História Psycho Love - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bromance, Jikook, Shipp, V-hope, Vmin, Yandere
Exibições 111
Palavras 647
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Boa leitura, amoras^^

Capítulo 13 - Tae, acordou!


Fanfic / Fanfiction Psycho Love - Capítulo 13 - Tae, acordou!

Eu e Jeon estávamos no hospital esperando que o médico terminasse uma consulta para falar com a gente. Após desligar a ligação no parque, Jungkook insistiu para vir comigo até o hospital, então apenas deixei, mas ele parecia muito inquieto e isso estava me incomodando. O médico apareceu e eu rapidamente me levantei cumprimentando o mesmo.

-Você é o guardião de Kim Taehyung, certo? - Assenti - O paciente Taehyung acordou a meia hora, e nós observamos que ele não está conseguindo falar.

-Que? O V perdeu a voz? Ele nunca mais vai falar? - Falei desesperado.

-Não é assim. - Disse o médico - Por causa do trauma, vai demorar um pouco para ele voltar a falar e se alimentar normalmente, mas até lá, ele irá continuar aqui no hospital em observação.

-Ah, entendi. - Falei mais calmo - Eu posso ver ele? - O médico afirmou com a cabeça - Jungkook, eu vou falar com ele a sós e depois você entra, ok?

Olhei para Kookie e ele apenas assentiu com a cabeça, indicando que eu podia ir. Entrei no quarto e vi o Tae tomando soro enquanto olhava para o teto, era até estranho ver ele tão quieto, geralmente ele era animado e não sabia ficar quieto. Me sentei na ponta da cama e segurei a mão dele fazendo com que o mesmo olhasse para mim.

-Oi, V. - Sorri - Você está em coma a umas 3 semanas, mas parecia um ano. Muita coisa aconteceu nesse pequeno tempo e foi difícil não ter você ao meu lado pra me alegrar com aquelas suas piadas sem graça. O J-Hope não pode te visitar porque ele está fazendo intercâmbio, ele conseguiu a bolsa de estudos. Ele disse que sente saudades de você. - Falei fazendo com que V sorrise - O meu pai faleceu, Tae. - Deixei um lágrima cair de meus olhos e vi o sorriso dele sumir - Hoje foi o enterro dele, e no enterro descobri que minha mãe está viva. - Deitei na barriga de V e abracei ele - Você nem foi no enterro seu viado. - Ri fraco - Mas deixando a tristeza de lado. - Sequei minhas lágrimas - Eu e Jungkook estamos namorando. - Olhei para V, ele estava com os olhos arregalados.

Jungkook entrou pela porta fazendo que eu e V olhassemos para a mesma. Tae começou a se mexer de um lado para o outro, não parava quieto. Mandei ele parar porque não podia se mexer muito, mas ele não me escutou e continuou se mexendo desesperadamente, aquilo me deixou desesperado, enquanto Jungkook ficava quieto observando. O médico entrou no quarto junto com algumas enfermeiras e pediu para nos retirarmos, então apenas o fizemos. Um tempo depois o médico saiu do quarto.

-O paciente teve um ataque cardíaco, oque não é normal na idade dele. Mas agora seus batimentos estão estáveis, mas será melhor se ele descançar e não tiver visitas por um tempo.

Eu e Jungkook assentimos para o médico e o olhamos ir embora. Virei para Jungkook e o olhei furioso.

-Porque você só ficou olhando quando V estava tendo um ataque ali no quarto? - Falei.

-Eu não sou médico, você queria que eu fizesse oque? Desse um xarope pra ele? - Jungkook falou.

-Aish! O que importa é que Tae, acordou! - Bufei e saí do hospital com Jungkook correndo atrás de mim se desculpando.

*Jimin Off*

*Taehyung On*

Isso não pode estar acontecendo, eu fiquei internado nesse quarto por três semanas? Fiquei preso nesse quarto sem falar, sem me mexer e sem comer, por três semanas? O pior de tudo é que eu não consigo falar, eu tento, eu quero, mas tenho medo. E se eu falar algo e Jungkook me matar, ou ferir o Jimin Hyung? Oque eu faria? Eu só queria ter coragem pra abrir essa maldita boca.


Notas Finais


Até o próximo capítulo, amoras^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...