História Purpose - Capítulo 44


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Jelena, Nerd
Exibições 455
Palavras 2.699
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


DA PRA IMAGINAR, 1 ANO DA FANFIC?

Para começar, eu NUNCA, nunca mesmo, iria esperar que minha fic crescesse tanto. Quase 400 favs. Para alguns pode ser pouco, mas pra mim? Isso é maior do que qualquer número. Eu quero que saibam que vocês são os melhores leitores que alguém poderia ter, vocês comentam, dão palpites, e para mim isso é ótimo.

Quando eu criei, eu pensei “Meu Deus, eu só posso ser retardada, ninguém vai ler isso.” No dia 13 de outubro de 2015, de madrugada, deu a louca em mim, e eu resolvi postar. Vocês reagiram positivamente, e cara, eu fiquei feliz pra cacete.

OBRIGADO POR TUDO MEUS AMORES, AMO VOCÊS <3



Tenho que dizer para vocês que purpose está chegando ao fim. Planejo apenas mais uns 10-20 capítulos. Mas quero dizer que vocês não vão se livrar de mim. Planejo escrever outra fanfic, ou uma segunda temporada dessa, o que acham? Bem, não vamos pensar nisso, e vamos focar nesse capítulo escrito por uma garota maravilhosa, que quis deixar em anônimo. Gente do céu, ela é uma escritora M A R A V I L H O S A. Porém disse que tem medo de postar uma fanfic de própria autoria, então, OLHA AQUI GAROTA, VAI ESCREVER, se você postar uma fanfic, EU JURO QUE DIVULGO, porque você não pode ficar na sombra assim, BOTA A CARA NO SOL. Obrigado por esse capítulo maravilhoso, e pense bem no que eu te disse.

Obs: Para todas vocês que me mandaram: O CAPITULO DE TODAS FORAM ÓTIMOS. Se pudesse, eu postaria todos, mas não dá :( E isso vale para vocês também, comecem uma fanfic, eu ajudo todas a divulgar <3


ESPERO QUE GOSTEM.

Capítulo 44 - I Love you. CAPITULO ESPECIAL DE UM ANO.


P.O.V SELENA GOMEZ

NOVEMBRO, 2014.

11:56

Olhei para o lado, e o Justin estava lá, dormindo feito um anjo, ele ficava extremamente lindo enquanto dormia.

Olhei para o meu corpo, e percebi que estava nua. Levantei o lençol e vi que o Justin também. Merda, eu havia bebido demais, porém, deve ter sido uma noite ótima.

Olhei para o lado, e vi uma camiseta de Justin. A peguei, me levantei e vesti. Logo veio a dor de cabeça, e não estava fraca. Olhei ao redor, e o quarto estava revirado. Prendi meu cabelo, peguei meu celular, e vi a hora. Haviam mensagens da Demi e da Taylor.

“SELENA, DÁ PRA FAZER MAIS BAIXO? EU TÔ AQUI COM O RYAN RONCANDO DO MEU LADO, E VOCÊ GEMENDO, E OLHE QUE SEU QUARTO É NO FIM DO CORREDOR- Demi”

“Ainda bem que não fiquei pra dormir na casa do Justin- Taylor”

“Tá muito alto, eu só consigo escutar “AWN JUSTIN”, e “ISSO SELENA, DESSE JEITO- Demi”  Ri ao ler essa mensagem.

“MINHA NOSSA- Taylor”

“E o pior, é que nem deu pra fazer com o Ryan, porque assim que ele se deitou, dormiu- Demi”

“Por isso vim pra casa e agora estou indo dormir- Taylor”

“Okay, boa noite, eu terei uma longa- Demi”

“Boa sorte- Taylor”

Ri, e joguei o celular na cama. Fui até o banheiro, escovei os dentes, e Lavei o rosto.

Saí do banheiro, e desci.

A casa estava arrumada, apenas o quarto não estava. A Neide não estava em casa, ela deve ter vindo, arrumou e saiu pra comprar algo.

Fui até a cozinha, e a comida já estava pronta, precisava apenas ser servida. Peguei um remédio para dor de cabeça, e tomei.

