História Psycopath Love - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Jikook, Jimin, Jungkook, Lemon, Namjin, V-hope, Yaoi
Exibições 78
Palavras 790
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Crossover, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá, aqui é a autora e eu gostaria de dizer que oficialmente a fanfic irá voltar, porém, apenas no dia 8 e para deixar vocês curiosos, irei deixar uma prévia do próximo capítulo...

Capítulo 22 - Volta da fanfic e prévia do Capítulo 22.


Anteriormente em Psycopath Love.

Taehyung estava sentado na cama com Hoseok fazendo a lição de casa do dia, o mesmo estava com dúvidas então Hoseok o ajudava com o que o mesmo precisava - Entendeu meu amor? É fácil este - Hoseok sorriu por fim explicando o último exercício e Taehyung assentiu com a cabeça - Entendi amor, não é que é fácil mesmo? - Os dois riram e logo escutaram o bater da porta - Mãe? Entra - Taehyung disse e como esperado sua mãe adentrou no quarto - Filho, sua prima está aqui - Taehyung por um momento ficou pálido - Q-Quê? a Vina está aqui? - Levantou na mesma hora desesperado - O que tem a sua prima estar aqui amor? Algo de ruim? - Taehyung estava tão nervoso assim porque na época que não sabia se era gay, ele beijou Vina para não poder dizer a si mesmo que era gay, porém, isto mudou quando ele se assumiu gay e Vina estava no Japão, agora ela parece ter voltado e a última coisa que queria que ela soubesse era que Hoseok era seu namorado, porque iria fazer tudo para os dois terminarem conhecendo ela bem - É-É Que eu... - Hoseok riu e pegou na mão de Taehyung - Vamos lá falar com ela - Hoseok levou Taehyung forçado até o andar de baixo e logo que Vina viu os dois abriu um sorriso, o sorriso mais falso o possível - TaeTae! 

Jeon entrou em casa sorridente pensando em tudo que Jimin tinha feito de gentil para ele hoje e tinha a certeza de que queria era estar com Jimin pela vida toda dali em diante, subiu as escadas de casa e foi direto para o banho, não parava de pensar em Jimin... Logo que saiu do banho se vestiu e tentou jogar um vídeogame que Taehyung o recomendou para passar o tempo.

 

Está tão sorridente Jin, pode me dizer o que deu em você professor? - Taehyung riu e em seguida sorriu simpático, Jungkook apenas concordou e sorriu - Você e Namjoon estão mais unidos que nunca? Seria isso? - Jin riu e assentiu - Sim rapazes, eu e Nam estamos muito mais apaixonados do que no início do noivado e estou mais feliz ainda porque o casamento está vindo aí - Jeon sorriu largo ao se lembrar.

 

TaeTae! - a menina o abraçou com um grande sorriso no rosto, quem a via a primeira vez de cara percebia que era de fato uma garota linda e simpática, e bem, Vina era tudo isto, porém, apenas com quem quer e quando é para ser uma vagabunda, ela sabe melhor ainda como fazer. Vina tirou o bv de Taehyung, sim o "boca virgem" do rapaz doce e gentil foi tirado com uma vagabunda como Vina, ela o deixou confuso sobre sua sexualidade e a todo o momento tentava agarrá-lo, as coisas só pararam de ser desta forma quando a garota se mudou com a tia de Taehyung para o Japão, assim, deixando a Coréia do Sul por longos anos - O que está fazendo aqui? - a menina riu e deu uma deslizada com as mãos delicadamente pelo peitoral do garoto, o fato de Tae parecer surpreso e o fato de Hoseok a olhar enciumado só a agradou nesta situação - Eu vou ficar aqui por uma semana primo, está feliz? - ela continuou a sorrir e Hoseok cruzou os braços - Ah, é claro... - Taehyung disse constrangido pela situação - Ahm... eu sou o namorado dele, o meu nome é Jung Hoseok - Vina sorriu e estendeu a mão para Hobi o cumprimentando - é um prazer te conhecer, eu e seu namorado já passamos por poucas e boas não é, TaeTae-oppa?

Jungkook sorriu nervoso ao escutar Jin pelo celular - Você quer que eu e Taehyung sejamos as madrinhas de casamento? M-Mas eu nunca fiz isso, eu não sei como posso fazer isso Jin, não vou me sair bem e você vai ficar triste Hyung - Jeon pode ouvir o mais velho rir do outro lado da linha - Não importa, faltando dois dias para o casamento e o Tae estará lá para te ajudar e eu também, antes de tudo, nós temos ensaios - Jungkook suspirou alíviado e continuou - E quem vão ser os padrinhos? - Jin riu novamente - Não está meio óbvio? será Taehyung e Hoseok, você e Jimineu e Namjoon, Yoongi e Chul, poderia ser algo melhor? - Jungkook corou na mesma hora e riu - Jimin e eu... Estou tão feliz... Finalmente pude dizer o que sinto e que ele me correspondeu Hyung, eu amo e sempre amei, nunca imaginei que um dia nós ficaríamos juntos.


Notas Finais


Uma pequena prévia, comentem o que acharam e se ficaram felizes com a volta da fanfic, sim? Eu agradeço, deixem o seu favorito para avaliação.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...