História Promessas da vida ( um mundo através de outro ). - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Brigas, Drama, Justin, Romance, Shawn, Taylor, Tragedia, Tretas, Vida
Exibições 3
Palavras 2.218
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Musical (Songfic), Poesias, Romance e Novela

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom espero que gostem , se gostarem por favor falem para me dar motivação . Bjj boa leitura

Capítulo 1 - O começo de tudo


   1 CAPÍTULO

O COMEÇO DE TUDO .

oi ,qual meu nome?, nem eu mesmo sei , mas eu sei que : um dia a vida me contou que eu iria morrer ,eu não me desesperei porque eu aprendi que todo mundo morre , eu aprendi também que a vida não faz promessas, se ela te fez uma, provavelmente é mentira , as pessoas sofrem por perder pessoas queridas , a vida é difícil com certeza você vai precisar de amigos , as pessoas sempre precisam de ajuda pra alguma coisa . Um dia a vida me prometeu felicidade eterna , quando ela me prometeu ? , ela me prometeu quando eu nasci , eu sei que tudo tem um começo mas tudo tem seu fim .... então um dia eu me apaixonei por uma história , a história de uma menina doce que sofreu , uma injustiça da vida é claro .A história começa ...

06 de abril de 1990 França .

Em um hospital não muito bonito , muito desgastado , paredes cinza com uma lista branca no meio , uma luz um pouco fraca , só havia uma cama de ferro , algumas cadeiras , e um criado mudo . Na cama havia uma mulher seus cabelos eram castanho escuros , seus olhos eram um pouco puxado e azulado bem fraco quase castanhos , sua pele era um moreno fraco , bem fraco , era magra mas não muito . Perto dela havia uma enfermeira , loira , gordinha com o formato do rosto redondo ovalado com uma expressão de esforço e de alegria pois taria ajudando a mulher dar a luz . Na quele momento nasceu uma menina de cabelos castanhos claro , liso e macio , sua pele era clara , seus olhos arregalados castanhos claros da cor de seus cabelos fazia com que seu rosto fizesse atenção . Quem tinha nascido era Lorrane Hartson , filha de Priscila Hartson e Henrique Hartson mas conhecido como Henri ou sr. Hartson . Ele era um homem alto com o rosto ovalado e um pouco magro , tinha um bigode curto , seus cabelos eram pretos ele tinha uma franja curta , sua pele era clara , seus olhos eram castanhos .

Já passará uma semana depois de seu nascimento já estava em sua casa era noite de domingo estava chovendo uma chuva calma e suave fazia com que a noite fosse agradável de se dormir ou agradável para fazer qualquer outra coisa, mas Lorrane resolveu fazer o que qualquer bebe faz chorar ,sua mãe cansada levantou de sua cama que ficava perto do berço , andando com os olhos um pouco abertos foi para a cozinha pegou um caneco de ferro colocou leite e um tipo de farinha mexeu e colocou no fogo , e depois de alguns minutos retirou do fogo e entornou na garrafinha fechou , e verificou se estava na temperatura ideal logo após foi andando para o quarto e deu para o bebe e segurando um pouco para não machuca-la , quando Lorrane acabou de tomar sua refeição sua mãe pegou a garrafinha e tapou-a com a coberta não sabia sua mãe que sua filha iria ser muito emportate ....

