História Promise Me - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jjk, Luvbyunbuyun, You
Visualizações 11
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 1 - Prólogo: Um dia bom com​ um ursinho.


    Era de manhã, a temperatura estava agradável. A pequena garota foi acordada bem cedo, pois já estava no início do ano, e as aulas também começaram. Estava indo pela primeira vez em sua creche, com quatro anos, estava muito animada. A sua esperança era de fazer muitos amigos, e por isso naquele dia, repetia várias vezes a sua mãe que era o melhor dia de sua vida.

Usava sua roupa preferida, o seu vestido rosa de gatinhos marrons e uma calça justa e branca, junto com seu sapatinho de lacinho rosa. Sua bolsa azul era cheia de bichinhos, o que a deixava mais fofa ao olhar de sua mãe. Chegou em sua escola e se despediu de sua mãe, e a mesma deu um beijinho em sua testa, observando a menor entrar na escola.

Seu primeiro dia na escola não havia sido como ela esperava, queria que fosse divertido, e acima de tudo, queria fazer amiguinhos, mas os seus coleguinhas de classe foram extremamente malvados com ela, apenas por ela ser falante e feliz, apenas por ser do seu jeitinho animado e agitado. Sempre foi simpática ao tentar conseguir amiguinhos, mas como sempre, não conseguia. Por quê não gostavam dela, mesmo ela sendo simpática mesmo com dificuldades e timidez?

Sentou-se na escada na hora do recreio, enquanto todos os outros brincavam com os brinquedos dados pelos inspetores, no pátio. Tirou a sua mochila das costas e colocou ao seu lado, apoiou o rosto entre as pernas, chorando. Sentiu-se magoada ao ser expulsa da roda de crianças, então se isolou sem dizer mais nada.

Tempo depois, sentiu alguém lhe cutucar o seu braço esquerdo. Se virou para ver quem era, e viu um garoto de cabelos pretos e de roupa branca que estava sentado ao seu lado. A expressão do garoto era preocupada, e quando seus olhos se encontraram, ela imediatamente corou e virou seu rosto. Não gostava de que os outros a vissem chorando, mesmo com essa idade e tamanho, não gostava de se mostrar fraca.

– Por que você está chorando? — Ele perguntou, ainda a olhando.

– N-Não é nada... — Enxugou seu rosto com as costas das pequenas mãos.

– Alguém foi malvado com você? Eles sempre são assim, não ligue para eles.

– Isso não é bom... Me deixou triste.

– Mas eu sei um jeito de lhe deixar feliz de novo! — Abriu sua mochila. — Espere aí.

– Tudo bem... — Riu, enquanto o garoto procurava por algo em sua mochila.

– Aqui está... É pra você. — Sorriu ao tirar e dar um ursinho de pelúcia para a garota.

– Obrigada! — O segurou. — Mas você não vai sentir falta dele?

– Ele já me fez bastante feliz, está na hora de fazer outra pessoa feliz também.

– Muito obrigada. — Abraçou o ursinho, que era macio. — Qual é o seu nome?

– Jeon Jeongguk. E qual é o seu?

– Jung Mi Sun. — Sorriu, ainda apertando o ursinho em seus braços.

– Me prometa que não ficará mais triste, está bem? Agora você tem o ursinho.

– Eu prometo. Eu não ficarei mais triste, pois agora eu tenho o ursinho. — Disse, do jeito que aquilo parecia um lema.

– Ótimo. — Riu de forma adorável. — Nós conversaremos na sala, então. Até, Sun.

– Sim, até... — Riu também.

Se levantou feliz daquela escada, e não ligou ao passar pela roda de crianças de mentes ruins que estavam em sua frente, pois agora ela havia conseguido um amiguinho, e ainda um ursinho de espuma muito macio, que tinha sua gravata azul em estilo borboleta. Quando o recreio se deu fim, todos seguiram para a suas salas, e ela foi feliz, sabendo que agora teria alguém para falar. Seu dia, como ela havia imaginado​ antes, foi bom.

A tarde, deu a hora da saída. Todas as crianças foram correndo para o portão indo abraçar seus pais, e com a pequena garota não foi diferente, viu sua mamãe e saiu correndo em sua direção, dando-lhe um abraço forte e caloroso. As duas logo entraram no carro, e quando se sentou, Mi Sun não parava de mexer seus pequenos e fofos pés.

– Como foi o seu primeiro dia de aula, filha? — Disse, a olhando pelo espelho do retrovisor.

– Muito bom. A senhora viu que eu ganhei um ursinho, mamãe? — O mostrou.

– Eu vi, querida. Quem lhe deu?

– Meu amiguinho, Jeon Jeongguk. — Ela abraçou o urso. — Ele é legal, mamãe.

– Que bom que já tem um amigo. Isso, então, fez o seu dia ser bom? — Sorriu.

   – Sim, um dia bom com um ursinho.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...