História Promise - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias 5 Seconds Of Summer, Evan Peters
Personagens Ashton Irwin, Calum Hood, Evan Peters, Luke Hemmings, Michael Clifford, Personagens Originais
Tags Cashton
Exibições 30
Palavras 1.307
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Crossover, Misticismo, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hey,
espero que gostem
Toda opinião é bem-vinda !
beijos

Capítulo 3 - Parte II


Holly ainda assimilava o que Ashton dizia mas ainda não compreendia exatamente o que estava ouvindo. Apesar de Calum estar sentado á poucos metros com uma arma engatilhada, os olhos verdes de Irwin transmitiam paz e sua voz doce havia prendido a atenção da garota.

- Há muitos e muitos anos, nossos ancestrais viviam em harmonia com a natureza. Respeitavam os animais, as plantas, os minerais, e todos os elementos naturais que compõe o ecossistema. O problema é que com o passar dos anos, e o desenvolvimento das matérias feitas pelo homem, deixamos de lado cada vez mais esse contato natural e nos afastamos em blocos de cimento e concreto. A humanidade tem perdido a fé e perdido a sensibilidade com sua essência. Apesar disso, a natureza ao contrário do que muitos dizem, não se vingou. Ela continua nos amando e nos ajudando a cumprir o que precisamos neste mundo. Para isso cada um de nós conta com a ajuda de um animal totem , que nos guia e nos intui a fazer o que devemos fazer. Cada animal nos passa alguma característica que nos auxilia neste processo. Você entendeu até aqui ? - ele pergunta com um enorme sorriso.

- Está me dizendo que há um espírito animal comigo ? Eu não sei se acredito nisso, me desculpe.

- Está tudo bem Holly, você não precisa ter medo de se expressar. Aqui na academia todos precisamos lidar com este animal totem, e inclusive você, caso queira continuar conosco. Você pode tentar descobrir qual é seu animal e quem sabe assim não passe a acreditar mais?  - ele se levanta e a convida para acompanhá-lo até uma pequena sala.

- Eu não sei se estou pronta para isso.

- Minha querida, se chegou até aqui, é claro que está. - ele abre a porta e a sala é totalmente escura. - É só sentar-se no chão e fechar os olhos, ouvir a música e me dizer o que você vê. 

Holly ficou com medo. Estava começando a desconfiar de Ashton e de suas boas intenções. Começava a se questionar o motivo de Hood estar sentado bem ali do lado, com uma arma pronta para atirar caso ela tentasse fugir. Seus batimentos aumentaram de frequência, e ela por um instante cogitou em gritar, mas estranhamente se acalmou e decidiu entrar na sala.

Ashton fechou a porta e ela sentou-se no chão. Não conseguia ver onde ele estava, mas sentia a presença do loiro por perto. Ouviu-o dizer para respirar fundo e fechar os olhos. Ela fez o que ele pediu e uma música começou a tocar. Não havia letra, apenas sons da natureza misturados á instrumentos antigos que ela não saberia dizer o nome. 

- Relaxe Holly. Ouça a música e respire. Não precisa ficar com medo.

'' Claro que não, medo pra que ?'' ela pensou, mas fez o que ele disse. Concentrou-se por alguns minutos, sentia as mãos suarem, estava realmente tensa com a situação. Tentou esvaziar os pensamentos e continuou concentrada. As imagens de seu sonho invadiram sua mente, mas dessa vez ela se viu mais próxima da floresta, como se realmente estivesse ali dentro. O lobo estava perto demais, encarava-a enquanto caminhava em sua direção. Ele podia ver cada detalhe do pelo claro, iluminado pela luz da lua. O focinho tocou sua mão e ele baixou a cabeça. Holly acariciou o animal e em seguida se viu brincando com o lobo, até que a voz de Irwin chamou sua atenção.

- Holly ? Pode me ouvir ?

Ela abriu os olhos, assustada. A sala ainda estava escura, mas não demorou para que ele abrisse a porta e uma fresta de luz invadisse o local.

- Eu estou dentro. - ela disse sorrindo já saindo da sala.

- O que você viu ?

- Um lobo. - ela sorriu. - Seria ele meu totem ?

