História Proposal {Hiatus} - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jimin, Namjin, Taegi, Vsuga
Exibições 176
Palavras 1.731
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura!!

Capítulo 12 - Loving!



  Yoongi estava mais do que cansado. Estava exausto. Não conseguia dormir. Pensava em tudo que era relacionado a sua vida. Em sua família. Em seus amigos. Em Taehyung. E em como seria bom senti os lábios do loiro mais uma vez nos seus, enquanto as mãos do marido passando por sua cintura lhe causando arrepios por todo os corpo. E depois iam descendo até seu membro e...

  Deixou de ter esses pensamentos impróprios por conta do barulho que ouviu do andar de baixo. Era três da madrugada e se assustou novamente quando ouviu mais uma vez o barulho. Se levantou da cama; se enrolando em um cobertor. Porque ele não iria desce só de cueca lá pra baixo. Apesar que iria do dé cueca pro quarto de Taehyung.

  Desceu as escadas sem um pingo de medo e deu um pulo ao ouvi mais uma vez o barulho. Aquilo já estava o irritando. Quem tanto fazia esse barulho? Não via que estava tarde pra fica andando por aí. Pensando bem ele não podia dizer nada, estava naquele momento, as três da manhã, tentando descobri quem é que faz aquele barulho.

  Andou mais um pouco, e pode percebe que o tal barulho era o som de um violão. Um som calmo, e que o fazia querer deita naquele chão e dormir ali mesmo sem se importa se o azulejo estava sujo ou não. Só queria pôde ouvi aquela melodia até pega no sono.

  Viu de longe uma porta onde estava escrito: "Sala de Musica" e franziu as sobrancelhas. Desde quando tinha uma sala de música e ninguém o avisou? Depois de fotografia e gastronomia, ele adorava canta. Tinha um caderno com mais de cem músicas de sua autoria. Mesmo preferindo rap ao canto, adorava ouvir a voz das outras pessoas.

  Abriu de leve a porta e viu um loiro sentado em uma cadeira concentrado no instrumento. Yoongi sorriu de leve e se encostou na parede fechando os olhos e aproveitando aquela melodia linda que seu marido tocava.

  Quando não ouviu mais nada abriu os olhos vendo Taehyung deixa o instrumento no chão e pega alguns papéis. O loiro parecia triste e cansado. Olhava aqueles papéis com muito carinho, como se fosse algo muito importante para si.

  - Você toca muito bem. - Yoongi disse fazendo o olhar arregalados de Taehyung concentrar em si. - Porque parou?

  - Se não percebeu já está tarde pra fica fazendo barulho. - O mais velho disse revirando os olhos.

  - E mesmo assim você estava tocando, irônico não? - O moreno falou entrando de vez na sala e Taehyung o olha de cima a baixo mordendo os lábios.

  - Porque só está de cueca? - Perguntou Tae desviando o olhar e guardando os papéis em sua pasta. - Se esqueceu que tem criança morando nessa casa?

  - Que criança vai acorda as três da manhã pra me vê de cueca? - Yoongi cruzou os braços e o loiro passou a língua pelos lábios. O marido ficava muito sexy daquele jeito. Sexy demais. -

  - Va coloca uma roupa. Alguém pode te ver assim. - Taehyung disse enrolando ainda mais o corpo de Yoongi com o cobertor.

  - Que engraçado, porque nesse exato momento, "alguém" está me vendo só de cueca e estava quase babando. - o moreno provocou com um sorriso malicioso nos lábios e Tae riu fraco.

  - Eu sou teu marido. Que engraçado não? - o loiro retrucou revirando os olhos e o mais novo respirou fundo para não dá na cara do mais velho. Porque estava com uma vontade louca de amassa a cara de Taehyung.

  Yoongi olhou em volta ignorando completamente o loiro e andou até um piano muito lindo e aparentemente novo. Tocou algumas teclas e se sentou. Fazia anos que não tocava; desde que sua irmã adoenceu. Não tinha mais tempo pra perder com coisas desnecessárias. Mesmo amando toca piano e compor.

  - Não sabia que você tocava. - Tae disse indo até o mais novo. Yoongi riu e se sentou no banquinho se preparando para toca uma de suas tantas música.

  Começou lentamente, apenas tocando alguns das teclas mas logo se animou e fechou os olhos tocando as teclas mais rapido. O som saia como um feitiço; prendendo a atenção de Taehyung só para aquela música.

  A música era linda. Não tinha ouvido alguém toca tão bem como estavam tocando naquele momento. Era algo único. Uma música que com certeza ficaria na cabeça por muito tempo.

  Taehyung nunca imaginou que Hyun, logo Hyun, conseguia toca um piano tão bem. Era tão doce e suave que nem parecia seu marido ali. Parecia outra pessoa querendo mostra o que está sentindo apenas pela música.

  O loiro estava tão entregue a música que nem percebeu quando o moreno parou de toca e começou a observa-lo com as sobrancelhas franzidas. Tinha sido tão ruim assim? Tá certo que fazia anos que não tocava mas estava tão ruim?

  - Você é... Incrível. - Tae falou abrindo os olhos, que nem percebeu que tinha fechados, e sorriu como nunca tinha sorrido antes para seu marido.

