História Prova de Fogo - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais
Tags Ally Brooke, Ashley Benson, Camila Cabello, Camren, Claire Holt, Dinah Jane, Elizabeth Olsen, Lauren Jauregui, Logan Lerman, Normani Kordei, Vero Iglesias
Visualizações 319
Palavras 716
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Colegial, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Policial, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yuri
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Então, quero que fiquem cientes de que a partir de agora será hots, Camila falou os locais e cada capítulo será para esses locais ok?! Serão pequenos tá.

Não serei culpada por danos no meio de vocês KKKK

Boa leitura e erros arrumo depois ❤

Capítulo 17 - 17 - Hot


Enzo Jauregui Point of View

Me sentei na poltrona bem afasto de Camila, peguei um copo de whisky com dois cubo de gelo, ela me encarava quando tomava o vinho em sua taça. Aquela sala estava esquentando, ela cruzou as pernas e sorriu quando me pegou olhando para elas.

- Você sentou longe porque está com medo ou não quer me mostrar o quanto ficou excitado com o que eu falei?

- Eu não estou com medo e nem excitado. - Ela soltou uma risada e ficou em pé, tirou a jaqueta jogando no sofá.

- Quanto tempo faz que você não transa? - Arquei a sobrancelha, ela foi para trás de mim e pôs as mãos em meus ombros. - Você está tenso.

- Não interessa quanto tempo faz que eu transei.

- Bom, a gente transou ontem mas eu quero saber com quem você andou transando o tempo em que eu não estava aqui.

- Você deveria saber né?!

- Tá, eu fiquei de olho em você esse tempo todo e a última que você transou foi com a professora de física da nossa filha. - Cravou suas unhas em meu ombro me trazendo gemer com a dorzinha. - E eu fiquei tão irritada Jauregui, sabia que eu tive que me segurar para não mata-la?

- V-você...

- Quase matei mas não fiz. - Saiu de trás de mim e pegou sua taça bebendo o resto do líquido. - Me fala, ela transa bem?

- Pra que quer saber disso?

- Vamos combinar que aquela mulher não sabe dá uma chupada nada legal. - Arquei a sobrancelha surpreso não como ela falou mas sim por ela saber disso.

- Como sabe? - Tirou o copo da minha mão e colocou na mesinha de centro.

- Porque eu fui pra cama com ela. - Arregalei os olhos. - Eu queria ver se aquela vadia transava bem. - Se abaixou na minha frente, ficando de joelho no chão, passou as mãos por minha coxa e parou com as mãos em meu cinto. - Vou te mostrar o que é uma chupada gostosa, apenas relaxe.

Suspirei, Camila havia me deixado excitado apenas de joelhos alí e falando aquelas coisas, ela tirou meu sinto e desabotoou minha calça, abaixou o zíper e me encarou.

- Quando me envolvi nessa vida...- Prendeu o cabelo em um coque frouxo, deixando alguns fios de cabelo soltos. - De "mafiosa" - Fez aspas com os dedos. - Conheci várias coisas e várias pessoas. - Puxou minha calça para baixo, deixando no meio das minhas coxas. - Mas teve uma mulher quem me ensinou tudo o que sei hoje. - Arquei a sobrancelha. - Shay.

- Namorada da Jennifer? - Ela assentiu. - Foi pra cama com ela também?

- Na verdade fomos Jennifer, Matt, Shay e eu.

- Espera, vocês...

- Tivemos uma noite maravilhosa. - Fiquei surpreso. - Mas deixamos isso de lado, agora eu quero que você feche os olhos. - Suspirei novamente e fechei os olhos. - Apenas sinta meus toques, e não abra os olhos.

Suas mãos puxaram o cós da minha cueca e abaixou lentamente, suas mão envolveu meu pau segurando firme, colocou para fora.

Eu estava duro, meu pré-gozo escorreu pelo meu pau, sentir os dedos de Camila passando pela cabecinha onde espalhou o líquido, ela começou a movimentação de cima para baixo, de baixo para cima.

- Duro e grande. - Sussurrou próxima a minha boca e depositou um selinho em meus lábios. - Agora, apenas sinta.

Sua boca engoliu meu pau, o local quente, a sua saliva me fizeram quase gozar, eu queria olhar mas de olhos fechados é bem mais gostoso.

Joguei a cabeça trás, sua boca subia e descia, suas unhas cravadas em minha coxa, ela soltou um gemido que pude sentir a vibração, não pude deixar e acompanhá-la e gemir alto.

Agradeço tanto aos céus por está apenas Camila e eu.

Devo admitir que aquela sim é uma verdadeira chupada. Meu corpo vibrou ao sentir Camila chupar um pouco mais forte, suas mãos subiram passando por debaixo da minha blusa, foi até meu peitoral e desceu arranhando, arquei um pouco minha coluna, sentir chegar ao meu ponto.

Segurei no ombro de Camila e gozei, dentro da boca dela, a sensação mais maravilhosa que tive, abrir os olhos e ela sorriu limpando os lábios com a ponta da língua.

- Agora o que acha da cozinha?


Notas Finais


E aí, o que acharam?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...