- Provavelmente.- Irwin sorriu. - Fico feliz que aceite nosso convite. Você irá integrar a equipe do Calum, poderá começar amanhã. Temos um alojamento, e você pode trazer suas coisas de casa. Agora pode descer e comer algo na lanchonete se quiser, eu preciso falar com Calum e já o libero para te apresentar o resto da academia. 

- Muito obrigada. - ela sorriu. - É estranho, mas estou tão animada. 

- Você vai se adaptar logo. Calum é um ótimo líder. 

Ela sorriu e deixou a sala, entrando no elevador e selecionando o térreo como Ashton indicou. 

- O que precisa falar comigo ? - Hood questionou assim que ela deixou a sala.

- Cal, você sabe. 

- Eu já disse para esquecer esse assunto Ashton. Não adianta mais falar, eu não quero mais. 

- Calum, eu sinto muito. Sinto pela sua equipe, sei que é difícil perde-los da forma como ocorreu, e sinto ainda mais pelas minhas palavras.

- Olha, eu te respeito como meu chefe. É a unica relação que podemos ter agora. Com licença. - saiu fechando a porta e acionando o elevador.

- Quando você vai voltar pra mim Cal ? - Irwin perguntou sozinho, soltando um longo suspiro em seguida.

 

Holly observava a estrutura da academia. Gostava dos detalhes em madeira contrastando com os materiais sofisticados que ornamentavam o local. Viu algumas salas enquanto caminhava pelo corredor, e se aproximou devagar da lanchonete. Ouvia muitas vozes, e sentiu vergonha em aparecer por ali, afinal aquilo lembrava-a da escola.

Discretamente entrou no local, onde haviam algumas pessoas em mesas, almoçando. Realmente a estrutura lhe fazia lembrar da escola, mas a diferença é que ela não precisava se preocupar em levar alguma latada na cabeça, ou sofrer algum esbarrão.

- Oi. - alguém disse próximo á seu ouvido, deixando-a irritada pelo susto e pela aproximação.

Virou-se para ver quem era, e encontrou um rapaz alto, os cabelos num de castanho claro jogados de modo bagunçado. A pele branca e os olhos escuros pareciam combinar. Tinha de admitir que por algum momento pensou se beleza era requisito para estar ali. 

- Evan Peters, o prazer é seu, é claro. Não precisa dizer. 

- Holly. - disse simplesmente soltando-se do aperto de mão.

- Eu sei. - ele sorriu. -Ajudei a farejar você. 

-Você o que ?

- Ainda não te contaram ? 

- Sinto muito Holly, já teve o desprazer de conhecer o Evan. - Calum se aproximou e outro revirou os olhos.

- De mau humor de novo Thundercat ?

- Faça um favor, se poupe e me poupe. - o moreno respondeu com um gesto para o outro sair de perto.

- Nos vemos depois querida. - sorriu seguindo para uma mesa mais afastada.

- Vamos, eu vou te mostrar o restante. 

Hood a levou por algumas salas, apresentando o cinema, banheiros, sala de reunião, de treinamento, auditório, etc.

- E esta é a sala de tiros. Precisa de proteção sempre que entrar. - ele abriu a porta onde uma barreira de acrílico separava o pequeno ambiente de outro onde dois homens treinavam com armas.

Calum ajudou-a com os óculos, luvas e colete e entregou uma arma. Seguiram até a baia onde ele pediu que ela atirasse no alvo á sua frente. Holly fez o que foi pedido e acertou bem próximo ao centro. 

- Ótimo ! Você é muito boa com isso. - ele sorriu, pedindo que ela continuasse.

Holly deu mais alguns tiros e Hood a aplaudiu. Deixaram a sala e seguiram por um corredor que os levou até a recepção. 

- Amanhã quando chegar pode passar neste balcão e pegar seu crachá. Sobre o Evan não se iluda, ele dá em cima de todo mundo.

-Oh não, sem problemas. - ela sorriu. 

- Ficar longe dele é o maior favor que você faz a você mesma. - o moreno sorriu. - Te vejo amanhã ?

- Sim. - ela afirmou e despediu-se.

 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...