Fui na área de lazer, e estava um dia lindo, sem nuvens no céu, o ar fresco se fundia com o cheiro de grama molhada após ser irrigada.

Voltei lá pra cima, e fui atrás do quarto onde a Demi estava. Não vi nenhum quarto, ocupado além do quarto do Justin. Ué.

Entrei no quarto, e o Justin ainda dormia. Peguei meu celular, e me deitei novamente na cama, e mandei uma mensagem para a Demi.

“Você não dormiu aqui não?- Selena” Ela respondeu rápido.

“Dormi, e bem mal aliás. Porém, eu e o Ryan acordamos às 11:00 e viemos para a minha Casa- Demi”

“Foi mal, eu não lembro muito bem de ontem, a não ser da festa que fomos- Selena”

“Sem problemas. Cara, não sei como o Ryan conseguiu dormir, porque era tão alto. Você gemia, e o Justin também, e eu ficava tipo “Minha nossa, o que eu tô fazendo aqui?”- Demi”

“Não tenho culpa né, kkkkkk- Selena”

“Tem sim. Enfim, estou indo tomar banho, e acho que vamos mais tarde aí- Demi”

“Okay- Selena”

Coloquei meu celular para carregar, e peguei uma toalha, e fui ao banheiro.

Hoje é sábado, e eu iria passar o fim de semana na casa do Justin.

Saí do banheiro enrolada na toalha, e com o cabelo molhado.

Peguei um short jeans, uma cropped solta e vesti. Penteei o cabelo e fui ver a hora. Eram 12:35.

Me deitei na cama, e fiquei olhando o Justin dormir.

-Vai ficar me olhando dormir mesmo?- Ele Perguntou ainda com os olhos fechados, como ele viu?

-Não estou te olhando dormir- Falei

-Está sim- Ele falou enquanto cobria a cabeça com o lençol- Minha cabeça vai explodir

-Eu não lembro de nada que aconteceu ontem- Falei, e ele tirou o lençol da cabeça.

-Eu lembro, e muito bem

-Além de ter acordado com dor de cabeça.

-Você ficou louca pra cacete ontem- O Justin falou enquanto virava

-Ai meu Deus- peguei um lençol e coloquei na minha cabeça- Que vergonha

-Chegamos ontem aqui no quarto pra dormir, mas você me jogou na cama e começou a tirar a roupa

-Então porque eu não estou com nenhum chupão?

-Porque você não deixou.

-Ah tá, fiz mais alguma coisa constrangedora?

-Tentou cantar Telephone da Lady Gaga ontem na balada e levou um tombo, aí um babaca tentou te levantar enquanto tentava pegar nos seus peitos, ai eu dei um soco na cara dele.

-Sério?

-Sério

-Não quero ouvir mais nada- Falei e o Justin riu.

-Porque?

-Porque não quero morrer de vergonha

-Certo.

Ele se levantou devagar e virou pra mim.

-Cobre isso- Falei enquanto tapava os meus olhos

-Ontem quando você estava colocando tudo na boca não falava isso, engraçado né?

-Ontem eu estava louca.

-Ah claro

-Vai logo tomar banho

-Vou se eu quiser

-Porco

-Olha quem fala.

O Justin foi tomar banho, e eu fiquei deitada. Minutos depois ele saiu, com uma toalha na cintura, e o cabelo molhado.

-Acho que vou ficar só de cueca mesmo- O Justin falou enquanto pegava uma cueca e vestia

-Você quem sabe.

Ele vestiu uma bermuda de moletom e só.

-Agora você já pode me beijar- Falei e ele riu

-Você que tem que me beijar

-Eu sou difícil

-Ah Claro- Ele se deitou por cima de mim, e me beijou. Ficamos à nos beijar lentamente.

-Posso respirar?- Perguntei

-Sem essa de respirar- Ele voltou a me beijar e eu sorri.

Ele ficou ao meu lado, e pegou o celular.

-Vamos lá comer- ele falou e eu assenti

-A Neide não está

-Ela deve ter saído.

