História Proposta Aceita - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Dan Kato, Deidara, Fugaku Uchiha, Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Ino Yamanaka, Itachi Uchiha, Kakashi Hatake, Karin, Kizashi Haruno, Mebuki Haruno, Mikoto Uchiha, Naruto Uzumaki, Orochimaru, Personagens Originais, Sai, Sakura Haruno, Sasori, Sasuke Uchiha, Tsunade Senju
Tags Proposta Aceita, Sasusaku
Visualizações 168
Palavras 1.814
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Hentai, Lírica, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Como será o convívio desses dois em?
😌😌😆

Capítulo 4 - Conhecendo melhor


Fanfic / Fanfiction Proposta Aceita - Capítulo 4 - Conhecendo melhor

Após eu assistir quase todos os episódios ouço vozes e pessoas entrando na sala de estar onde eu me encontrava,e um grito me chamando.

- TESTUDA cheguei -Ino gritava.

- Eu não sou surda Porca - falei voltando minha atenção para a TV.

- Sakura, eu não acredito que você ta assistindo as séries sem mim, sua vaca- me olhava sério - temos visitas, entrem meninos.

- Relaxa essa aqui você não curte, e a qui tem zumbi, - pausei a série e me levantei indo até a cozinha -entrem meninos a casa e de vocês.

- O que deu em você? - fitou me- para e você? .

- Não reclama Sasuke - disse Itachi.

- So to sendo legal ta - gritei da cozinha - porca eu e as menina vamo na boate sexta bora?

- Boate demoro, que horas - ela perguntou.

- Elas vão vim se arrumar aqui então não sei ainda - falei voltando da cozinha e sentando no sofá com um balde de pipoca -Aceitam?

- Não valeu - os dois responderam.

- Ino mostra o quarto pra eles la - falei, percebi que Itachi tava me encarando - Perdeu alguma coisa?

- Não, e que não percebi que você tinha tatuagens - sorrio de leve.

-Não so uma, tenho 4 essa no meu braço, uma na costela até o quadril, essa na minha cintura - falei abaixando o short pra ele pode ver melhor - e essa no pulso.

- gostei -sorriu malicioso - Eu e o Sasuke também temos.

-Nossa legal posso ver? - perguntei

- A minha nem sonhando - sasuke disse.

- Quem sabe depois, agora vamos para o quarto ok.

- Eu levo vocês - falou a Ino.

Ino levou eles para o quarto e depois mostrou o apartamento todo, isso demorou umas meia hora, e eu fiquei apenas no sofá até que o careta desceu às escada apenas de calça deixando seu peitoral e o seu abdômen definido com uma bela tatuagem amostra, sem notar observei todo o seu corpo até meus pensamentos serem cortados.

- Babá não - ele disse me dando um sorriso provocador.

- Baba em que? - falei revirando os olhos e mordendo meu lábio " Que corpo senhor".

- Então para de me seca. Nesse apartamento faz calor em - ele disse passando a mão em seu pescoço.

- Um pouco - meu Deus ta e queimando - eu vou dormi tchau.

Subi as escadas correndo e entrando no meu quarto. Pq ele tinha qui ser gostoso, se ele quer brincar de provocar ele vai ter o que merece.

(…..)

Mais um dia, levantei e me arrumei, coloquei uma minissaia com uma blusa de manga longa um cinto vermelho uma bota de salto e como sempre uma maquiagem leve, desci as escada e não vi ninguém, não dei importância fiz um café, após alguns minutos Ino descia ás escadas e vindo em minha direção.

- Bom dia saky - ela disse me dando um beijo na Buchecha.

- Bom dia, cadê os meninos? - falei após me levantar e pegar minhas coisas.

- Eles ja foram- ela disse depois de da o último gole no café - Vamos?

- Então Vamos.

(……)

Chegamos na empresa e logo avistei Hinata e Naruto conversando.

- Iae - dei um sorriso.