Dias se passaram e a menina cada vez mais inteligente , sua rotina era composta por poucas coisas pois ainda era uma bebe , só o que fazia era acordar tomar sua mamadeira , assistir sua mãe a fazer suas tarefas do dia, no seu berço é claro, ela adorava brincar com seu urso que ela tinha dado o nome de Rudy , ele era a maior parte do tempo seu parceiro em suas aventuras imaginárias , na sua mente avia um mostro grande de capa preta que só dava para ver seus pés que por acaso ele usava uma meia colorida com as cores amarela , laranja e umas listras bem pequeninas na cor branca e seu sapato : um sapato grande pontudo e preto que dava para ver seu reflexo de tão bem limpo. Seu rosto não dava para ver pois a capa avia um capuz grande que fazia com que o seu rosto sumisse como se na quele vazio fosse um céu na noite mais escura e chuvosa que não podia se avistar uma estrela se quer no céu , Lorrane o chamou de senhor das sombras mas havia um apelido que era dark . Na sua imaginação dark era o mostro e o herói era o Rudy um urso com pelos que não dá para saber se é amarelo , laranja ou um marrom fraco , talvez fosse um pouco de todas , seu rosto tinha pelos finos o que deixava que seus olhos ganhasse destaque por ser grande e de três cores verde , cinza e vermelho era como se cada cor representasse sua personalidade , ele usava um macacão verde com botões laranja fraco e com um bolso no peito com bordado amarelo e nesse bolso era estampado com uma figura de uma menina bem parecida com Lorrane , ele usava como sapatos uma bota de pano cinza com detalhes de estrelas vermelhas e verdes . No mundo de Lorrane todos moravam em casas de cogumelos de várias cores e formatos com janelas de vários tamanhos e modelos , uma era cogumelo vermelho com listra azuis, porta de madeira decorada com bolinhas de várias cores e tamanhos e a sua janela era coração . algumas casas tinha janelas de estrelas outras de formato de uma flor tinha muitos detalhes . ainda mais as ruas, elas eram feitas de um tipo de bala, as pontes eram pirulitos entrelaçados com uma massa parecida com chiclete para deixar lisa a ponte na parte de segurar eram biscoitos redondos parecidos com troncos mas enfeitados com um farelos coloridos , nesse mundo tinha um lago bem grande de suco de uva , o que era o seu sabor predileto de suco , nesse lago havia peixes de jujuba de todas as cores o que representa seu sabor e seu tipo , tinha roxo , azul , amarelo , laranja , verde , colorido...e por aí vai . Em um mundo deve ter seu castelo , nesse o castelo tinha uma muralha feita de Marchi Melo os portões eram feitos de madeira e enfeitados com chocolate e morango , o castelo era feito de chocolate branco com biscoito e chocolate , normal tinha vários quarto, tinha uma piscina de leite ,e o moço que administrava o castelo era o sr . Valter uma raposa muito sabia que usava óculos redondo é vestia quase sempre um terno largo e na sua calça avia um furo para seu rabo, o sr . Valter adorava ler então no castelo avia uma biblioteca não muito grande possuía doze livros no máximo . E o mais legal desse mundo era os moradores eram animais como urso , gafanhoto .. dai já dá pra saber de onde surgiu a raposa o mundo não tinha todos os animais , tinha alguns humanos igual ela mas era só sua família . esse mundo que tem tanta coisa legal e enteresante era chamado de terabik , ou como era mais conhecido bick . Em bick tinha tudo de bom a não ser dark ele vive dando problema pois fica tentando roubar o trono e ser o rei de Bick mas o guerreiro mais corajoso de todos os reinos o Rudy não deixa e está sempre disposto a proteger sua rainha .......

voltando ao mundo real Lorrane não fazia muito depois de brincar no país secreto chamado Bick ,ela tomava banho , comia e ia para a cama e tirava um sono de deusa ...

ALGUNS ANOS DEPOIS ...

Agora Lorrane já tem 5 anos , sua pele branca tinha escurecido e se tornado morena o que deu mais beleza a Lorrane , ela já sabia ler e escrever, aliás fazia isso perfeitamente.

hoje é o dia do aniversário de Lorrane de 6 anos, sua mãe prometeu fazer uma festa , por isso vai na rua hoje . mas o destino pode mudar coisas, e coisas novas surgir , na quele dia tudo mudou. Era segunda feira Lorrane visita uma calça jeans , um tênis , um casaco fino por baixo da blusa de gato e por cima outro casaco um pouco grosso pois estava frio era 7:00 da manhã elas iriam comprar os ingredientes para fazer um bolo , seu pai ia também para carregar o peso para a mulher . eles pegaram um carro de transporte e foram , ao chegar em uma pequena venda eles entraram e começaram a comprar os ingredientes .

pagaram e foram para um mini ponto para pegar um carro , depois de um tempo um carro parou eles entraram , e o carro deu partida , mas o carro corria muito e tinha uma virada logo a frente os pais de Lorrane falavam .