UMA HORA DEPOIS

-Vai ter uma festa do caralho hoje- O Justin falou enquanto olhava o celular- me convidaram

-Mas não me convidaram- Falei

-Aqui está falando pra mim levar quem eu quiser, resumindo, você, porque com certeza os garotos receberam também.

-É de que horas?

-Começa as 20:00, e não tem hora pra acabar

-Okay

-É pra ir de roupa branca

-Vou em casa pegar uma roupa.

-Agora não- Ele se virou pra mim

-Então de que horas?

-Depois- Nos deitamos no sofá, com ele por cima de mim.

-E agora o que nós faremos?

-Uns beijos ou sei lá- Ele começou a dar selinhos em mim

-Nem pense que vamos transar

-Eu não disse isso

-Mas sei que pensa.

-Não estou pensando em nada além de te beijar

-Tem certeza?

-Não

Ele continuou me beijando, e acho que esquecemos que estávamos em um sofá, e eu tentei ficar em cima do Justin, mas acabamos caindo no chão. O Justin caiu ao meu lado, e nós tivemos uma crise de riso infinita. Nos olhavamos, e riamos. Por um momento, vi a imagem de Justin sorrindo em câmera lenta, foi uma das imagens mais lindas que já vi.

-Eu tô morrendo- Falei e rolei pra perto do Justin, ainda rindo

-Deixa eu me recompor- Respirou fundo, porém, nos olhamos, e começamos a rir novamente.

P.O.V JUSTIN BIEBER.

Ela estava rindo, e estava linda. A olhava de relance, e ela estara radiante.

-Ai meu Deus- Ela Falou enquanto se acalmava, e eu me acalmei também.

-Quase morri

-Eu também- me levantei e ela me olhou

-Me ajuda a levantar aqui- Estendeu as mãos para mim, e eu a puxei, fazendo nossos corpos ficarem colados

-Aprendemos uma lição hoje- Falei, bem próximo dela.

-Nunca fazer coisas inapropriadas no sofá- Ela Falou com um sorriso bobo no rosto, enquanto olhava em meus olhos .

-Já disse que você é linda?

-Eu sou maravilhosa

-Adoro esse seu jeito

-Como não adorar? Sou extremamente fofa

-Claro- A olhei nos olhos também, e ficamos nos olhando por um tempo.

-Você tem olhos lindos

-Eu sei disso, são lindos igual ao dono

-Se acha- Apertei a cintura dela com força com as pontas dos meus dedos.

-Não tem ninguém em casa- Sussurrei no ouvido dela, enquanto estávamos com os corpos colados.

-Segundo a Demi, nós transamos pra caralho ontem, então, por enquanto, não terá nada- Ela Falou, se soltando, e dando de ombros.

-Ontem foi maravilhoso- Falei, e me joguei no sofá, lembrando da noite passada.

-Tudo que é comigo é maravilhoso- Ela se jogou em cima de mim

-Depois quem se acha sou eu- Ela ficou sentada no meu colo, com as costas encostadas em meu ombro.

-Vamos de que horas pegar minha roupa?

-Quer ir agora?

-Pode ser.

-Então vamos.

(...)

Chegamos na casa da Selena, e ela foi no quarto dela buscar um vestido branco, e eu fiquei com a mãe dela, lá embaixo.

-É só uma festa- Falei

-Festa de quem?

-Um amigo meu

-Ah, tá

-Não se preocupe, irei cuidar da Selena

-Se você vai cuidar da Selena, quem vai cuidar de você?

-Não preciso de alguém cuidando de mim.

-Claro que não

-Se que horas voltam?

-A festa começa às 20:00, mas acho que voltamos as 23:00, ou 00:00- Ela assentiu.

-Não beba muito, porque você vai dirigir.

-Eu nunca bebo muito

-Tô de olho viu.

A Selena desceu, com um vestido branco nas mãos, e um salto Vermelho

-Vamos?- Ela Falou, enquanto se aproximava, e eu assenti.

-Cuidado viu filha, e você Justin, cuidado com a minha filha- Assenti, e a Selena riu.

-Tchau mãe- Deu um beijo estralado na bochecha dela, e depois se virou para mim.

