História Propriedade De Traficante - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias MC Kevinho
Personagens MC Kevinho
Tags Amanda Hummer, Mc Kevinho
Exibições 27
Palavras 913
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Policial, Romance e Novela, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Linguagem Imprópria, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa Leitura

Capítulo 10 - 10


Fanfic / Fanfiction Propriedade De Traficante - Capítulo 10 - 10

A r a b e l l a 

1 Semana Depois ....

Havia se passado 1 semana desde o meu quase estrupo pelo Pedro , o mesmo ainda ronda o morro mais não se atreve a falar comigo , Fábio deu um trato nele e o mesmo está cheio de hematomas pelo rosto e corpo e naquele mesmo dia eu virei uma vadiazinha e só de pensar na reação da minha mãe meu coração se quebrava em pequenos pedacinho isso doía tanto .

Flash Back 

Estava sentada na varanda da casa do F7 , olhava o horizonte enquanto chorava silenciosamente eu quase fui estrupada dentro da minha casa e minha mãe estava com uma doença pior e com tratamentos caros que eu não sei de onde eu vou arranjar a merda do dinheiro a minha vida não podia está pior não mesmo , sinto o calor de um corpo ao meu lado e passo a mão no rosto secando as lágrimas .

K9 : Não precisa fingir que não estava chorando eu vi _ Fala me olhando 

Arabella : Sim , porque não posso fingir? você liga? _ Pergunto curta e grossa 

K9 : Deixa de ser bruta , eu não me importo mais não é isso que eu queria falar com _ Fala irritado olhando pra frente

Arabella : E o que o famosinho quer comigo ? _ Pergunto me virando pra ele 

K9 : Eu fiquei sabendo da sua mãe e do tratamento dela e queria te fazer uma proposta _ Fala se virando pra mim

Arabella : Eu to te escutando vai falar ou tá difícil ? _ Pergunto grossa 

Eu juro que não estava com nenhuma paciência pras babaquices desse ridículo , mais estou curiosa pra saber sua proposta .

K9 : Simples você vira uma das minhas vadias e em troca eu te dou dinheiro _ Fala com um sorrisinho sacana      

Arabella : Claro que não , eu não vou virar putinha de traficante _ Me exalto com raiva 

K9 : Tanto eu quanto você sabemos que não vai arranjar essa grana fácil _ Fala dando de ombros _ Mais quem precisa é você não eu _ Fala debochado se virando de novo 

K9 tinha razão eu não tinha como conseguir o dinheiro e era eu quem precisava , mais eu não queria que minha mãe me visse como uma vagabunda que tivesse ódio de mim por mais que eu fosse fazer aquilo por ela , sim eu aceitaria por eu enxergo que realmente eu preciso desse dinheiro que ele venha a me oferecer e eu não queria minha única família embaixo de sete palmos de terra .

Arabella : Eu aceito _ Falo suspirando e vejo um sorrisinho no canto de sua boca _ Mais com uma condição , você não vaicontar a ninguém _ Falo séria o olhando 

K9 : De boas belinha _ Fala debochado se levantando 

Arabella : Me chama de belinha de novo e arranco isso que você chama pau _ Falo com raiva e saiu dalí trombando no mesmo que solta um risinho .

Flash Back Off

Ouço o som do despertador que me tira dos meus pensamentos , lento da cama com um pouco de pressa e entro no banheiro , tiro meu pijama e coloco no cesto  entro no box e tomo uma ducha quente rápida , saiu do mesmo me enxugando e vou até meu guarda-roupa pegando um macaquito preto junto a uma lingerie de mesma cor e me vestindo , coloquei um sinto prato também e arrumei meu cabelo o deixando solto coloquei um chapéu preto e fis uma make um pouco chamativa calçei meus tênis embutido na cor branca e saiu do quarto com minhas coisas .
Entrei na cozinha e fiz umas torradas com suco de morango e comi rapidamente colocando as coisas na pia e saindo de casa .
Começei a descer o morro enquanto respondia uns cumprimentos do pessoal , na entrada avistei mau novo melhor amigo o F7 nos aproximamos muito nessa semana , corri até o mesmo e pulei em suas costas .

Arabella : Bom dia bebê _ Lhe dou um beijo na bochecha 

F7 : Bom dia coisa linda _ Fala me abraçando 

Arabella : Cuida da minha casinha volto mais tarde _ Fala saindo de suas costas 

F7 : Tá legal , se comporte criança _ Fala dando um sorrisinho com deboche 

Arabella :  Tudo bem papai _ Grito debochada 

Ando até o ponto e me sento em um dos bancos olhando pro lado que meu ônibus vinha , estava ficando impaciente meu ônibus não costuma demora muito e eu estava sozinha no ponto eu odiava isso , ouço um ronco de moto e olho pra frente dando de cara com K9 e rolei os olhos .

K9 : Não tá na hora da mocinha tá na escola _ Falo com um sorrisinho de lado 

Arabella : Não está na hora do vilão ir trabalhar _ Falo com deboche 

K9 : Seu deboche me irrita _ Falo revirando os olhos 

Arabella : Você me irrita , agora pode ir _ Falo revirando os olhos , tinha vontade de soca a cara dele

Assim que o mesmo iria se pronuncia meu ônibus chegou , dei glória aos céus e adentrei o mesmo pagando minha passagem e indo pro fundão com os olhos de K9 me acompanhando , um verdadeiro idiota ainda deu aquele sorrisinho que me irrita babaca . .  


Notas Finais


Desculpa o Capítulo pequeno , beijos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...