História Prostitution × NamJin - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Jin, Rap Monster
Tags Boate, Desaparecimento, Dinheiro, Luxo, Namjin, Ódio, Prostituição, Sexo, Violencia, Yaoi
Exibições 101
Palavras 590
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


desculpe qualquer erro

Capítulo 2 - Dul


<<Kim>>

era engraçado como SeokJin tinha apenas 16 anos e conseguia sair por ai bebendo, eu com 20 não posso nem sair de casa direito, com esse tempo raro que eu podia sair de casa, eu o observava, ele era tão meigo, seu sorriso era a coisa mais bontinha do mundo e sua pele, sua pele é tão branquinha e macia, mas eu percebi que na mesma havia várias marcas e com certeza meu pai deve pegou forte em seu branço e o bateu, cretino. Eu o beijei mas o mesmo não queria corresponder, eu passei minha mão indo até sua saía e dando tapa em sua bunda e apertando a mesma, ele abriu um pouco da sua boca formando um 'o' e eu passei a minha língua pela mesma, ele relutou em parar o beijo mas eu o agarrei com força e o mesmo cedeu, o beijo era calmo por mais que eu queria que fosse feroz e aumentasse o clima e assim eu fiz, o beijei com mais vontade o jogando na minha cama e o pretendo com os acessórios. ele não queria isso, mas não tem escolha. ele é apenas meu agora, minha putinha.

Rasguei o seu casaco azul e a saía depois jogando no chão e fazendo o mesmo com a sapatilha e o arquinho, depositei beijos da sua barriga até seu pescoço deixando um chupão e mordidas por ali, seus gemidos estavam me deixando excitado, ele está gostando disso, talvez.

O virei de costas para mim e empinei sua bunda e peguei um vibrador, que bonitinho, ele ainda é virgem. Coloquei dois dedos na boca e enfiei um dedo em sua entrada e o mesmo gemeu alto, depois o segundo. Movimentei os dedos em estilo tesoura e vai e vem, enquanto a minha outra mão masturbava seu pênis. Adentrei o Vibrador e o deixei vibrar, ele se contorcia, mas não sei dizer se era por dor ou prazer, eu acredito que seja pelo prazer. Alguém bateu na minha porta e eu fui ver, que saco é o meu irmão mais novo, o segundo Kim mas Kim Namjoon!

Kim: O que você quer Inferno?!

Kim Namjoon: diminua o barulho, eu estou tentando estudar!

Kim: o problema não é meu, estude no Quintal!

Kim Namjoon: Você não deveria nem estar transando aqui dentro!

Kim: se foi o papai que me trouxe o garoto, eu tenho di- Vaza daqui!

Kim Namjoon: GAROTO? QUE GAROTO? KIM, ABRA ESSA PORTA AGORA!

Eu não aguento ele, nem deveria ter nascido, foi completamente um erro, eu deveria ter deixado ele morrer e não deixar ele com problemas na perna, adora se meter na minha vida, procurar uma pau para se esfregar, ele não quer.

Tinha me esquecido do vibrador em SeokJin, o mesmo estava com o rosto enfiado no edredom e apertando a mão nas correntes da algema. Voltei a minha cama e retirei o vibrador e me posicionei nele, escutei seu grito abafado em meio o edredom e continuei, mas indo mais rápido, dando estocadas fortes, seus gemidos abafados me fazia querer o foder mais ainda, cada vez que eu fazia nossos corpos se chocarem tapas eram distribuídos em sua bunda e arranhões em suas costas. quando cheguei meu ápice, destravei as algemas e fui tomar outro banho.

Yuki: Kim, desce aqui. Precisamos resolver algumas coisas!

eu tranquei a porta e desci, ao encontro do meu pai. Eu odeio esse cara, me faço de bom filho para que ele me dê mais atenção e não pro Namjoon, eu odeio os dois.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...