- O-oi c-omo es-tão - Hinata perguntava ficando corada.

- Iae magrela- dizia naruto com um sorriso.

- Estamos bem, Bom Amanhã nos vai naquela boate estão afim de ir? - perguntei.

- Claro, quem vai? -Perguntou naruto.

- N-ao sei - Hinata disse.

- Vamos Hina, vai todos os nossos amigos e vai ser divertido.

- E Hinata vai ser legal - Naruto deu um sorriso

- Tudo bem, eu vou - ela deu um sorriso.

- Nos encontramos la ok, eu ha vou indo - me virei e fui para o utimo andar.

Cheguei no último andar e la estava uma garota de cabelos vermelho que usava óculos, nao dei importância e sentei na minha mesa organizando alguns documentos. Ficamos ali até o Horário de almoço, me lentei e fui para a recepção até me deparar com o pai dos rapazes.

- Sakura, estava te esperando - falou Fugaku.

- Eu? - perguntei

- Sim, cadê o sasuke? Vamos almoçar todos juntos.

- Ele deve ta na sala dele.

- Você Poderia chamalo?- pediu me.

Não respondi apenas peguei o elevador e subi, quando chego la a garota qui deve ser sua secretaria não estava la. Tá no horário de almoço né Sakura dar, fui até a porta de sua sala e entrei sem bater, meu erro.

- Essa é a Visão do Inferno - falei, Sasuke estava transando com aquela garota na sua mesa, ele me olhou e logo em seguida saiu de dentro dela e jogou a camisinha no lixo - Ai que nojo.

- Não sabe bater - ele me fusilou.

- So vim aqui pq seu pai ta la na recepção te esperando.

- Você Poderia ter pelo menos deixado nos termina - a garota falou.

- Qui eu saiba aqui não é motel e muito menos puteiro para garotas como você ta aqui ok - falei revirando os olhos.

- Você me chamou de que ? - ela me encarou.

- Além de puta e surda - respondi.

- Karin e melhor você ir nos vemos depois - sasuke disse.

- Não precisa eu qui to sobrando aqui, era so avisar mesmo tchau.

Me virei a sai da sala peguei o elevador e antes que a porta fechasse sasuke entrou, o silêncio nos rodiada naquele elevador até ele me empurrar na parede e falar.

- Nunca mas entre na minha sala sem bate.

- Ui qui medo, o que você vai fazer - falei empurrando ele para o lado e saindo.

- Vocês demoraram em…O que estavam fazendo - fugaku perguntou.

- Nada de mais - falou o Sasuke.

- Não seja modesto sasuke,fale para o seu pai - falei o provocando.

- Pode falar Sasuke.

- Eu estava apenas tra… - eu o cortei.

- Ele estava trabalhando - dei um sorriso e me virei, quando vi a vaca ruiva saindo do elevador e indo para fora da empresa - eu vou almoçar.

- Pq não almoça com nós?

- Nem pensar.

- Claro senhor Uchiha - falei com um sorriso vitorioso.

- Então Vamos, e cadê os bons modos em Sasuke.

(……)

Autora ON

Após aquela conversa, Sakura, Sasuke e o Sr Fugaku foram para um restaurante um pouco longe dali, assim que entraram o atentedente levaram para sua mesa que ficava no centro do restaurante, o lugar era incrível tinha poucas pessoas um balcão com bebidas um bufe logo ao lado era um lugar bonito e aconchegante menos para Sakura qui odiava esse tipo de lugar e ambiente com poucas pessoas.

- Espero que goste daqui e o restaurante favorito de Sasuke - mais um motivo para Sakura odiar.

- Ela não precisa saber da minha vida ok - Sasuke era o tipo de cara que mesmo nao querendo se casar faria a vontade do pai, mas não facilitaria.

- Bom que tal comermos camarão? -Perguntou o Uchiha mais velho.

