História Purple - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Personagens Chen, Xiumin
Tags Cardo, Eminência, Helitrópio, Magenta, Ube
Visualizações 2
Palavras 618
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Yaoi
Avisos: Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLA OLA GENTE
Eu queria deixar claro que eu realmente não gostei do que eu escrevi,queria bem mais emoção e etc,mas,tudo bem.
Eu dedico cada palavra e cada tom de roxo ao @ChoerryM,a melhor pessoa do mundo.

Capítulo 1 - Goodbye


Para Kim Jongdae,e todos os tons de roxo que ele me apresentou.


Eu sempre estive num lilás leve,nomeando tons diferentes e escrevendo cartas de amor a você. 

Índigo,cardo,eminência e heliotrópio,eu sempre gostei de nomes diferentes e de tons diferentes.

 Eu conheci o ube e o magenta,e o orquídea que coloria nosso amor,nossas cartas e minhas canetas. 

Eu estava afundado no ametista precioso que você era,tão absorto que fiz pouco caso com fatos pérfidos que me ocorreram.Eu conheci a primeira cor triste,o primeiro tom que você não havia me apresentando.O púrpura podre do preconceito,do nojo,das fofocas e dos punhos alheios. Eu conheci o roxo vivo e desbotado em minha pele,eu reconhecia o púrpura em meus braços,em meus olhos,em meu pescoço.

 Eu reconheci o púrpura das línguas pérfidas daqueles que me mostraram os tons escuros. Eu pouco a pouco me afundei naquilo,naquele púrpura escuro e nas sensações ruins. Eu escondi o púrpura abaixo do lilás de mangas longas e do pó cor de pele. Abaixo de sorrisos e de lilás e ube,eu escondia púrpura e negro. E você foi tão atencioso,ah,Dae você fez de tudo. 

Você pintou meu mundo púrpura,você trouxe lilás,você trouxe o orquídea,trouxe as cores do carinho e do amor. 

E eu amava você por isso,eu posso lhe dar a certeza de que ainda te amo por isso.Você respondeu as cartas.O papel roxo,as canetas com cheirinho de frutinhas,os adesivos fofos,você me enviou tudo de volta. Você me deu abraços,beijos,repetiu mil vezes o quanto eu era especial sempre que estava comigo. Fez cada momento que estive ao teu lado ser totalmente especial. 

Você me fez sentir especial. 

Mesmo quando os tons foram se perdendo e o púrpura se tornou o vinho sangrento escorrendo pelo nude,você continuou aqui. Quando eu vomitei as cores misturadas e apenas desejei mais tons de vermelho,você continuou aqui. Colocou curativos lilás em meus machucados,me beijou e sussurrou tons de roxo,você fez o vermelho parar. Mas quando você ia embora eu tirava os curativos,você sabia.

 Eu já estava coberto de negro e púrpura,eu queria apenas tons de vermelho. Todos os dias,todos os dias. Eu me fascinei pelo prateado cortante e pelo marrom sufocante,eu queria mais do vermelho escorrendo,eu queria mais das pílulas coloridas,eu estava vomitando as cores,eu estava cansado meu amor.

Eu desejei o lilás de volta quando era muito tarde. 

Eu me sentei no caramelo frio e trouxe mais tons de vermelho,eu engoli mais colorido,eu vomitei mais cores.

 Eu usei o prateado cortante,me desculpe.

 Eu vou usar o marrom sufocante. 

Eu te prometi tons de rosa,e agora estou lhe dando tons fúnebres. Eu poderia escrever um caderno inteiro dizendo:Me desculpe.Mas eu sei que não adiantaria,eu sei que ficará decepcionado comigo no fim,porque eu não falei com você,por eu não ter requisitado sua ajuda.

 E o pior,é provável que fique triste, é provável que chore.Nesse ponto,por lhe fazer chorar,eu pinto novamente tons de vermelho em meus pulsos.Me desculpe,Dae.Me desculpe. 

Do mais puro tom de roxo até os tons que beiram azul,está nosso tom. Sem limites,podemos ser claros ou escuros,quietos e calmos ou escandalosos e brilhosos.Eu te amei até o último tom,até o ardósia chegar,até o azul começar,até o púrpura acabar com tudo,até os tons escuros,até os tons além de roxo chegarem.

Eu estou usando papel colorido,caneta com cheirinho de uva,um adesivo de coelhinho e meu perfume favorito para dizer:Adeus. 

Eu peço desculpas.Eu estava perdendo meus tom de roxo,eu estava me tornando branco,o púrpura estava me matando. 

Eu estou indo,mas você fique bem informado.Você foi o primeiro e o meu único tom especial.Você foi o lilás,calmo e belo.Você me manteve acordado por noites inteiras,me manteu seguro por dias inteiros. Me amou por meses,e eu te amarei além do ardósia,além do negro,além de qualquer tom.

 Adeus.

 Do desbotado e morto tom,Minseok


Notas Finais


Parabéns,Deuso.
Desculpe-me se te decepcionei!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...