História Prometidos. - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Girls' Generation
Personagens Jimin, Suga, Sunny, Tiffany, V, Yuri
Exibições 23
Palavras 1.394
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 12 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fluffy, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um cap, eu tinha prometido para uma das seguidoras que iria postar daqui a uns quatro dias, mas a inspiração bateu e eu resolvi postar hoje mesmo. Espero que gostem meus amores.

Capítulo 9 - "Também te amo"


Dois dias haviam passado, Jimin não me deixava sozinha muito tempo desde da ida de nossos pais, me dava o espaço que eu precisava, mas sempre estava por perto se eu precisasse.

Já era noite e Jimin tinha saído rápidamente com a irmã, me sentei no sofá da sala e fiquei assistindo um programa aleatório , até ver eles chegando. Yuri beijou minha testa e subiu para o quarto cansada. Jimin se jogou no sofá, deitando a cabeça em minhas pernas e fechou os olhos sorrindo ,quando comecei a fazer carinho em seus cabelos.

-E então, conseguiram?

-Sim, e...-Ele tira um pingente do bolso colocando na minha mão, abrindo os olhos em seguida.-Isso não é seu?

Olho o colar por um tempo e assinto.

-Você me deu.

-Estava lá em casa, que eu me lembre você não foi para lá. Foi com a yuri e eu não soube?

-Não, faz muito tempo que eu não vou na sua casa. Você deve ter levado e nem percebido Jimin, você é um atrapalhado mesmo.-Falo rindo nas últimas frases.

-Me respeite.-Ele fala rindo também e se senta do meu lado, me puxando para ficar entre suas pernas enquanto beija meu ombro.-Eu já disse que você está linda hoje?

-Sem maquiagem, estou mesmo.-Falo irônica.

-Você é linda de qualquer jeito Stephanie.-Ele aperta minha cintura, e beija minha nuca , me fazendo me arrepiar.

Jimin estava muito mais quieto esses últimos dois dias, e eu tinha percebido isso. Parecia querer me dizer alguma coisa ,mas não sabia como. Então usava o corpo pra expressar o que queria. E eu sabia muito bem o que ele queria, até porque, eu desejava a mesma coisa. Mas eu sabia que ele não ia tomar uma iniciativa por medo de me assustar, então resolvi que eu teria que fazer isso.

Me virei ficando de frente pra ele e sorri de lado.

-Amor...-Falei distribuindo beijos pelo pescoço do mesmo.

-Sim...-Ele sussurra mordendo o lábio inferior, na tentativa de se controlar.

-Eu sei que meu namorado não é esse exemplo de fofura na minha frente.-Sussurro perto de seu ouvido.

Ele abre um sorríso malícioso e alisa minhas coxas, dando alguns apertos na mesma.

-Você está muito ousada Tiffany. Deseja algo de meu ser?

As mãos quentes dele em minha coxa, já me faziam ter pensamentos muito pecaminosos, era maravilhoso sentir ele daquele jeito.

-O que eu desejo?-Arqueo uma sobrancelha e mordo seu lábio inferior.-Você...

Aquilo foi demais pra Jimin, ele apertou minhas coxas com ainda mais força , fazendo seus dedos chegarem perto de minha intimidade coberta e dá fortes apertões. Atacou minha boca e subiu uma de suas mãos até meu cabelo, os puxando devagar para trás, deixando meu pescoço exposto. Desceu o beijo de meus lábios até meu pescoço distribuindo também chupões no mesmo ,que com certeza deixariam marcas.

Gemi baixinho apertando seus braços e logo tirei sua camiseta preta, passando a mão pelo abs definido do ruivo. Ele soltou meu cabelo e eu voltei a atenção para seus lábios,  beijando os mesmo. Me sentei direito em seu colo e comecei a rebolar um pouco rápido, ainda sem desgrudar os lábios.

Jimin arfou baixinho e apertou minha cintura separando o beijo.

-Aqui não. Vamos para o seu quarto.-ele se levanta comigo ainda em seu colo e me leva até o cômodo. Me coloca no chão cuidadosamente e tranca a porta atrás de si.

-Baby girl...quer mesmo isso? Não quero que faça isso porque se sente obrigada ou porque...

Revirei os olhos rindo e me aproximei do mesmo, o calando com um beijo doce.

-Eu quero.-Sussurro, colando nossas testas.

Jimin sorri e beija minha testa. Passa minhas pernas pela sua cintura e volta a me beijar. Anda lentamente até a cama e me deita na mesma, ficando por cima e intensificando mais o beijo. Passa uma de suas mãos pela minha blusa,encontrando meus seios cobertos . Morde com determinada força meu lábio inferior e começa a massagear meu seio direito.

Pequenos gemidos de minha boca são abafados pelos lábios de Jimin contra os meus. 

Depois de mais um tempo de ele brincando com meu seio, tirou minha blusa , juntamente com o sutiã. Os olhou cheio de desejo e fez uma trilha de beijos molhados, desde de minha barriga , até um de meus seios , abocanhando o mesmo. Levou sua mão  por dentro do meu short até meu clitóris   coberto pela calcinha e fez leves movimentos no mesmo.

