História PS: Im Here - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~MarinaLupin

Postado
Categorias Agents of S.H.I.E.L.D., Capitão América
Personagens Skye, Steve Rogers
Exibições 29
Palavras 522
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela
Avisos: Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ponto de vista da Skye :)
Último capítulo, esperamos que gostem.

Capítulo 3 - PS: I Love You, Too


Brooklyn, 6 de agosto de 2014.

Para o Capitão América.

Eu acho que escrever cartas é meio antiquado, vou logo dizendo que preferiria um email ou uma mensagem em holograma, mas acho que esse lance de carta é coisa de família então vou seguir a tradição.

E só pra constar, eu não sei bem por onde começar, eu nunca fui muito boa com esses negócios de sentimentos e nunca tive que me preocupar em demonstrar isso pra alguém, porque nunca teve ninguém, mas agora tem você. E eu acho que você merece saber.

Ok, vamos lá.

Primeiramente, eu amo o fato de ser filha do capitão América, sabe o capitão super herói. Que derrotou o caveira, salvou milhares, etc. Enfim, eu não sei se você sabe, mas sempre foi o meu herói preferido, eu nunca soube por que, mas agora as vezes acho que consigo me lembrar dos dias de chuva, as luzes do quarto, uma voz doce e as histórias de ninar, eram todas sobre você, papai. É muito estranho te chamar assim, eu nunca tive um pai, embora sempre quisesse um, nunca achei que realmente fosse ter um. Confesso que quando o Coulson apareceu eu meio que me agarrei a ele como sendo essa figura e talvez seja por isso que eu tenha demorado tanto pra te aceitar. Foi muito estranho difícil dizer isso, mas depois da primeira vez foi ficando mais fácil e eu acabei gostando. E posso dizer com certeza que uma das minhas palavras preferidas é essa, eu adoro gritar ela pela casa, esperar um pouco e depois ver você aparecer.

Segundamente, eu não como porcarias, tá? É só que aquela comida de passarinho do século passado não deveria ser usada nem pra torturar criminosos quanto mais pra alimentar alguém, além do mais, eu não te acordo todas as noites, você já está acordado mesmo, não sei por que fica reclamando. Sei muito bem que os 70 anos dormindo lhe renderam péssimas noites de sono.

Mas voltando ao que interessa, acho que eu ainda não falei como me senti quando te encontrei. Pra começar foi muito esquisito, porque você não deveria existir e porque eu imaginei que poderia ser qualquer um menos você.

Eu demorei um mês pra acreditar na história e mais uma semana para crer que eu não estava sonhando. Meio exagerado, né? Mas eu já fantasiei tantas vezes isso e de tantas formas que essa descrença se tornou necessária

Você é uma das pessoas mais incríveis que eu já conheci e eu tenho muito orgulho de ser a sua filha, a filha de Steve Rogers.

Não é por tudo que você já fez, bom por isso também, mas é principalmente pelo que você é.

Eu te amo e gostaria de ser pra sempre a sua garotinha, porque não há lugar que eu me sinta melhor do que em seus braços, eles me acalmam e me dão segurança, e quando estou com medo você está aqui e sei que sempre vai estar.

Com amor, Skye Rogers.

PS¹: Eu aprendi a usar o sobrenome, viu? E ah, eu não sou petulante.

PS²: Eu amo você também.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...