História Promise - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Criminal Minds
Personagens Dr. Spencer Reid, Personagens Originais
Visualizações 42
Palavras 952
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 10 - Free


Senti um enorme desespero quando vi meu quarto vazio e ainda pior ao ver que meu banheiro estava na mesma situação. Quase morri ao notar a faca que Natalie tirou de debaixo do travesseiro caída no chão e suja de sangue. Pedi pra coletarem o sangue da faca mas, felizmente, não era o de Natalie.

Melhor ainda, Hotch me disse que há uma semana mandou homens vasculharem o local em que ela foi encontrada, e demorou. Demorou muito, mas o chefe me disse que um dos grupos encontrou uma casa no meio do nada. Se ele ainda estiver lá, é um idiota, e eu não poderia ficar mais agradecido se fosse o caso.

Hotch, Prentiss e Rossi vão em um carro, e JJ, Morgan e eu vamos no outro. Mas chegaremos atrasados porque está um engarrafamento do cão. Batuco, impaciente, os dedos no painel do carro. Então JJ acaba se irritando com o meu batuque e põe a mão em meu ombro.
 - Dá pra se acalmar?
 - É muito difícil, JJ! Natalie está lá com aquele monstro e nem sei se ela ainda está viva...
 -  Sei que é difícil, mas é melhor colocar a cabeça no lugar. - diz apertando de leve meu ombro - Espero que ela esteja bem.
 - Eu também. - respondo baixinho

Buscando uma distração, olho para JJ pelo retrovisor. Seu rosto está começando a ficar cheio. Há um tempo, ela descobriu que estava grávida. Depois de William, seu marido, eu fui o primeiro a ficar sabendo. Serei o padrinho da criança. Eles ainda não escolheram o nome; estão esperando pra descobrir o sexo do bebê. Fiquei muito feliz quando JJ me contou, todos ficamos. Will é um cara de sorte.

O nome dele me lembra o motivo da minha aflição. Ah, Natalie! Lembro de seus olhos brilhando pela primeira vez em semanas ao me ouvir dizendo que gosto dela, de sua boca sobre a minha. Lembro de seus gritos quando a fiz minha, seus gemidos baixos e meu nome sussurrado em meu ouvido. Suas unhas fincadas em minhas costas e no meu pescoço.

Me recordo da primeira vez que dormimos juntos naquela noite de tempestades, sem malícia alguma, apenas carinho, quando ela estava machucada demais pra qualquer outro tipo de carinho, para qualquer coisa além disso. Não consigo esquecer como me senti quando ela me abraçou, como se eu fosse uma espécie de ancora, exatamente o que ela precisava.

Lembro de como ela conversou com Morgan há apenas dois dias, quando ele foi lá em casa, e por burrice minha, descobriu que nós dois transamos, e ela contou que realmente gostava de mim, não apenas porque eu tentei "juntar os cacos". Lembro da primeira vez que a vi dançando na cozinha, de short jeans e blusa azul, cantando tudo embolado. 

Preciso parar de pensar nela, então viro o rosto para a janela, tentando me distrair, e percebo que o trânsito começou a fluir, mesmo que de devagar. Chegamos lá depois de duas horas. Depois que Morgan estaciona, saltamos do carro, colocamos nossos coletes e eles checaram suas armas. Não me deixaram ficar com a minha porque eu "pareço estar muito envolvido com a vítima". Hotch e Morgan vão para a parte de trás da casa, guiados por um policial. Rossi e Prentiss com Andrew na mira pela janela, enquanto JJ negocia a rendição dele, e eu fiquei mais atrás.

Quando Parker disse que tinha uma refém, é óbvio que fiquei preocupado. Ele pegou Natalie, mas Nicole ainda estava desaparecida. É pouco provável que ela ainda esteja viva, mas ainda sim possível. Ou ele está com a minha Natalie e, na verdade, sua irmã já está morta, só não encontramos o corpo ainda?

Finalmente, ele concorda em se render. Rossi faz sinal pra que abra a porta. Caminho até lá o mais rápido possível, mas com cuidado para não assustar o Andrew, para que ele não machuque a refém. Um policial me entrega uma arma.

Com a arma apontada para o chão, abro a porta e, para o meu alívio, vejo que a refém, que está ajoelhada, é a minha Natalie. Percebo que ela está toda machucada; o desgraçado bateu nela. Mas, em contrate com todos aqueles machucados, ela sorriu. Não foi apenas um sorriso aliviado, mas feliz. 

Me aproximo, vendo pelo canto do olho, Hotch e Morgan fazendo o mesmo com suas armas apontadas para o suspeito. Ele sorri e engatilha a arma. Vejo Natalie arregalar os olhos e olhar pra mim. Um tiro...

... e ele cai. Respiro fundo e corro até minha menina, a abraçando e, antes que eu perceba, meus lábios estão sobre o dela, os tomando em um beijo desesperado e aliviado. Me afasto quando alguém toca no meu ombro. Olho para cima e vejo Hotch, que sorri breve. Levanto, trazendo Natalie comigo, e agradeço a ele, afinal, se não tivesse atirado, ela estaria morta agora. Só de pensar me dá um desespero enorme, algo que estou sentindo muito ultimamente.

Parece que tudo acabou. Andrew está morto. Olho para Natalie com carinho, mas ela me olha com tristeza:
 - Ela está morta, Spencer. Ele a matou. - ao ouvir essas palavras, puxo-a para um abraço apertado
 - Sinto muito, Nat. - e ela chora

Os policiais acharam uma porta que dá para o porão. O cômodo estava cheio de sangue. Nele, tinha uma roda enorme com um corpo amarrado a ela. Nicole Williams.

Depois que Natalie fala com os policiais, a levo para fazer o corpo de delito. Quando termina, vamos para o meu apartamento. Mas dessa vez é diferente, porque agora Andrew Parker está morto. Não há mais perigo, apenas Natalie e eu...

...e talvez um futuro para nós dois.


Notas Finais


Agradeço a todos que acompanharam essa história, que apesar de pequena, foi minha primeira a ser terminada. Obrigada mesmo. 2kiss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...