História .psycho brand - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Gguktae, Jeongguk, Killer, Kookie, Kooktae, Madness, Mental Issues, Psycho, Taegguk, Taehyung, Taekook, Tokki, Twostranger, Vkook
Visualizações 177
Palavras 1.552
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ficção, Lemon, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Antes de lerem, queremos avisar uma coisa, essa fanfic não tem a intenção de fazer apologia a nada, se trata de ficção, com o objetivo de entreter, espero que não interpretem mal nada que colocamos ali...

Enfim, nós nos esforçamos muito para conseguir passar todas essas ideias ao papel, perdoem os erros, a estória foi betada, porém sempre a pequenos errinhos que passam despercebidos, se puderem nos avisar deles agradecemos.

Lembrem-se, nem tudo é o que parece, prestem atenção aos detalhes.

Isso é apenas um prólogo.
Boa leitura, e até as notas finais, é muito importante que leiam pois esclarecemos muitas coisas lá :)

Capítulo 1 - Prologue


Fanfic / Fanfiction .psycho brand - Capítulo 1 - Prologue


À na loucura um prazer que só os loucos conhecem.
Ele me tira da realidade, ele me faz viver, sua inteligência e promíscuosidade me fascinam, o chamam de louco, psicopata...
Mais olhe lá! Nós somos todos loucos, eu sou louco, ele é louco, você é louco, todos.
Meu querido coelho branco, meu Tokki, sinto sua falta...
A sua loucura me lembra  um pouco a minha, ela nos cura.
Me tire daqui, me leve ao país das maravilhas, poderíamos tomar chá com a lebre talvez?
Toda essa normalidade que me fazem aparentar, ela assusta.
Me traga de volta o prazer do delírio, da insensatez, da temeridade.
Me traga de volta a minha loucura.

 

  - Sanatório Gonjian.

 

 


17 de julho de 2013


"Homem de 34 anos é morto à facadas.
Na noite de domingo (15) na rua Seomyeon em Busan um corpo foi encontrado. Policiais suspeitam de que o autor do crime foi um menor de idade. O jovem de 16 anos teria sido adotado pelo homem à alguns meses.
Segundo vizinhos eram frequentes as discussões na casa da família e o mesmo supostamente sofria agressões por parte do pai adotivo.


A polícia também relatou que uma testemunha, após ouvir gritos vindos da residência, viu  o garoto sair com as vestes sujas de – aparentemente –sangue e uma faca de cozinha nas mãos, "o garoto 'tava com uma expressão fria e um sorriso em seu rosto, era amedrontador"  diz a mesma.
Mais notícias em breve."

 


10 de dezembro de 2013


"Jovem de classe alta é morto em porta de boate.
O crime ocorreu na madrugada do dia 8 na porta da boate Clube Foxy no centro de Busan.


O rapaz foi encontrado com perfurações por todo corpo, segundo a perícia o instrumento utilizado foi uma garrafa de bebida alcoólica quebrada.


O acusado de cometer o crime foi pego em flagrante por policiais que passavam fazendo ronda pelo local, sendo apreendido, infelizmente o jovem universitário não aguentou os ferimentos e morreu.


O criminoso foi reconhecido por um histórico de confusões envolvendo brigas de rua e problemas no orfanato onde vivia, também foi acusado meses atrás de assassinato, mas inocentado por falta de provas.
O destino do menor ainda está sendo decidido pelas autoridades."


20 de março de 2013


"Menor foragido.
O menor pego em flagrante em um assassinato meses atrás, recebeu em seu julgamento a aplicação da pena de permanecer em um reformatório até que atingisse a maior idade, quando ocorreria um julgamento novamente.


 Porém após três meses de pena o jovem se encontra foragido, de acordo com relatos, durante sua estadia na casa de reabilitação seus comportamentos eram agressivos e ele não possuía boa relação com os outros do local.
O infrator está sendo procurado pela polícia."


27 de março de 2014


"Homem não indentificado morre por estrangulamento.
O corpo de um jovem – aparentando ter aproximadamente 25 anos de idade – é encontrado na estrada de shoreside em Jung-gu, nesta segunda (21).