Me recontorci em sua mão soltando gemidos altos e segurei em seus cabelos.

Ele dá leves mordidas em meu bico, olhando pra mim sorrindo. Quase como se meus gemidos o incentivassem cada vez mais a me torturar.

Para totalmente o que estava fazendo e morde minha coxa, tirando meu shorts. O joga em algum canto do quarto e me senta admirando meu corpo, quase completamente nú. Enquanto morde os lábios com seu sorriso que fazia todas as estruturas do meu corpo estremecerem.

Sinto corar e ele leva uma de suas mãos até meu rosto.

-Você fica linda corada,porém sem necessidade. Você é linda e tem que mostrar a beleza que tem. Mas só pra mim , deixando bem claro.

Sorri e o dei um selinho, assentindo.

-Mas...por que só pra você Jimin hyung?-Falo manhosa.

Ele ri e me puxa para seu colo.

-Não provoca Stephanie, ou...-Ele ele enfia dois dedos em minha entrada, por dentro da calcinha.-Terei a obrigação de lhe punir.-Começa a fazer leves movimentos.

Escondi meu rosto em seu pescoço, gemendo próximo a seu ouvido.

Aquilo o deixou arrepiado, sorri vendo o efeito que meu simples gemido tinha sobre ele. 

Jimin aumentou a velocidade dos movimentos e deu leves mordidas em meu ombro.

Senti meu ápice próximo e me contorci em sua mão. Ele entendeu meu  pedido e quando eu soube que já não ia mais aguentar, ele penetra o terceiro dedo, me fazendo gozar na mão do mesmo, com um gemido alto.

O sorriso dele aumenta e tira os dedos de mim, os levando até os lábios, os sugando.

-Como imaginei...tão doce, baby girl.-Ele segura em minha cintura  e morde meu lábio inferior.-Vamos parar com isso e começar a verdadeira brincadeira.

Ele me tira de seu colo e se levanta tirando a calça, o acompanho com o olhar, malíciosa. Ele para e me encara, fingindo estar envergonhado.

-amor...assim eu fico constrangido.

Me levanto e vou até ele parando em sua frente, me inclino um pouco e sussurro em seu ouvido.

-Você não me engana...-Sugo seu lóbulo e desço minha mão até sua boxe, tirando a mesma. Me agacho em sua frente e abocanho seu membro, fazendo  lentos movimentos de vai e vem com a boca.

Jimin geme, segurando em meus cabelos para auxiliar os movimentos, os fazendo cada vez mais rápido. 

Sinto seu ápice próximo e tiro a boca de seu membro.

Ele me olha suado e me beija ferozmente, me levando até a cama novamente. Tira minha calcinha e se posiciona em minha entrada.

-Vai doer um pouco, mas eu prometo que vai passar. Me avise se eu estiver machucando.-Sussurra e me penetra lentamente.

Solto um gemido alto, segurando firme seu ombro

Para alguns instantes dentro de mim, para eu me acostumar com seu  tamanho e Começa dando leves estocadas.

Sinto uma dor horrível, a príncipio. Mas  essa dor logo é substituída por outra coisa....Prazer.

Jimin aumenta a velocidade das estocadas, sendo consumido pelo prazer. Vai aumentando cada vez mais e esconde o rosto no meu pescoço, gemendo baixinho, segurando minha cintura.

-Tão apertada amor...-Sussurra diminuindo a velocidade, enquanto suga meu pescoço.

Enrolo minhas pernas em sua cintura, fazendo ele ter mais acesso a minha intimidade e Arranho suas costas, gemendo alto, provavelmente a vizinhança toda estava escultando, mas a essa altura eu já não me importava com nada que não fosse aquele momento.

Jimin volta a aumentar a velocidade de seus movimentos, fazendo a cama bater forte contra a parede.

Senti meu limite chegando quando Jimin acertou em cheio meu ponto de prazer algumas vezes. 

Arranhei ainda mais suas costas e  Gemi mais alto que antes,( Escritora on: se é que isso é possível) quando cheguei ao meu ápice.

Jimin deu mais algumas estocadas, se satisfazendo e enfim chegou ao seu limite também.

Tirei minhas pernas de sua cintura, arfando e sorri.

Jimin saiu de dentro de mim e se jogou ao lado, arfando ainda mais que eu. Esperou sua respiração se controlar pelo menos um pouco e me puxou para seu peito. Tocou meu rosto e afastou minha franja grudada na testa pelo suor. Beijou a mesma e sussurrou, sorrindo.

-Eu te amo Tiffany.

Abri um sorriso bobo, aquelas palavras haviam feito meu coração acelerar ainda mais, Não pensei duas vezes antes de o beijar carinhosa.

Eu também te amo Park Jimin...





Notas Finais


Vou ali cometer suícidio e já volto. Cometem o que acharam gente, kissus de luz e fui.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...