  - Eu sei. Eu sei. - Yoongi disse convencido e Taehyung revira os olhos. Elogia Hyun é a mesma cosia que nada. - Brincadeira. Obrigado mesmo Tae. Faz tanto tempo que eu parei de toca. Tive que vende o meu antigo piano por motivos pessoais. Mas valeu a pena.

  Taehyung sorriu. Era a primeira vez que ouvi Hyun falando sobre si. Ou sobre seu passado. Ele sempre quis esconder isso; nunca se atrevendo a fala de sua família ou de como era quando criança. Sempre foi muito fechado em relação a isso.

  - Música é umas das coisa que eu mais amo depois de Cozinha e de Fotografia. - Suga foi falando tocando uma das teclas - Apesar que minha vida sempre vai ser dedicada a fotografia. Eu simplesmente amo tira foto ou só pega a câmera na mão e senti que com ela posso fazer algo bom do mundo, entende? Eu sei que é bobo mas é assim que me sinto. Você também se senti assim? - e olhou para seu marido que tinha a surpresa estampada em seu rosto.

  Yoongi sorria tão verdadeiro. Fala de algo tão importante para si o fazia sorrir como nunca. Mesmo que ele não fosse lá amigão de Tae, sentia que podia conta tudo para o mesmo. Era muito estranho. Mas ao mesmo tempo tão bom.

  - Eu me sinto da mesma forma.

  Quando Yoongi achou que o loiro não iria responder, pôde ouviu a voz rouca e baixa de Taehyung e se arrepiou por inteiro; sorrindo de leve. Era bom sabe que ele não era o único a se senti tão bem tirando fotos.

  - Eu queria muito volta a tira fotos. - falou suspirando triste. Tinha pedido seu emprego e agora estava na fila do desemprego.

  - Então porque não volta a trabalhar na empresa? Se você ama tanto assim fotografia, deveria volta. - Falou Taehyung dando de ombro.

  Sempre soube que Hyun odiava a empresa pelo simples fato de ele também trabalha lá. E sabia que sua presença não agradava nem um pouco o marido. Por isso Hyun tinha parado de ir pra empresa alegando que não queria passa nem um minuto na presença do mais velho.

  Taehyung tinha que admitir que no começou ficou bastante chateado que seu próprio marido não o queria por perto. Mas esse era o jeito de Hyun então pra que fica magoado por alguém que já o magoou o suficiente?

  Desistiu da sua relação com Hyun e continuou a viver sua vida como se nunca tivesse se casado. E mesmo morando com o mais novo, era raro os dois se tombarem pela casa e muito mais raro falarem algo um para o outro. Na maioria das vezes o assunto que tinham era só sobre Jimin e olhe lá.

  - Talvez eu volte. - Yoongi respondeu. Nunca ao menos tinha trabalhado naquela empresa.

  O moreno voltou sua atenção ao piano e tocou mais uma tecla. Se sentia triste. Aquilo estava lhe trazendo lembranças Boas mas ao mesmo tempo dolorosas, lembranças essas que ele fez de tudo para esquecer.

  - Eu tô com uma vontade enorme de te beija. - Taehyung sussurra no ouvido alheio o fazendo prender a respiração e se arrepia mais uma vez.

  - E melhor eu ir dormir. - o mais novo disse se levantando rapidamente e sentindo a mãos de Tae toca-lhe seu braço. - O que foi?

  - Hyun, porque não para de fugir de mim? - O loiro falou puxando o marido para mais perto de seu corpo.

  - E quem disse que eu estou fugindo? Ainda mais de você? - Yoongi falou sério tentando se solta. Mesmo querendo e muito beija Taehyung, ele sabia que era errado. Não por causa de seu irmão - ele nem ao menos se importava com Hyun -, mas sentia que estava iludido Taehyung ainda mais.

  O mais novo parou de luta quando enfim Taehyung colou seus lábios num beijo apaixonante e calmo. Não tinha malícia naquele simples sela de lábios. Ali tinha apenas amor entre duas pessoas que tinha medo de se machuca e de machuca um ao outro.

  E mesmo Taehyung já tendo sofrido o bastante por conta de Hyun, ainda continuava apaixonado pelo menos. E isso ele não podia e não iria mais nega. Queria Hyun apenas para si. E esperava que seu marido não estivesse lhe enganando mais uma vez. Porque ele não aguentaria mais uma mentira. Não mesmo.

  Ja Yoongi se sentiu a pior pessoa do mundo, por esta mentindo e enganado tantas pessoas. Principalmente Jimin e Taehyung. O moreno nunca achou que os dois se tornariam tão importante para si em tão poucos dias.

  O mais novo queria fica naquela casa para sempre. Queria pôde vê Jimin e JungKook crescerem. Pôde cozinha mais vezes com SunHee. Brinca mais com Bambam, Jackson e Mark. Conversa mais com a pessoa incrível que era Jin. E por último e mais importante, queria poder passa mais tempo ao lado de quem estava apaixonado. Porque no fim de tudo, ele acabou se apaixonado por Taehyung. Este que era casado com seu irmão. Mas o pior de tudo é sabe que Tae amava Hyun. Isso dava pra perceber de longe. Taehyung sempre foi e é apaixonado por nada mais e nada menos que Hyun.


Notas Finais


Espero que tenham gostado e desculpe qualquer erro.

Bye bye ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...