O rapaz estava sem documentos e ainda não foi identificado. 
De acordo com a perícia, o corpo apresentava marcas de estrangulamento. 


O crime ocorreu nessa madrugada, aparentemente não houve nenhuma testemunha e o caso se mantém em aberto.
Se você viu ou ouviu algo ligue e denuncie."

23 de abril de 2014


"Seis homicídios foram registrados em menos de 24 horas em Busan.
De acordo com a Polícia Civil, o primeiro crime ocorreu na noite de segunda-feira (21), na manhã desta terça (22) mais corpos foram encontrados, estando todos  em cova rasa. Chegando ao total de seis.


Ainda segundo a Polícia e testemunhas, uma das vítimas estava voltando do trabalho quando foi assasinada, alguns dos moradores da região ouviram gritos, mas poucos se puseram a depor.


Os outros crimes não foram diferentes, a mesma forma da morte entrega o assassino. 


Não foram passados mais detalhes destes casos.
As mortes vem aumentando e ainda não  se tem  um suspeito concreto."


02 de maio de 2014


"O famoso empresário Lee Gyeou é assassinado cruelmente em sua residência.
Seu corpo foi encontrado nessa manhã na suite principal de seu luxuoso imóvel.


O horripilante crime, em que os assassinos – até agora não identificados – garatujaram nas paredes com o sangue da própria vítima a palavra "TOKKI", à qual ainda não se sabe ao certo o que significa mas está sendo investigado. O crime levou toda a Coreia do Sul a um estado de pânico.


Lee Gyeou nasceu em Busan, era um homem rico e famoso por suas boas ações, casado com Lee Soo-Yun a quase 20 anos, ajudava entidades corporativas e fazia doações, sendo a mais frecuente ao orfanato Joh-eun Gajja.


Segundo amigos e familiares Lee não possuía inimigos, tão pouco adversários. Sua esposa não estava no país quando houve o incidente, ela se encontra desolada e não quer falar sobre o assunto."

10 de maio de 2014


"Mais mortes por "TOKKI".
Durante esses sete dias após a morte do senhor Lee Gyeou mais três homicídios foram registrados.
Todos os cenários onde ocorreram os crimes tinham algo em comum, as marcas de  "TOKKI".


Os investigadores acreditam que estes casos tenham sido causados pelo mesmo assassino de Lee."

 


21 de maio de 2014


"A marca "TOKKI".
Na madrugada desta segunda-feira(18), um homem identificado como Dong-sun, de 32 anos, foi morto à facadas em um posto de combustível na região central de Busan. As câmeras de segurança do local conseguiram flagrar o crime.


No vídeo é possível ver o momento em que os dois se encontram do lado de fora do posto, também é possível notar uma conversa entre o homicida e a vítima, nota-se o desespero deste que correu logo sendo seguido.


As imagens são fortes e foram cortadas pela Polícia da rede de TV, segundo as autoridades o crime foi algo altamente cruel, onde se matou sem dó ou piedade, era frio e parecia ser prazeroso. Ao final de tudo foi deixada a já tão conhecida marca, "TOKKI", no chão do local.


O que leva aos investigadores a crerem que o autor do crime é o mesmo que vem causando uma onda de assassinatos aqui em Busan.


A câmera de vídeo monitoramento conseguiu  captar parte do rosto do assassino, porém infelizmente ele usava uma máscara preta, sendo quase impossível tentar reconhecê-lo."

 


13 de junho de 2014


 "A apreensão de "TOKKI".
Foi preso nesta sexta-feira (11) o assassino de Dong-Sun e Lee Gyeou, o acusado também assumiu outros 7 assassinatos, um deles sendo do seu próprio pai adotivo.


Está sendo aguardado que o jovem, de quase 18 anos, atinja a maioridade pra ser definida à pena exata, enquanto isso ele  se encontra em um reformatório para menores infratores."

