História Prostitute ° Taekook° - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens D.O, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V, Xiumin, Zico
Tags Babyboy, Bangtan Boys, Crossdresser, Jimon, Lemon, Minjoon, Monmin, Nammin, Pra Mim Hoseok É Hetero, Taekook, Yoonjin
Exibições 546
Palavras 531
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Escolar, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Slash, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Cross-dresser, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Incesto, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 18 - Kook, você está aí?


Fanfic / Fanfiction Prostitute ° Taekook° - Capítulo 18 - Kook, você está aí?

Pov kookie. 


Era uma afronta meu coração se apertar, era horrível ter que sentir isso. Agora eu entendo, minha escolha errada é a certa. Eu devia lutar por Taehyung e fazê-lo mudar, eu posso fazer isso. Eu só deixei meu coração se confundir, nam é meu irmão e  certamente, ele fazia os garotos cegamente se apaixonarem perdidamente  por si e... Como um bom imbecil, dizia amar a todos... Certo? Nutrir sentimentos por alguém que ama a todos é tolice. É como passar máscara fácil de quinta. No final, acabamos chorando e com o rosto inchado.

O que mais eu poderia fazer? Ele provavelmente havia dormido com outra pessoa, eu julguei Namjoon como uma escolha certa. E a partir de hoje eu o responderia com uns simples "sim, não, não e sim"  seria como um chefe emburrado e acima de tudo, eu irei mudar Kim Taehyung. Nem que eu tenha que fazer uns voodoo pesado, eu seria a escolha certa da minha escolha errada, confuso... Não? 

E como um bom idiota que sou, sabia que ele não se sentia afetado pela minha tristeza... E mesmo assim, como um imbecil,  eu deixava o meu coração apertar. 

Então vou me dedicar a lei do foda-se, a parte da história em que ninguém fere meu ego ou me deixa truste, isso é cliché e desnecessário para meu bem estar. 

— kookie a gente... Pode conversar? — escuto a voz de Namjoon abafada do outro lado da porta. 

Abro sorriso mais falso que os grandes peitos da primeira namorada de Namjoon, abri a porta e ele me olhou surpreso. 

— E-E-eu... 

— por que gagueja tanto Namjoonnie? — sorri mais aberto. — está tarde não é hyung? 

— é que...

— não precisa me explicar nada, bobinho. — um gesto bobo com mão. — está tudo bem e tenho um trabalho a fazer. — apontei para a montanha atrás de mim. — se não se incomoda... 

Eu não esperei a resposta, apenas fechei a porta e fui para frente do computador. E Não, eu não estou indo estudar...estou indo atrás das contas de Taehyung em redes sociais, nem que eu fosse parar na Deep Web para achá-lo, mas que eu ia achar, eu ia. 

Eu podia começar por um site de prostituição? Meio óbvio de mais. Comecei pelo Facebook, nada, Twitter e nada. 

Liguei o rádio, para me acalmar um  pouco, estava tocando Scorpions. Deixei lá e voltei minha atenção para tela. Algum deus sagrado deve ter me escutou minhas orações, pois eu encontrei o Instagram do viado mais conhecido como Taehyung. 

(Chat) 


UmUsuário: Taehyung, sou eu...kook. 

UmUsuário: Eu devia fazer um draminha básico né? 

UmUsuário: olá, eu sou o superman.

Taekim: jura?! Pensei que era o batman. 

Taekim: mas o que quer de mim, kook? 

UmUsuário: eu queria te contar algo muito importante. 

Taekim: conta. 

UmUsuário: eu hodtiw dr voce. 

Kimtae: oi? Desculpe eu não entendi. 

UmUsuário: Taehyung, eu gosto de você. 

KimTae: engraçado, né? Porque eu também gosto muito de você. 

(chat off) 

AÍ MEU DEUS, já posso morrer feliz. Não pera, eu não posso morrer ainda...afinal, o senpai gosta de mim, euzinho, muá, myself. 

— kook, está aí? — ouvi a voz de Namjoon.  

— não. 


Notas Finais


Quantos ensinamentos eu, tia Moon, passo para vocês, não?

Bom, boa noite para vcs... Pq eu vou ficar até tarde estudando para a recuperação de história.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...