História Pronta para mudanças? - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Amor, Colegial, De Nerd A Popular, Mudanças, Romance Adolescente, Rótulos
Exibições 5
Palavras 1.046
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 2 - Capitulo 01: Desafio?


O resto dia passou rápido até demais, não que seja ruim, pois não foi nem um pouco, cheguei em casa cansada, minha mãe não estava em casa subi para o quarto e me joguei na cama, eu estava acabada, e por algum momento eu pensei em Griffin, não sei porque pensei, parecia um aviso, um pressentimento.

 Então lembrei que não tinha almoçado, desci e preparei algo para comer, depois subi para o quarto e comecei a ler até dar 13:00 da tarde, que era quando começava as aulas extras de matemática no clube, assim fiz, meu despertador tocou como aviso e eu fui até o banheiro.

Tomei um banho demorado e depois saí em busca do closet, vesti uma roupa qualquer e desci, peguei a chave do apartamento onde morava e sai em direção a escola, tranquei a porta e segui meu caminho, ao chegar lá vejo todos do clube e alguns alunos problemáticos.

Esse ano o clube estava mais cheio o que era bom, o ruim é que Griffin e os amigos estavam presentes nele, de longe pude ver Tyler, Taylor, Paul e Logan, e longe de tais pessoas estavam meus amigos, fui em direção dos mesmos vendo os meninos cochicharem algo, ignorei e segui em frente.

– Olá – Sorri para meus amigos que sorriram e acenaram em resposta – Vocês viram?

– Para onde Griffin Ivanov vai, o grupo vai atrás – Diz Al.

– Mas ora Alfred não lembra do que aconteceu mais cedo? Pare de provocar – Diz Denna, ela sempre foi a mais calada do grupo, ela era tímida não importava com quem fosse.

– Estou apenas destacando os fatos – Ele diz meio sem jeito.

– Destaque os seus fatos e pare de falar da vida dos outros – Denna dá bronca fazendo o maior se encolher, Al era um ruivo alto e gordinho que faz parte do nosso grupo desde sempre, ele sempre sofreu preconceito por ser acima do peso e ser nerd.

Denna era magrinha, tinha pele pálida e cabelos castanhos clarinhos, Nelly era loira e sempre andava com os cabelos amarrados, ela era mais morena que eu, era alta e considerada feia por todos, Fred era um cara bonito, usava aparelho tinha algumas espinhas, era loiro alto e branquinho, não usava óculos e Peter era negro, tinha cabelos encaracolados e grandes, usava óculos e era alto.

Observamos o grupinho ao nosso lado que conversavam e soltavam algumas risadas, o professor chegou e abriu a escola, todos entramos e fomos aos nossos lugares, as mesas eram dublas e o professor sempre formava as dublas no começo do ano, então ele foi até sua mesa e encarou a todos nós.

– Bom dia turma – Ele sorriu – Vejo que a sala está com mais pessoas que o normal.

– Quer dizer que só tinham eles aqui? – Pergunta Griffin fazendo todos virarem para encara-lo, ele e os amigos estavam bem sentados uns ao lado dos outros.

– Sim, algum problema Sr. Ivanov? – O professor perguntou sério, o de olhos verdes deu de ombros.

– Nenhum – Ele diz e ri baixinho.

– Como os veteranos sabem vamos separar as dublas de carteira, já que temos alguns aqui que não se importam com a matéria, infelizmente terei que os juntar com os interessados, sinto muito pessoal – O professor mantinha sua pose séria e concentrada – Vamos para as dublas. Paul e Nelly. Alfred e Tyler. Frederik e Taylor. Logan, Denna e Peter e por último, Griffin e Paige

– Professor – Todos olhamos para trás e quem chamava era Griffin, ele pegava as coisas no chão e levantava-se da cadeira – Quem é Paige? – Ele pergunta e o professor aponta para mim, ele então vem até minha mesa e joga suas coisas no chão, ele se senta ao meu lado e me olha sorrindo.

O Professor começou a aula e eu anotava tudo em meu caderno.

– Vem cá, você anota tudo que o professor explica? – O colega ao meu lado tenta puxar assunto.

– Sim, você devia fazer o mesmo – Digo concentrada.

– Porque eu deveria? – Ele pergunta tentando me irritar, eu o olho séria.

– Porque é importante – Digo e volto minha atenção ao professor.

– Tudo para vocês nerds é importante – Ele diz e eu o olho raivosa.

– Ok, você puxa assunto comigo e depois vem insultar meu grupo? – Digo já irritada com ele, o rapaz sorriu – Porque está sorrindo?

– Pensa que mete medo em alguém? Ou melhor, pensa que mete medo em mim? – Ele diz e eu me encolho – Devia saber com quem você fala, não sou um deles, eu tenho um grupo, eu posso achar você e...

– E agir como o covarde que você é – Digo e viro para a louça novamente, ele fica calado, e começa a copiar a matéria.

– Porque você se veste assim? – Ele novamente puxa assunto.

– Porque não me sinto bonita o suficiente para me vestir como suas amigas líderes de torcida – Digo e ele me olha.

– Pensei que fosse apenas por falta de senso de moda – Ele diz e eu reviro os olhos, a aula acaba e todos nós saímos – Sabe Paige – Continuo escutando a voz de Griffin e quando olho ele estava do meu lado – Se for ser minha colega de cadeira podia tentar se vestir melhor não acha?

– E você deviria ser menos burro – Digo e tento desviar do mala.

– Isso é um desafio?

– Chame como quiser – Digo rígida.

– Posso ser inteligente

– Nem com a melhor professora do mundo – Digo e continuo a caminhar, mas agora em direção a minha casa.

– Desafio aceito, te ajudo a ficar bonita e você me ajuda a ficar inteligente o que acha? – Ele faz a proposta e eu reviro os olhos.

– Não

– Promete que vai pensar?

– Não, porque não vou

– Por favor Paige, eu posso te mostrar como posso sim ser inteligente e você além de levar o credito de ser minha professora ainda vai ficar linda com minhas dicas de moda – Ele diz convencido.

– Não.

– A vamos?

– Não vai parar até conseguir o que quer certo? – Pergunto e ele assente.

– Vamos tentar, não custa nada – Ele diz dando seu melhor sorriso.

– Ok, penso no seu caso – Digo e ele vibra.

– Isso.

– Falei que ia pensar, não que vou aceitar – Digo e ele tenta se acalmar.

– Ok, pensa com carinho beleza? A gente se vê amanhã – Ele diz e corre de novo em direção da escola.

– É cada uma



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...