 


29 de julho de 2013


"Revolta em reformatório e desfecho do caso "TOKKI".
Um agente do Presídio Regional para menores teve o polegar e anelar arrancados em tortura. 


Tudo começou com uma revolta entre os apreendidos, com o intuito de uma fulga coletiva, o plano foi elaborado pelo menor conhecido como "TOKKI", a confusão ocorreu após o banho de sol.
Um grupo de jovens preenderam o agente e o mesmo foi espancado, segundo alguns dos envolvidos o único que tomou parte das agressões foi "TOKKI", ele também dizia tempo todo coisas como: "pessoas más devem pagar". Nesse  pequeno em que esteve no reformatório tempo ele fez seguidores e era idolatrado por grande parte dos jovens de lá.


"TOKKI" foi transferido nesta manhã e levado à uma clínica psiquiátrica, pois segundo analises ele aparenta  instabilidade psicológica (loucura).


Por avaliações psiquiátricas- num destes pareceres, postulou-se que, por trás de suas mentiras e frieza, estava um garoto extremamente sensível, mas que não havia recebido amor suficiente. Avaliou-se o seu quociente de inteligência, e era acima da média. 


O mesmo aparenta transtornos de TEPT – O Transtorno de Estresse Pós-Traumático, os sintomas incluem pesadelos, sentindo mentos de raiva, irritabilidade, cansaço emocional, isolamento, entre outros e, geralmente ocorrem quando a pessoa (re)vive um evento traumático. –, TPAS – Transtorno de Personalidade Anti-Social, os diferentes sintomas e comportamentos que caracterizam o TPAS incluem: roubo, agressão, tendência à solidão, violência, mentiras(...). Além disso, as pessoas afetadas por esse transtorno tendem a ser tímidas, deprimidas ou depressivas. –, Sociopatia – É capaz de fingir ou forçar sentimentos. – Psicopatia – Costumam ser egocêntricas, desonestas e indignas de confiança. Com frequência adotam comportamentos irresponsáveis sem razão aparente, exceto pelo fato de se divertirem com o sofrimento alheio. Os psicopatas não sentem culpa. Nos relacionamentos amorosos são insensíveis e detestam compromisso. Sempre têm desculpas para seus descuidos, em geral culpando outras pessoas. Raramente aprendem com seus erros ou conseguem frear impulsos.
Segundo especialistas o mesmo ainda não pode ser considerado um serial killer.
Ele estará internado no hospital psiquiátrico aqui mesmo em busan, será avaliado e medicado, até não se ver perigo a população.


Tempo de internação: INDETERMINADO.

 


Três anos depois...


05 de janeiro de 2017


"A liberdade de TOKKI.
Após três anos de internação, o agora jovem de 20 anos foi liberado, segundo os médicos o mesmo não apresenta mais perigo à população.
Seguido de tratamento individual, em grupo e com remédios controlados, ele agora é outra pessoa, psiquiatras afirmam que a mudança foi drástica, agora é uma pessoa mais calma e sentrada.  
Sua liberação ocorreu  hoje, uma despedida dolorosa de certa forma para os funcionários e pacientes que apegaram-se a ele."
 


E com isso o caso "TOKKI" foi dado como encerrado pela polícia.


Por enquanto.. 


Notas Finais


Ficamos muito tempo pensando em tudo que colocaríamos nessa fic, mudamos milhares de vezes o plot, estamos nos esforçando bastante, e esperamos que tenham gostado. Como citado nas notas iniciais, isso é apenas um prólogo.

Essa fic é bastante confusa, seja no começo, no meio e até no fim, por isso prestem atenção a todos os detalhes, datas e personagens.

Não temos uma data prevista para as postagens, mais ela está sendo feita com muito carinho, e é claro que o Feedback de vocês ajuda muito! Saber que alguém gosta de algo do qual você se esforçou para fazer é incrível!

Desculpe mais uma vez pelos erros, e por estas notas gigantes!
Ps: caso haja algum erro na formatação, é porque estamos postando com o celular, vamos tentar corrigir o quanto antes.

Até logo;

~twostrangers


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...