História Puro Gosto do Fim - Interativa - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Fim Do Mundo, Mortes, Perdas, Sobrevivencia
Exibições 12
Palavras 384
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Ficção Científica, Luta, Shoujo (Romântico), Survival, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Linguagem Imprópria, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Olá Pequenos Grandes Sonhadores!
Bem, não vou alongar as notas do autor muito então, um recadinho rápido: eu não tenho data de postagem, pra nenhuma fic, pois nãos gosto de falar algum horário (que provavelmente deveria ser postado) e algo inesperado acontecer, por isso não se assustem se por acaso eu ficar ausente por dois ou cinco dias, tudo ok? Obrigada pela atenção!

Capítulo 3 - Fome sumida...


Fanfic / Fanfiction Puro Gosto do Fim - Interativa - Capítulo 3 - Fome sumida...

 Não poderia estar um dia melhor para não fazer absolutamente nada, esse era o pensamento da garota cujo ainda estava sentada em seu sofá, com a cabeça jogada para trás e as mãos "largadas" pelo macio das almofadas do sofá, a menina parecia pensar em algo, pois boiava fitando o teto de boca aberta.

  — Alice? Alice está me ouvindo? — uma voz conhecida chamava pelo nome da garota, que foi despertada de seu "transe"

  — Oi mãe?.... — responde a garota, ela não mexe sua cabeça do lugar que estava, apenas direciona seus olhos para a mãe que estava em pé ao seu lado

  — Lhe chamei umas cinco vezes, o almoço já está pronto! — fala a moça mais velha

  — Ah... Mãe, estou sem fome — responde a garota sem animo

  — Mas Alice, você não comeu o café da manhã, e rejeitou a sopa que eu lhe ofereci a tarde, você precisa comer — a mãe da jovem estava extremamente preocupada com a filha que parecia emagrecer a cada segundo, parecia estar doente, mas ela fazia isso a meses, de não comer nada, era impressionante o tempo que ela conseguia permanecer em pé sem nenhum tipo de alimentação, apenas de algumas frutas

  — Mãe... — a garota a olha como se a estivesse implorando para que não a fizesse colocar se quer uma garfada na boca

  — Está bem, apenas tente comer umas depois, e seu pai lhe fez dois hambúrguer, eles estão na geladeira

  — Ok, vou subir para meu quarto — fala a garota, se levantando das almofadas e subindo as escadas de sua sala dando num corredor cujo tinha três portas, que provavelmente eram uma dos país, outra da garota e a última um simples banheiro. A garota abre a porta cinza de seu quarto o adentrando em seguida, dentro dele não havia nada de especial, uma cama um guarda-roupa, um criado-mudo, um espelho, tapete, janela e decorativos em diversos lugares, Alice se poê em frente ao seu espelho, averiguando seu corpo, magro, fino, sem o minimo de gordura saudável, a garota parecia tão frágil, dava a impressão que com até o mais leve dos toques ela iria se partir ao meio, deprimente, a jovem da passos lentos até sua cama, chegando até ela e se jogando na mesma, que a fez afundar nas cobertas, a fazendo dar um suspiro de alívio.


Notas Finais


Mas um capítulo focado nessa personagem, provável que o próximo já seja de outro.
Mas e isso Sonhadores, fiquem bem e até!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...