derrotar o Malkon!? – Repetiu Penny, levemente surpresa.

- Isso mesmo. – Disse Chris, sério.

- Bom...nem sei por que fiquei surpresa. – Disse Penny, suspirando. – Mas sabe que nossos amigos estão lá fora e estão enfrentando uma legião de vampiros?

- Sim, mas confio neles. E o Feanor não viria sem um ou dois planos! Vai dar tudo certo! Vamos seguir o caminho! – Disse Chris, sorrindo.

- Não vai insistir mais? – Perguntou Nik.

- Nem adianta...O Chris é teimoso como uma mula, se ele disse que vai fazer, ele faz mesmo. – Disse Penny, rindo baixinho.

Ao mesmo tempo, os amigos de Chris estavam se saindo bem contra os vampiros, evitando mordidas e ferimentos mais graves. Mas ainda assim já estavam com alguns machucados, e o cansaço estava começando a surgir, pois já haviam passado boa parte da madrugada nisso. Eiden já estava bem próximo do castelo, agora só faltava saber onde Chris estava.

- Pode sentir o cheiro dele daqui!? – Perguntou Clare, fazendo um poderoso escudo mágico em volta de Eiden.

- Sim! Ele está andando mais para baixo..., mas já sei sua localização! – Disse Eiden, olhando fixamente para uma das torres do castelo.

- Ótimo! Então enfie sua pata nesse lugar! Preciso entregar a espada para o Chris! – Disse Feanor, guardando seu arco. – Clare, continue mantendo o escudo!

- Pode deixar! – Disse Clare, defendendo seus amigos dos ataques dos vampiros.

Enquanto Chris, Nik e Penny seguiam mais afundo no castelo, eles foram surpreendidos pela grande pata de Eiden, que socou a parede um pouco à frente de onde os três amigos passavam. A pata dianteira do dragão entrou fundo no corredor, até bater do outro lado. Após a poeira abaixar, Feanor apareceu pelo buraco.

- Aí estão vocês. – Disse Feanor, sorrindo.

- Feanor! Eiden! Ótimo jeito de chegarem aqui! – Disse Chris, rindo e se aproximando do elfo.

- É culpa sua, quem mandou ser capturado por vampiros? – Disse Feanor, apertando a mão de Chris. – Hum, quem é o homem lá?

Nik estava paralisado de tanto espanto.

- Deixem as apresentações para depois! Escutem só: tem pessoas presas lá em baixo, e o Chris quer salva-las. Além disso, ele quer derrotar o Malkon também. – Disse Penny.

- Como estão as coisas lá fora? Você tem um plano...né? – Perguntou Chris, nervoso.

- Sinceramente, você não pensa nas coisas mesmo... – Disse Feanor, suspirando. – Para sua sorte, eu tenho um sim. O problema é que ele é muito simples. Estamos conseguindo segurar a horda de vampiros lá fora graças ao fogo, e também ao fato de termos deixado eles, e o Malkon, bem abalados com nossa “entrada”.

- Sim! Chegamos de um jeito que ele não esperava! As informações que ele tinha não serviram de nada! – Disse Penny, orgulhosa.

- Verdade.... Aquele vampiro sabia coisas sobre nós...E disse que todos já sabiam. – Disse Chris, pensativo. – Mas que plano é esse afinal?

- Só com prata e muita preparação é possível eliminar os vampiros de vez, mas como não é o nosso caso, só podemos contar com uma coisa para escapar dessa: o sol. – Explicou Feanor. – Logo irá amanhecer, se conseguirmos aguentar até lá...muitos dos vampiros morrerão, e a maioria irá fugir. De qualquer forma, poderemos escapar.

- E...eles não podem voltar a noite? – Perguntou Nik, finalmente.

- Sim, mas só se tiverem seu líder. Se Malkon morrer, os seus lacaios vão se dispersar e com certeza não voltarão mais aqui. – Disse Feanor, entregando a espada de prata para Chris. – Você precisa tomar cuidado Chris, o Malkon tem ataques mágicos. Lembre-se de cortar a cabeça dele e perfurar seu coração, só assim para garantir a morte de um líder vampiro.

- Pode deixar! Você, Eiden e Clare precisam aguentar firme até o amanhecer! Até lá, eu derrotarei o Malkon! – Disse Chris, sério e colocando sua espada em suas costas. – Penny, quero que vá com o Nik e salvem as pessoas!

- Vamos ficar protegendo o castelo lá de fora, Penny pode proteger as pessoas aqui de dentro. – Completou Feanor.

- Certo! – Disse Penny, determinada.

- Mas...Chris! – Disse Nik, preocupado.

- Não precisa se preocupar! Confie em mim, eu prometi para você, lembra? Para que lado fica a sala do trono? O Malkon deve estar lá. – Disse Chris, colocando sua mão no ombro de Nik.

Nik encarou Chris por alguns segundos, depois suspirou.

- Fica no centro da torre do meio, mas existe um atalho para lá que se pega aqui perto. Precisa só voltar mais um pouco, você encontrará um quadro enorme de uma paisagem, atrás dele está o atalho. – Disse Nik. – Passamos por ele a pouco.

- Verdade! Já entendi! Então estou indo amigos! – Disse Chris, começando a correr. – Ah sim! Vou pegar sua espada de volta também Nik!

- Vamos voltar lá para fora Eiden, boa sorte para vocês dois. – Disse Feanor, subindo pela pata de Eiden, que a retirou do buraco.

- Nik, vamos continuar? – Disse Penny, olhando para o rei que encarava o caminho que Chris seguiu. – Ele vai ficar bem, ele deve ter te prometido afinal!

- Sim... – Disse Nik. – Certo, vamos lá! 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...