História Prove Me Right (2 Temporada) - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Moda, Musica, New York, Original, Viagens
Exibições 4
Palavras 1.087
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Escolar, Famí­lia, Festa, Ficção, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Depois de muita demora, eu sei! Finalmente postei cap novo...
Olhem as notas finais

Capítulo 5 - I Just Don't Know What To Do!


Fanfic / Fanfiction Prove Me Right (2 Temporada) - Capítulo 5 - I Just Don't Know What To Do!

Logan’s P.O.V.

Logo que meu pai saiu consegui respirar melhor, sei lá, ele ali dentro me fez perder a calma... Senti que minha mãe logo que o viu quis vazar, se foi uma desculpa aquele carregamento de roupas ninguém sabe! E agora tenho que dar um jeito de iniciar minha conversa com a Ky... Só não sei como!

Depois de alguns minutos os remédios para a dor do Ethan fizeram efeito e ele dormiu, o que fez a Lexy se despedir da gente:

- Vou indo viu Ky? Me liga quando tiver chegando em casa, que eu invado lá okay?

- Okay loira! Temos que falar da ligação que a Tracy me fez... Até mais tarde!

- Tchau Alexis! – Como sempre, ela me ignorou, essa garota é impagável!

- Tchau Logan! Devolva ela cedo!

- Não garanto nada... – Disse com uma piscada, já que ela sabe de tudo!

Ky estava no sofá, mexendo no celular e como eu não sabia o que fazer, fiquei caladinho, até que ela bloqueou o telefone e sentou ao meu lado na cama...

- Eu li a carta Loggy...

- Pela sua cara quando você chegou, eu percebi – Senti meu rosto ficar corado, mas não foi só o meu!

- Eu nunca suspeitei de nada, juro a você! Mas eu sabia que iria ir embora, no mesmo segundo que cheguei e com isso, não poderia ter um relacionamento com ninguém e o que eu fiz? Arranjei os melhores amigos que eu poderia imaginar e no momento que eu soube que teria que ir embora? Foi o pior momento de todos, mas eu não fiquei chateada só por ir embora e deixar a galera aqui...

- Então foi por quê? – Eu não sabia o que esperar daquela resposta...

- Foi ...

 

Dylan’s P.O.V.

Deixei a galera no hospital e fui me encontrar com a Emma, já que havia combinado de encontrar minha gata no aeroporto para irmos a São Francisco, ela tem que passar a semana lá com o pai e eu vou aproveitar para ver meus primos, mas tem o seguinte detalhe...

EU VOU CONHECER MEU SOGRO!

Sabe o que é fudeu? Porque simplesmente fudeu! Eu nunca fui desses de conhecer a família da minha namorada, mas agora vou ser obrigado a conhecer o senhor Nicholas Bradley!

Eu vou morrer, jornalistas tem suas fontes! Vai que ele conhece o Superman? Quem vai morrer é o lindo aqui! No caso, eu não sei se o Superman mata as pessoas, mas vai que ele abre uma exceção pra me matar? Eu não duvido, já fiz muita merda nessa vida, acho que nenhum Deus me aceita lá no céu mais, e ainda tenho minhas dúvidas se vão me aceitar no inferno!

Tudo bem, tudo bem, eu sei que preciso me acalmar, mas nada pode impedir o Superman de me matar!

Despachamos as malas e fomos pro Subway, estou morrendo de fome!

- Amor, você tá preocupado?

- Preocupado com o que princesa?

- Conhecer meu pai... – Sim, claro que sim! Quem não estaria quando você vai conhecer o pai de sua namorada?!

- Um pouquinho, mas eu consigo aguentar... Ligou pro Joshua?

- Ele vai nos buscar no aeroporto, junto com seus primos!

- Você quer me matar nessa semana né? Eu não fiz nada! Imagino se tivesse! – Ela riu

- São seus primos! E meus amigos! Você tem que os aturar mesmo que não quisesse!

- Talvez, eu só precisaria de um hotel e não a casa da minha avó! Simples...

- Hm... E essa opção ainda é válida? – Ela falou com um sorrisinho malicioso

- Infelizmente não. Só quando meus avós fugirem de casa, o que já aconteceu e conseguimos ficar com a casa só pra gente... E os meninos, se eles invadirem!

- Então vamos nos certificar de que eles não vão aparecer...

- Então o Josh nos deixa na casa do meu pai e de lá, despistamos o Raphael e o Glen... Eu dou um jeito no Josh e está tudo resolvido...

- Eu já disse que te amo?

- Já, e poderia dizer mais vezes né Dy?

- Haha! Te amo princesa!

- Também te amo príncipe! Vamos logo que nosso voo está sendo chamado e eu pretendo não perder meu avião por culpa sua! Para de me beijar Dylan! – Eu me afastei rindo e levantando as mãos em rendição – Porra, você viu?

- Calma amor! Vamos, não temos um voo pra pegar?

- Você não tava querendo ficar em Nova York?!

- Agora eu quero ir pra São Francisco, apoia?!

- Infelizmente sim! O MEU PAI nos espera...

- Tudo bem, agora eu fico em Nova York! – Fui voltando pra praça de alimentação

- Nem a pau mocinho! Pode vir! – Ela puxou minha orelha!

- Ai amor! Puta que pariu me solta Emma!

- Vamos pro avião e você não vai reclamar, até depois de conhecer meu pai ou ver seus primos! Qul vier primeiro...

- Tá... – Fiz bico

- Tão lindo de bico, meu deus! – Ela me beijou

- Eu aceito ficarmos assim pro resto do voo...

- Idiota! – Ela disse rindo e o piloto falou as instruções de voo...

 

Ky’s P.O.V.

Será que eu posso falar isso a ele? Realmente eu posso dizer que minha maior preocupação de ir embora era além de deixar todo mundo, era deixá-lo e sim eu só descobri isso quando fui embora, nos momentos dentro do avião, lendo a carta dele, quando dançamos “Can I Have This Dance?” no baile de primavera...

Logan, o que o Logan é realmente pra mim? Eu não sei se caio de cabeça nessa aventura, ou simplesmente o ignoro, eu tenho medo de magoá-lo, mas ao mesmo tempo medo de me decepcionar por causa dele, eu não sei quando vou voltar pra New York, ou mesmo se vou voltar pra cá! E eu não tenho ideia se iria aguentar ficar longe dele em Los Angeles, e quando viesse para desfiles e photoshoots, se iria aguentar ficar longe e perto dele ao mesmo tempo?

Tá, eu sei que são apenas umas 5h de voo daqui pra Los Angeles, mas eu simplesmente não sei no que vai dar se eu disser pro Logan, que o motivo de que eu mais me segurei para não viajar foi ele! Já que o mesmo esteve num acidente de carro e eu voltei no primeiro voo quando soube! Acho que está meio na cara...

- Kylie? Taylor? Você ainda está aqui? Alô, alô Terra chamando Kylie!

- Tô aqui! Calma... O motivo foi...

 


Notas Finais


Dessa vez eu postei, mas pretendo aumentar minha cota de capítulos, mas vocês sabem como é, final de ano, tenho que estudar um pouco mais e também colocar minhas series em dia, mas prometo que vou colocar a fic em dia!
Beijos de lux!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...