-O que vocês dois ficaram falando de mim?

-Nada ué, só sobre a festa- Falei

-Juizo viu- Mandy Falou.

Nos despedimos, e saímos de lá.

-Você vai me ajudar a escolher a roupa- Falei enquanto entrava no carro.

-Virei stylist?

-Minha stylist

-Vou começar a cobrar

-Te pago a noite

-Ai sim.

(...)

Chegamos na minha casa, e fomos pro meu quarto.

-Cadê as camisetas brancas?- Selena falou, enquanto revirava meu Closet

-E eu que sei. Deve estar na última prateleira- Falei, enquanto entrava lá.

A Selena olhou para a última prateleira, e me olhou. Era era baixa, então não conseguia.

-Da pra ajudar aqui?- Ela Falou, enquanto pulava para tentar alcançar

-Acho que não vai dar- Provoquei.

-Ah é? Não preciso de você

-Então pega, gigante.

-Eu vou pegar- Ela tentou pular, mas não consegui.

Cheguei ao lado dela, e fiquei olhando ela tentar pegar.

-Deixe-me te ajudar

-Não, não preciso mais da sua ajuda- Ela cruzou os braços, e me olhou.

-Precisa- Tirei umas camisetas brancas de lá- Quer me ajudar a escolher?- Perguntei, e ela me olhou com um biquinho lindo.

-Sou legal, então me dá logo essas roupas- Ela puxou as camisetas da minha mão.

-Tão bonitinha- Falei, e apertei as bochechas dela, o que me fez levar uns tapas na mão

-Bonitinho é você, eu sou maravilhoso- Ela se sentou na cama, e começou a olhar as camisetas.

Depois de muita discussão, decidimos a roupa. Uma calça preta rasgada, e uma camiseta branca com furos. E eu iria de vans.

-Pronto, agora que já arrumamos tudo, podemos fazer outra coisa aqui- Falei, me aproximando dela. Porém, ela se afastou.

-Nem vem

-Eu ia falar para nos beijarmos, só isso.

-Só isso? Tem certeza?

-Claro.

-Eu preciso tomar banho- Ela Falou enquanto caminhava lentamente até o banheiro, e tirava a blusa na qual estava.

-isso é algum tipo de provocação?- Perguntei, e ela mordeu o lábio.

-Não- Respondeu simples, e se adentrou no banheiro.

A segui, e quando cheguei lá, ela estava só de sutiã e calcinha, e estava pegando a toalha.

-Você vai mesmo tomar um banho?- Perguntei e ela me olhou como se fosse óbvio

-Sim ué

-Sabe, eu também preciso de um banho

-Esse box é bem grande né- Disse, com um sorrisinho no rosto.

-Então, posso tomar com você?

-Não- Deu uma pausa- Agora se não for muito incômodo, pode me ajudar a tirar meu sutiã?- Ela ficou de costas pra mim, e afastou o cabelo, e eu fiquei olhando.- Não vem me ajudar?

-Isso é provocação, Selena.

-Eu apenas quero que abra meu sutiã

-Tá- Revirei os olhos e me aproximei dela. Abri o sutiã dela, e ela se virou para mim, com aqueles belos seios a mostra.

-Vai logo tomar banho- Falei, tentando olhar para qualquer outra coisa que não fossem os seios dela.

-Eu estava pensando em outra coisa- Ela Falou se aproximando, e eu engoli seco.

-Você em um minuto diz que não quer, e no outro já quer? O que você quer dizer, Selena?

-Que eu te quero- Ela me puxou pela camiseta, acabando com qualquer espaço entre nós.

-Então vem cá- Impulsionei as pernas dela, fazendo-a envolve-las em minha cintura.

Começamos a nos beijar, e a coloquei sentada na pia no banheiro.

Eu apertava os seios dela com força, porém com cautela, fazendo ela gemer baixo.

Ela tirou minha camiseta, e a jogou longe. Desci minha mão até sua bunda, depositando um forte tapa, fazendo a conter o grito.

-Filho da mãe- Ela Falou entre dentes.

Sorri, e voltei a beija-la, desta vez, mais intensamente.

