História Psicopata - Capítulo 25


Escrita por: ~

Postado
Categorias Zayn Malik
Personagens Personagens Originais, Zayn Malik
Exibições 183
Palavras 1.143
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Policial, Romance e Novela, Violência
Avisos: Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Por favor gente não deixem de comentar e favoritar è muito importante pro andamento da fanfic ...

OLHEM NOTAS FINAIS EU IREI DIVULGAR MINHA FANFIC VIU DÊEM UMA OLHADINHA POR FAVOR!!!

Capítulo 25 - Segunda temporada : Bilhete


- Como è? - Megan o olhou com um misto de felicidade e susto ao ouvir aquelas palavras. - O que disse Zayn? - Ela sorriu.



- Eu amo você Meg. - Ele sussurrou e a menina sorriu o puxando para um beijo. Ela não respondeu que também o amava mas Zayn estava satisfeito, tinha dito aquelas palavras pela primeira vez na vida e era verdade e agora tinha a mulher que amava em seus braços,.sem nenhum julgamento, sem críticas, sem que ela não aceitasse seu jeito. Ela estava ali querendo o ajudar e aceitando sua companhia, tentando o libertar e aquilo já era o mais valioso que qualquer coisa. 



- Por favor, não chora. - Ela pediu o abraçando. - Eu não gosto de te ver assim, até parece que algo vai acontecer... 



- Não... não vai. - Ele sussurrou. 


- Estou com sono. - Megan falou baixinho enquanto coçava os olhos. 


- Deite aqui, eu vou te levar pra casa. - O moreno deixou a menina repousar no banco de trás do carro e passou para parte da frente, ligou o carro dando partida até a saída.  

Já era por volta de meia noite e meia ou mais e a chuva começava a cair enquanto Zayn dirigia na estrada fumando um cigarro, com os pensamentos aflitos e os olhos cheios de lágrimas.


- Eu sinto muito Megan... - Ele deixou escapar de seus lábios. 




[…]



 Quando chegou finalmente na garagem do prédio o moreno desceu do carro e puxou Megan para seu colo que dormia nos bancos traseiros.



- Chegamos, vou te colocar pra dormir. - Ele falou vendo que a menina estava sonolenta mas tinha acordado. Com ela em seus braços abriu a porta com certa dificuldade e fechou com o auxílio dos pés. Carregou ela por alguns metros até ajeitar a menina na cama. 




- Zayn... - Ela sussurrou ainda de olhos fechados e se cobrindo enquanto o moreno tirava os coturnos dos pés dele.


- Diz Meg... 



- Eu também amo você. - Ela sorriu de olhos fechados e ele a selou antes de deixar uma lágrima escapar. - Agora eu sei o que è amar alguém...



- Durma Megan, eu já venho me deitar também. 



[…]


Pov Megan: 


Acordei com os miados de Chantilly para mim, provavelmente porque estava faltando ração em seu pote ou água.



- Eu já vou, gato chato. - Brinquei olhando ao redor e sentindo falta de algo, Zayn não estava ao meu lado dormindo como deveria estar. Olhei para lado da cama onde ele deveria estar e nem sinal de que ele estivesse deitado ali, estava tudo arrumado. - Zayn... - O chamei levantando da cama porém ele não estava fumando na varanda como de costume. Senti um aperto no coração quando vi a tornozela electrónica que estava grudada nele agora no chão, ele tinha tirado, mas porque? Segui meu olhar até a mesa de centro da sala e novamente senti em meu coração uma aflição enorme. Lá em cima haviam um buquê de rosas vermelhas lindas e um bilhete com letras pequenas, eu estava com medo de ler o que Zayn havia escrito, tinha medo do que ele ia dizer naquele pedaço de papel.


" Megan, por favor não me odeie, termine de ler essa carta por favor, eu quero que saiba de tudo, quero que saiba meus motivos e razões para ir embora. Em toda minha vida como criança ou como o psicopata perigoso que me tornei você foi a única a olhar pra mim, a me notar e a pensar em mim, tem noção do que isso significa? Alguém como você ajudar alguém como eu? Um perdido na vida que não tem mais jeito? As vezes que te tratei mal e fazendo pouco caso da sua presença foi porque eu não queria admitir para mim mesmo que você poderia me ajudar, poderia me fazer sentir algo, poderia me fazer mudar de pensamento e me fazer ficar arrependido. Desde o primeiro momento em que eu te vi soube que você era diferente de qualquer humano que já vi, você è boa Megan, não tem o egoismo de alguém ruim e pensa até mesmo em ajudar aquele que te faz mal. Eu sou outro depois de você, evolui humanamente e emocionalmente... Psicopatia não tem cura? Talvez não para a ciência, mas você foi a minha cura por esse tempo todo, eu perto de você nunca fui o monstro que era. Eu sou grato por todas as horas dedicadas a mim, pelo choro dor e preocupação comigo Meg, eu nunca irei esquecer de tudo o que fez pra mim, nunca ninguém no mundo será melhor que você foi pra mim, antes de você eu não era nada, você despertou o meu melhor, dedicou todo seu amor carinho e atenção por alguém que nunca mereceu nenhum terço disso. Eu estou indo embora não com sentimento de dever cumprido mas sim com algo em falta, eu queria estar ao seu lado sempre, ser seu amigo, amante e namorado, cozinhar para você todos os dias, te fazer rir te dar prazer e carinho, queria te fazer a pessoa mais feliz do mundo mas eu sou incapaz pois eu sou pouco para o muito que você è. Eu nunca seria bom o suficiente pra você Megan, eu nunca seria alguém para preencher o seu vazio, você tem muito potencial, sei que alcançará todos os seus desejos e objetivos e eu torço todos os dias da minha vida para te ver feliz, a única pessoa que eu quero bem. Seu amor foi sempre muito mais do que sonhei, eu te amo a cada segundo, minuto, hora e dia da minha vida, você è e será a única mulher que amei, não me odeie por favor e lembre - se de mim como alguém que te tratou bem e não como o monstro que um dia eu já fui para você, è só isso que peço. Nunca deixe ninguém te tratar sem ser com o máximo que você mereça. Meu anjo da guarda, minha Megan, minha pessoa favorita no mundo, seja feliz, eu amo você, eternamente, eu amo você."


Olhei para as rosas ao meu lado enquanto tremia, o choro não demorou para vir e eu só queria acordar daquele pesadelo, estava em prantos e não acordava porque era real, Zayn havia me deixado sem se despedir, havia me deixado para trás.



- Nãoooooo, por favor volta pra mim Zayn... - Pedi em pratos mas era em vão, a essas horas ele já devia estar longe e eu sentia que ele não voltaria mais. - Por que? Porque você fez isso Zayn? Eu disse que te amava, você disse que me amava, eu não entendo. - Falei chorando, eu estava acabada e só queria dormir até tudo isso acabar, a dor em meu peito me fazia perder o ar. - Eu te amo Zayn, eu te amo. 


[…]


Notas Finais


Pessoal eu quero divulgar minha fanfic chamada DESEJO onde conta a história de de Ally uma menina de 17 anos que se apaixona pelo melhor amigo de seu pai.


DESEJO: https://spiritfanfics.com/historia/desejo-7744678



DESEJO: https://spiritfanfics.com/historia/desejo-7744678



DESEJO: https://spiritfanfics.com/historia/desejo-7744678




Eai gente gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...