Por um momento sakura ficou em estado de choque, ela tinha alergia a camarão e se come si ficaria inchada e poderia até parar no Hospital. - Pode ser outra coisa, ham sou alérgica a camarão - falou sem graça.

- Hora, hora então vamos pedir camarão - ele falou rindo, e percebeu qui pela primeira vez sakura ficava paralisada e tremendo o que deixou o Uchiha assustado- estou brincando relaxa.

- Bom então peça o que quiserem - Fugaku recebeu uma ligação e logo dr voltou para nos - desculpe mas tenho que resolver um assunto então nos vemos depois - ele saiu e falou com o atendente.

- Ele sempre faz isso - Sasuke disse sério e se virou para Sakura - O que aconteceu para você ter tanto medo de um simples camarão.

- Isso não é da sua conta - sakura falou meio sem graça, e o garçom se aproximou.

- O que vão querer? - garçom perguntou.

Eles fizeram os pedidos e Sasuke continuou a persistir - Ui ta com medo de eu usar isso ao meu favor? - ele falava em tom irônico .

- Eu com medo de você? Me poupe ne Uchiha careta - ela deu um sorriso.

- Então me conte soltodo ouvido - falava curioso.

- ta bom careta.Quando eu tinha nove anos, no almoço de casamento dos meus pais, eles resolveram fazer camarão com outros tipos de pratos, eles não sabia qui eu tinha alergia e ai tava o problema após eu comer, eu e Sasori fomos brincar, até que minha alergia atacou e eu tive meio que uma parada cardiaca, aí quando acordei tava no hospital por sorte eu cheguei rápido caso contrário eu poderia ter… bem você sabe - Sakura parecia tensa.

- Nossa, me lembre de não usar isso ao meu favor ok - ele dizia rindo o que faz Sakura rir.

- Eu tenho pavor de camarão, por isso fiquei naquele estado, desculpa.

- Haruno sakura pedindo desculpas, vou ganhar o oscar - falava rindo.

- Ei rum, para de rir - Sakura acabou rindo junto - E você e o seu irmão?

- Que qui tem? -falava dando uma garfada.

- Ha sei la, tipo como e o relacionamento de vocês?.

- Normal, nos somos amigos, mas ele e um completo idiota principalmente quando o assunto e mulher mas ele sabe aconselhar.

- Ele também tranza com a secretaria? E ela e boa no oral - falava dando um sorriso e logo em seguida rindo .

- Esquece essa história ok, eu nem sei pq ainda fico com ela, e so quando eu axplodo e preciso esquecer tipo o casamento, mas isso não é da sua conta.

- Nossa, mas pq você quer tanto esse casamento? - sakura perguntava.

- Meu pai quer qui eu tenha minha própria empresa e que me case, e quando eu voltei de viagem e resolvi tentar trabalhar na minha area, mas meu pai não permitiu e falou que não queria que o filho dele trabalhasse como produtor eu acho uma boa profissão mas não para ele, então resolvir tentar ser um bom filho para ele e minha mãe, na minha família so tem advogados, engenheiros, juízes esses tipos de pessoa, e so podem casar com mulheres dignas dos Uchiha. - Falava sem expressão - e o seu o interesse nesse casamento?.

- Meu pai disse qui se eu me casasse ele deixaria eu atoar na minha profissão qui e Medicina, e que ajudaria eu a ter meu próprio hospital e se bem qui eu to fazendo isso mas pra ele ficar perto de mim, ele sempre gostou mais do Sasore do que de mim, por isso sai de casa aos 16 - Falava com um olhar triste mas com um sorriso.

- Você sai ganhando mas do que eu, e você tem uma ótima vida, tem amigos e tudo mas - Falava a incentivando.

Eles continuarão conversando mas do que esperavam e chegaram bem tarde depois do almoço, mas nem um dos dois reclamaram pela companhia um do outro.

(……)


Notas Finais


Espero que tenham gostado
Beijocas e tchau


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...