História Psycho ✴ Vmin - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO, Got7
Personagens Baekhyun, BamBam, Chanyeol, Chen, D.O, Jackson, JB, J-hope, Jimin, Jin, JR, Jungkook, Kai, Lay, Mark, Rap Monster, Sehun, Suga, Suho, V, Xiumin, Youngjae, Yugyeom
Tags apelidos, Bangtan Boys, Bts, Chanbaek, Clínica, Comedia, Crazy, Dahyun, Jikook, Markson, Medicamentos, Namjin, Psycho, Sana, Shipps, Vmin, Yoonkook, Yoonmin
Exibições 569
Palavras 777
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Bishounen, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Fluffy, Luta, Policial, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


HAPPY CHIM CHIM DAY!

Boa Leitura!

Capítulo 9 - Contos e Paixões


Fanfic / Fanfiction Psycho ✴ Vmin - Capítulo 9 - Contos e Paixões

Yugyeom sorri ladino.
Olá, por acaso nos vimos? - pergunta me estranhando um pouco.
— Sim! Só não me lembro quando... Efeito dos remédios. - dou risada junto à ele.

Ficamos conversando um bom tempo, ouvindo os gritos de alegria do YoungJae e do Bacon também.

— Vocês viram o Taehyung? - pergunta Baekhyun – ou Bacon – como você quiser chamar.

Olhei rapidamente para a porta do armário que se encontrava ainda fechada.

Pensei em contar, mais não contei.

— Eu vi ele correndo lá pra dentro.. - falo normalmente.
Jae, vai procurar ele. - Baek manda e se senta no chão.

-se grama.

Por que eu?! - o outro diz indignado.
— Porque cá entre nós, achei praticamente todos os coleguinhas, vai logo. - Bacon revira os olhos.

— Não! - YoungJae teima.

Ele tem que parar de agir como cliancinha. (criancinhapra quem não entendeu)

O Bacon se levanta irritado e encara o outro.

Briga! Briga! Briga! Briga! Briga!

Dava pra ver o quão irritado ambos estavam, os punhos se fechando e ainda se encaravam.
— Você.... - Baek pisca os olhos freneticamente. — Ui! Meu Deus, levantei rápido demais... Uuul.. Calma continuamos com a cena.. – coloca uma mão no peito do outro como forma de apoiamento. — Minha visão ficando preta, me socorre José! Ai... Passou... - ele suspira. — Agora.. - volta do nada a encarar YoungJae. — Vai lá encontrar o Antigo Inocente, antes que você sofra consequências...

Vai se foder. - fala irritado e então vai batendo pé.

— Eu sou incrível. - Baekhyun abre um pouco os braços e dá um sorriso vitorioso.

Tempo Depois

YoungJae finalmente encontrou Taehyung. Depois de 50 anos ele achou o garoto do armário.

Quê?

— Chega de brincar hoje, todos pra dentro. - Hoseok se aproxima junto à dois militares.
Os garotos com à minha pessoa bufam e então, vamos pra dentro da clínica.

Cada um levado para sua cela querida e então, trancados novamente.

× × ×

— Hoje foi legal. - comenta Taehyung, assenti e peguei o livro embaixo da cama. Me deitei e passei a ler.

"Dois amigos encontravam uma saída, eles faziam de tudo para sair daquele calabouço onde foram jogados. O que restava era esperar... Por um sinal da pequena fadinha e fazer um pedido único."

— Foi. - ele se deita em sua cama. — Mas eu queria ficar lá fora mais um pouco. - fala fazendo um biquinho emburrado, porém logo desfaz. — Psico! Já sei! Podemos fugir! - ele se senta na cama e cruza as pernas.

Sua ideia me acendeu, fechei o livro – após marcar a página – e olhei pra ele com olhos brilhantes.

— Como!? - pergunto animado.
— Quando formos lá fora amanhã, nós brincamos de esconder e nunca mais iremos ser achados, já que nós iremos fugir! - ele responde batendo palmas.

— Vamos ir para o mais longe possível! - falo e levanto as mãos alegremente, imaginando tudo.
— Mas não iremos ficar juntos? - pergunta desfazendo o sorriso quadrado que continha em seu rosto.

Iremos ficar juntos e para sempre. - dou lhe um sorrisinho de canto, ele retribui.
— Mas para sempre é muito tempo. - fala decepcionado.
— Por isso mesmo... Assim nunca iremos nos separar. - os olhos do de cabelos vermelhos brilham.

Ele se levanta e pega o livro que eu estava a ler, abre o mesmo na primeira página, me olha desafiador e passa a fingir ler.

Era uma vez, um Antigo Inocente.. E seu Psico favorito.. - sorri me olhando.
E eles viverão felizes e juntos.. Para sempre. - pego meu cigarro que como sempre, os escondo embaixo do travesseiro e acendi.

— Tem mais um? - me pergunta e o encaro. Solto a fumaça que continha em minha boca e entrego o meu para ele.

— Aprenda a dividir as coisas, Antigo Inocente. - falo e me deito.

Ele começa a fumar e vai até sua cama e se deita, olhando fixamente o teto.

— Você promete que iremos fugir amanhã e viver juntos pra sempre? - Tae nem sequer me olhava.

Parecia imaginar...

Eu prometo em nome de nossa futura paixão... - ele me olha seriamente, assim também faço.

O garoto se levanta e vem até mim com o cigarro na boca, engatinhando.
— A nossa futura paixão? - ele solta a fumaça de sua boca vagamente e aproximamos nossas faces.
Pega o cigarro e coloca em minha boca, lanço um olhar desafiador e ele, um sorriso perverso.

A nossa futura paixão.


Notas Finais


AHÁ

não vou comentar, deixo isso com vocês.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...