- pare !!

- vai devagar !!

o motorista falou como se nada tivesse lhe assustando .

- não se preocupe eu sou profissional .

o pai de Lorrane segurando a família disse gritando alto .

- cale a boca você vai nos matar !!!

o motorista e o pai de Lorrane começaram a brigar e a curva estava próxima o homem que estava a dirigir olhava muito para trás onde o pai de Lorrane se encontrava . a curva chegou e o homem perdeu o controle e caiu em uma ribanceira o carro capotou como se fosse dados de jogos ou como bolas de futebol . Lorrane foi arremessada do carro mas já estava desmaiada ela caiu em uma grama o que amorteceu a queda , mas seus pais não foram arremessados eles permaneceram no carro, até que o carro bateu e parou em uma casa velha e abandonada , o que causou a destruição do carro, da casa , e a morte para os pais de Lorrane . ela ficou ali desmaiada até que começou a chover , uma chuva gelada o que a acordou , já era 12 : 40 ela acordou meio lerda depois correu para perto do carro onde se encontra seus pais viu que eles estavam sujos de sangue então começou a sacudi-los mas nenhum se mexeu nem deu sinal de vida , ela começou a chorar deitada com a cabeça apoiada no ombro de seu pai , ela ficou ali no meio da chuva forte e gelada .....

     Depois de um tempo ela se levantou e arrastou os pais para a casa abandonada aquela onde o carro destruiu a maior parte , ela entrou , a casa não parecia ser tão abandonada assim , pois não estava tão suja ou com mal cheiro , só avia o quarto e a cozinha boa , o resto da casa foi destruída pelo carro na batida , ela foi até o quarto que avia uma cama velha e um guarda roupa ela abriu o guarda roupa e viu que avia algumas roupas de crianças , parecia coisa de deus ela pegou uma roupa e foi no banheiro que as paredes e o teto estavam quebrados só avia o vaso e um chaveiro , ela entrou tirou a roupa abriu o chaveiro e entro para remover o sangue de seus pais de seu corpo , ao acabar ela botou a roupa que achou na velha casa e a roupa era uma roupa velha , era apenas uma calça , um casaco preto e uma blusa branca , não havia sandalha então ela ficou descalço . Depois ela voltou a cozinha e arrastou os pais para o quarto depois ela limpou-os e colocou uma roupa limpa, em seu pai ela vestiu uma camisa e um casaco que achou , não tirou a calsa pois ia ser falta de respeito , mesmo ele estando morto mas ela não sabia disso ainda, na mãe ela colocou uma blusa e um casaco com furos , tapou eles , ainda chorava muito ela foi para a cozinha ao chegar lá abriu o armários de madeira desgastada e suja , dentro do armário havia apenas uma lata de milho que por a caso estava na validade , ela pegou a lata e começou a procurar algo que desse para abrir, depois de um tempo ela encontrou em cima de um armário quebrado no fundo um abridor , ela já viu sua mãe usar algo parecido , ela abriu a lata chorando muito ainda , o milho estava preto e fedendo ela resolveu não comer , então segui para o quarto e deitou perto dos pais e acabou dormindo . Em seu mundo imaginário não havia mas nada além de um longo espaço de terra com poucos capins pequenos e uma cadeira , no céu a chuva fazia com que ele se torna-se preto com nuvens cobrindo o sol , como se o sol tivesse ficado com medo das nuvens , como se estivesse se escondendo de algo , não havia castelos , casas , rios de chocolate ou coisa do tipo , só avia escuridão e uma leve claridade do dia por trás das nuvens escuras e chuvosas , na quele dia o mundo parecia sofrer por Lorrane , parecia que tudo tinha se acabado pra ela . Não sabia ela que isso era apenas o começo de sua jornada .


Notas Finais


Bom é isso , espero que tenham gostado ...😍😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...