História Puberdade - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Kakashi Hatake, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags Sasusaku
Exibições 527
Palavras 1.013
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olha eu aqui de novo.
Essa é uma Twoshot, tive esse ideia maluca e fofa.
Espero que gostem.

Capítulo 1 - One


Puberdade

Já era a segunda vez aquela semana que ele acordava com sensações estranhas e reações constrangedoras em seu corpo, estava rígido e isso dificultava a ação de fazer o xixi.

Tá que ele não era nenhum garoto idiota que nem o Naruto, na primeira vez que sentiu essas sensações esquisitas foi logo procurar em uma biblioteca e descobriu estar passando por a fase intitulada de puberdade.

Se viu tendo todos os sintomas, bem quase todos, ele não vinha tendo esse tal desejo

sexual por garotas como o livro de biologia descrevia, mas bem ele tava tendo “ereções espontâneas”, seus pelos estavam crescendo, sua voz engrossando e ele estava “maior”, em todos os sentidos.

Claro que ele achou estranho, isso deveria acontecer dali uns bons um ou dois anos, mas havia casos em jovens que passagem por essa fase bem mais cedo, Bom e parece que foi o que aconteceu com ele afinal.

Então a puberdade veio, era inevitável e ele sabia que teria que conviver com isso até a fase passar e parar de atrapalhá-lo no seu objetivo de restaurar o clã e matar um certo alguém e blá, blá, blá.

Até aí tudo bem… só que as coisas tendem a piorar pra quem já está numa situação difícil...

Tudo começou com o maldito livro pervertido do sensei mais pervertido que ele já teve.

A culpa não foi dele, o objeto tava lá no chão, aberto,e ele tava com o Sharingan ativo então as palavras meio que saltaram para seus olhos,e foi inevitável que não as lesse.

“Cheirei seus longos cabelos, e o cheiro de flores me deixou excitado, ela segurava meu pênis o massageando em movimentos de vai e vem me fazendo tremer…”

E então, aquele tal sintoma que ele estava agradecendo a Kami por não estar sentindo apareceu.

Entretanto, o principal problema é que quando você lê algo você imagina, a garota do livro passou a tomar forma na mente do jovem Sasuke e meio que ele não ficou muito feliz com a imagem que seu cérebro formou, ou ficou, ele não havia decidido ainda…

E todas as vezes que ele lembrava daquele pequeno parágrafo, sua mente reproduzia em sua cabeça, e consequentemente ele passou a sonhar a noite com coisas nadas puras com uma garota de cabelos compridos, macios, cheirosos e rosados.

Às vezes aconteciam coisas no sonhos muito além do que ele havia lido.

E pior ainda, porque desde que isso passou a acontecer, ele nunca mais conseguiu olhar no rosto da colega de time, a dona dos cabelos rosa.


– Ahhhh Teme! não fica ignorando a Sakura-Chan!!!! ELA TA FALANDO COM VOCÊ!!

– Tsc! Não grita dobe! – O jovem aspirante a vingador, próxima aquisição do Shield foi despertado das recordações das últimas noites mal dormidas pelo reclamar estridente de Naruto, a besta quadrada na opinião do Uchiha.

– Você é um bastardo mesmo!! Fica aí ignorando a Sakura-Chan!! Não liga pra ele Sakura-chan, eu estou ouvindo você! - Disse o loiro, no auge de toda sua esquisitice.

– Sakura-Chan! Sakura-Chan! Sakura-Chan! Você só fica repetindo isso, larga de ser idiota Dobe! Isso é chato! - O Uchiha reclamou, por que ele já tava de saco cheio daquilo e bem, O fazia lembrar de sí mesmo nos sonhos, sussurrando “Sakura-Chan”.

– AHH Teme!!!! Seu idiota de uma figa!! Mentecapto!!! – Esbravejou Naruto.

– Você nem sabe o que quer dizer mentecapto Naruto – Kakashi, que estava sentado ao lado de Sakura, finalmente se pronunciou – E vamos parar de conversa mole. Vamos terminar isso aqui é irmos à sala do Hokage,temos que entregar o relatório da missão!

Todos se calaram e terminaram de comer o churrasco e logo já estavam saindo da sala do Hokage após mais um relatório de missão entregue.

– Vão descansar, darei o final de semana de folga a vocês, na segunda estejam aqui bem cedo para uma nova missão, e Sasuke, vê se dorme, suas olheiras podem ser vistas a quilômetros – Kakashi os dispensou e logo após sumiu em uma nuvem de fumaça.

Naruto foi o primeiro a se afastar, depois de uma despedida espalhafatosa pra Sakura e um adeus Teme pra Sasuke.

Ficou apenas os dois, e Sasuke percebeu isso antes de qualquer outra coisa.

– Sasuke-kun… você tá com raiva de mim? Eu fiz alguma coisa que lhe deixou irritado? – Ela perguntou, e Sasuke percebia a voz dela tremula, nervosa.

– Não – Ele não estava realmente irritado com ela.

– Então por que você não está falando comigo? Por que você nem está mais olhando na minha cara?

– não é nada – O problema é que eu tô na Puberdade, Então sai de perto de mim! Isso era o que ele devia ter dito.

O problema era ela afinal!

– Então para com isso! Vamos sair pra jantar hoje à noite, aí conversamos melhor! Eu prometo ser uma companhia agradável, farei o se divertir muito, será muito prazeroso Sasuke-kun!

Que frase infeliz Sakura…

Será muito prazeroso, Sasuke-kun...

Muito prazeroso...

Sasuke-kun...

Sasuke-kun…

– Não, Tenho coisas a fazer, e pare de ficar falando o meu nome assim, isso é irritante! – Entendam a situação difícil do jovem Uchiha, nos sonhos geralmente ele podia escutar a jovem garota sussurrando seu nome em resposta aos toques dele, da mesma forma que ele sussurrava o dela ao simples roçar de pele dela.

Os sonhos eram bem reais, ele culpava a sua linguagem sanguínea por isso.

Ele finalmente achou um problema em seu Sharingan perfeito e sua linhagem perfeita.

– Mas…– Sakura ainda ia insistir mas ele não deixou

– Thaw Sakura.

– … Thaw Sasuke-kun…

Quando o jovem Sasuke chegou em casa ele foi direto pro banho, e após demorar quase uma eternidade em baixo do chuveiro fazendo coisas que ele jurou que nunca faria e que ele não resistiu, foi se olhar no espelho pra ver o minúsculo fiozinho de cabelo debaixo do queixo que era pra ser uma barba.

Só que ao se fitar no espelho o que ele viu o deixou horrorizado.

Aquilo era uma espinha?


Notas Finais


Até o próximo e último!
Logo logo eu volto!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...