História Psycho Mens - segunda temporada - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Tags Beakhyun
Exibições 34
Palavras 485
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Fluffy, Romance e Novela, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Gente desculpa eu sumir assim tá. Mas vou dar um jeito e peço desculpas pelo erros de português é que eu machuquei a mão e é bem a que eu uso pra escrever, mexer no celular e tals

Capítulo 12 - Ciumes?


Fanfic / Fanfiction Psycho Mens - segunda temporada - Capítulo 12 - Ciumes?

A primeira coisa que fiz quando acordei  foi tomar meus remédios. Beak estava deitado ainda. Desci para a cozinha preparar o café. O telefone da sala começou a tocar, fui atender com receio de que fosse um deles.

- alô?
- min, sou eu.  - era a mãe do beak - vim lembrar vocês do jantar hoje.

- ah sim, nós iremos.

- tudo bem. Será no restaurante perto da sua casa. Até. - disse e desligou

Voltei para a cozinha e esperei beak acordar para tomar o café, ele foi para a empresa e eu para minha sessão.

- beak disse que recentemente estão recebendo ligações e mensagens em papel. - disse ela

- sim,estamos. Estou com um pouco de medo.

- você tem ideia de quem seja?

- não, quer dizer sim. Pode ser um deles... Mas eles estão mortos não estão?

- estão min. Mas eu também fiquei sabendo que você e o beak deram um grande um passo. Conte mais sobre isso.

contei tudo, desde o momento  em que eu estava insegura até a parte final. Beak foi me buscar e fomos para casa. Enquanto a gente se arrumava ele me fazia perguntas sobre a sessão.

- você está linda, como sempre.  - falou

-  você também está. Agora vamos.

Saímos de mãos dadas e atravessamos a rua, fomos recebidos educadamente pela recepcionista e fomos para a mesa. Comprimentei os pais do beak e nos sentamos. Enquanto o garçom não chegava, colocávamos a conversa em dia.

- eu vou no banheiro. - beak se levantou

Quando ele saiu a mãe sorriu e pegou na minha mão.

- o beak é tão feliz ao seu lado.

Os pais de beak não sabiam de nada, nada mesmo.

- eu também sou.

Beak voltou minutos depois. Senti uma cutucada no meu ombro e me virei

- ah oi. - falei para Ichiro

- e ai, está bonita.  - disse e olhou para os outros da mesa - olá, bem vindos. E então, no que posso ajudar?

Pegamos o cardápio e escolhemos.

- amor, so isso? - falou beak

- por enquanto sim.

- aguardem um momento.  - disse Ichiro e saiu

Beak ficou o encarando ate ele sumir na cozinha.

- está bem?

- estou.

A noite foi bastante divertida e na volta para casa Ichiro se despediu e encarou beak também. 

- min, você é a melhor coisa que beak tem. - falou seu pai e me deu beijo na testa e em seguida entrou no carro e dando partida.

- vamos. - disse beak me puxando

- ai, ta doendo.

- foda - se.

Assim que entramos em casa, ele começou a gritar.

- Quem era aquele cara??

- eu não o conheço direito.

Contei toda a história.

- vocês se conheceram na praça?  Está falando a verdade né?

- aigoo estou.

Ele subiu as escadas, tomou um banho e se deitou.


Notas Finais


Bjos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...