Desci minha boca até o seio direito dela, dando leves mordidas, e isso a fez gemer baixo. Dei um chupão no seio dela, e ela apenas riu.

Subi meus beijos até o pescoço dela, e dava para perceber que ela havia ficado arrepiada. Apertei forte os quadris dela, fazendo-a respirar fundo.

Ela abriu um pouco as pernas, e eu levei minha mão até a vagina dela.

-Gosto assim- Falei ao sentir o local um úmido.

-Cala a boca- Ela Falou, e eu obedeci.

Afastei a calcinha dela, e levei meus dedos até o clitóris dela, estimulando. Ela gemia, e eu sorri. Penteei dois dedos lá, e ela curvou as costas.

-Cansei de preliminares- Ela Falou, e eu assenti.

A peguei no colo, e a levei até a cama.

Ela abaixou minha bermuda, e apertou meu pau. Arfei, e ela ficou por cima de mim, rebolando, e isso era tão bom.

-Não faz isso Selena- Falei, e ela sorriu

-Faço sim.

Ela se deitou em cima de mim, e começou a me beijar, enquanto uma de suas mãos deslizavam para dentro da minha cueca. Com a mão lá dentro, ela acariciava meu pênis, e algumas vezes o apertava. Eu nunca tinha ficado com tanto prazer como fiquei hoje.

Eu estava gemendo baixo, e a Selena beijava meu pescoço.

-Adoro escutar você gemendo- Falou entre beijos.

Ela tirou a mão de lá.

-Agora é minha vez de te escutar gemendo- A virei depressa, porque eu não aguentava mais, eu precisava me sentir dentro dela.

-Então vem- Ela segurou forte minha nuca, e me puxou para um beijo quente.

Tirei a calcinha dela, e minha cueca.

-Vem Justin, quero te sentir dentro de mim.- Ela Sussurrou no meu ouvido de uma forma sexy.

Coloquei meu pênis dentro dela logo de uma vez. Sem exitar, ela gemeu alto. Talvez pelo susto que levou. Comecei a penetra-la mais rápido, e ela gemia cada vez mais alto.

-EU QUERO MEU NOME VADIA- Gritei, e ela gemeu meu nome. Foi a coisa mais prazerosa que já escutei.

Parei por um momento, apenas para respirar. Estávamos ofegantes. Ela passou as mãos pelo corpo, parando nos seios, e os apertou. Sorri, mordendo o lábio inferior.

Ela ficou por cima de mim, e deslizou as unhas pelo meu peito.

Ela começou a cavalgar no meu pênis, e puta merda, fui no céu e voltei com aquela visão.

Ela parou, e trocamos as posições.

Voltei a penetra-la, dessa vez, rápido, com força, e sem parar.

A Selena já havia gozado, então, quando Senti que eu ia, tirei meu pênis, e apenas me joguei ao lado dela.

Ela me olhou, com a respiração pesada, e com um sorriso.

-Quanto mais o tempo passa, você fica melhor- Ela Falou

-Claro- Respondi

-Eu não estou nem um pouco afim de ir para essa festa

-Nem eu- Rolei para cima dela, e comecei a beijar o seu pescoço- O que acha de ficarmos aqui, fazendo outra coisa?

-Acho maravilhoso- Ela correspondeu com alguns beijos em meu pescoço- Sabe, o que vamos fazer quando nos separarmos?- Ela Perguntou, e eu franzi a testa.

-Nos separarmos?- Questionei.

-Porque temos que ser sinceros com nós mesmos, vamos tranzar com outras pessoas.

-Mas por enquanto, eu só quero com você.

-Me promete, que mesmo que nós terminemos, ainda vamos nos importar um com o outro?

-Pode contar comigo pelo resto da sua vida, porque eu sempre vou estar aqui, te amando.

-Eu te amo tanto, Justin

-Te amo tanto Selena- Ela me beijou, e eu não me imagino sem a Selena.

Que nosso amor seja eterno.


Notas Finais


GOSTARAM?
Bem, parabéns para nós, sem vocês essa fic não iria a lugar nenhum, muito obrigadooooooo, amo vocês muitão ❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...