História Psicótico - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alfredo Flores, Ariana Grande, Ashley Benson, Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Nina Dobrev
Personagens Alfredo Flores, Ariana Grande, Ashley Benson, Chaz Somers, Christian Beadles, Jaxon Bieber, Jazmyn Bieber, Jeremy Bieber, Justin Bieber, Nina Dobrev, Personagens Originais
Exibições 43
Palavras 986
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooooie tchau

Capítulo 17 - Cap.17


Fanfic / Fanfiction Psicótico - Capítulo 17 - Cap.17

"Atras de você eu vou até o fim do mundo "
P.O.V Justin Bieber
Acordei com o peso na minha barriga e um cheiro doce maravilhoso e quando abri meus olhos vi Angeline dormindo com um ar leve ela parecia está dormindo bem .
Me levantei devagar sem fazer maiores movimentos para não  acordar a mesma e fui até a sala encontrando Ryan com uma puta cara de ressaca
-Ta de ressaca brô? - perguntei e ele notou minha presença assentindo de leve passei por ele e bebi uma agua logo pegando um remédio e outro copo d'água levando até o mesmo
-Valeu brô , cadê a mina ? - ele perguntou e eu sorri de lado
-Ta dormindo no quarto - disse e me sentei ao seu lado e ligando a TV
- Usaram camisinha mano ? não quero sobrinho agora - eu ri de leve e ignorei o comentário desnecessário
-Justin- me virei pra trás vendo Angeline  vindo com uma camisa minha e com uma carinha de sono fofa , porra Justin que viadagem mano
-Oi - disse simples a fitando
-Preciso ir pra casa - ela disse eu assenti a acompanhando até o quarto e trocando de roupa .
Logo saimos e eu andava com o carro com a maior calma nao querendo me livrar dela assim tão rápido não sei  porque desses pensamentos de gayzisse até que parei em frente a casa da mesma ela me olhou e sorriu de leve parecia estar com vergonha
-Hm tchau - ela diss e eu ri de leve
-Só isso ?
-Hm é
-Okay-  disse de lado com um sorriso malicioso e a puxei pro meu colo lhe dando um soriso de leve
-Justin se vai me beijar anda logo minha bunda da doendo com esse volante aqui - ela disse toda rouca e afobada e eu ri de lascando um beijo calmo e intenso sem muita pressa nos separamos por  falta de ar e ela saiu de cima do volante indo até o carona saindo do carro e rindo pra mim de longe
P.O.V Angeline Qtyshia
Um sorriso bobo estava brotado nos meus lábios e eu nem sabia o porque ontem foi tudo muito bom ele parecia estar mostrando seu lado mas fofo e não fizemos nada ontem além de beijos e carícias e eu achei aquilo bem estranho mas relevei , vimos filme comemos besteiras e teve conversas aleatorias depois começamos a beber e contar piada sem a mínima graça e logo após dormimos sem ter feito nada ele estava muito estranho ultimamente e por Deus se ele não iria continuar assim que ele suma logo pôs eu não quero me acostumar  .
Respirei fundo parando em frente a porta de casa com medo do que viria a seguir eu sabia que minha mãe odiava Justin,  entrei com a maior calma pra não fazer barulho mas assim que entrei na sala me deparei com minha mãe sentanda e com as pernas cruzadas com uma cara nada boa e assim que me viu sua face piorou respirei fundo e esperei pelo sermão
-Aonde estava ? - sua pergunta foi simples mas seu tom era ameaçador
-Com Justin - falei em um sussurro quase inundável e ela se levantou apontando seu dedo na minha cara e então ela começou
-COM AQUELE MALUCO ? É ISSO ANGELINE ? EU NÃO ME RASGUEI TODINHA EM UMA CAMA DE HOSPITAL PRA SAIR ESSE NOJO QUE VOCÊ É GAROTA VOCÊ ME DEU TANTO DESPREZO LEMBRA ? QUANTO MATOU PELA PRIMEIRA VEZ UMA MENINA DA SUA SALA NO ENSINO MÉDIO,  LEMBRA ? VOCÊ ESTAVA NO PRIMEIRO ANO E MATOU A GAROTA SEM MOTIVOS DEPOIS DISSO VIROU UMA CRIMINOSA UMA MATADORA SÓ ME DEU ANGÚSTIA   DEPOIS SUMIU NAO TINHA MAS MÃE NAO TINHA MAS NADA ,VOCÊ FICOU LOUCA MENINA LOUCA E EU COMO UMA MÃE AINDA FOI PARAR EM UM MANICÔMIO PRA TE TIRAR DE LÁ,  E AGORA VOCÊ FICA COM GENTE DO SEU NÍVEL PROCURE ALGO MELHOR QUE VOCÊ SUA IMUNDA -ela pareceu tentar respirar e deu uma longa pausa meus olhos não contiam uma gota de lágrima pra mim isso era música para meus ouvidos lembrar do meu lindo passado -Vai embora da minha casa agora - ela disse pausadamente e eu dei de ombros e sorri de lado a mesma me olhou incrédula subi as escadas arrumando todas as minhas coisas em uma mala e sai pela porta da frente chamando um taxi eu não me preocupei na verdade eu tinha um apartamento no centro da cidade mas eu só queria ficar com minha mãe e tentar melhorar mas deleta isso essa velha é insuportável, assim que entrei no taxi eu dei o endereço e tentei processar o que eu fazeria pra me manter agora na real eu nao queria voltar a ser uma psicótica isso me consumia e era difícil parar .
Entrei no apartamento que estava da mesma forma que deixei quando fui presa pela ultima vez arrumei todas as minhas roupas no closet e suspirei cansada mas ainda sim eu precisava sair e comprar um celular botei uma roupa simples e fui até a parede da cozinha e puxei o quadro abrindo o cofre e contando quanto eu tinha ali  , digamos que eu era uma criminosa muito esperta e eu tinha esse apartamento e esse cofre para situações assim vi que da última vez eu havia roubado um milhão e CARALHO EU NÃO PRECISO ME PREOCUPAR AGORA , peguei um dinheiro e sai indo até uma loja da Apple fui andando mesmo o apartamento era realmente perto do centro e das  lojas , assim que cheguei eu ja sabia o que queria e peguei um iphone 6 plus e outro iphone normal eu daria pra Justin , ok me chamem de trouxa nao ligo .
Fui pra casa e o sono me consumiu e eu logo adormeci.
E eu falei pra não se envolver


Notas Finais


Comentem nao to aqui atoa porra


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...