História Purpose - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Chaz Somers, Christian Beadles, Justin Bieber, Lil Za, Ryan Butler
Visualizações 27
Palavras 1.028
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Festa, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - Piscina... Sua filha?


Fanfic / Fanfiction Purpose - Capítulo 2 - Piscina... Sua filha?

Atlanta

Claire Vegas On

Aquele garoto lindo, com aquele ar de bad boy, totalmente maravilhoso chegou, não estava com paciência pra gracinha, estava completamente irritada com o fato da Amy ter me deixado sozinha pra ir ficar com um garoto, pior quando ela chegou bêbada, rachando a minha cara falando na frente do loirinho. Nem sabia o nome dele, sai puxando Amy, e fomos pra casa. Eu não bebo, então essa na maioria das vezes era minha função.

-Claireeeeeeeeeeee. -Acordei com a Amy gritando

-Fala Amy. 

-Amiga, conheci uns meninos ontem, fiz amizade e tals, hoje eles me chamada pra um churrasco na piscina, vamos? Por favor, por favorzinho

-Vamos Amy,deixa eu me arrumar, perai...- Ela ficou pulando batendo palmax feliz da vida, parecendo uma criança

Levantei, tomei um banho, peguei um biquíni vermelho com preto, coloquei um vestidinho soltinho, e peguei a bolsa, estava fazendo sol, peguei um protetor e bronzeador, peguei carteira, dinheiro, meu celular e sai apressada com Amy gritando lá de baixo impaciente. 

- Porra Amy, nem tomei café, estou com fome.

- Calma amiga, lá tem comida - Amh disse rindo, e eu bufei sem achar um pingo de graça.

Amy tinha dado o endereço pro taxista, demoramos uns 10 minutos e o taxista parou em frente a uma mansão, e disse "Pronto senhoritas, é aqui o endereço." Pagamos e agradecemos pela corrida e passamos pelos seguranças e entramos na mansão, e veio um loiro dos olhos claros abraçou Amy e logo se pronunciou...

-Você é?

-Sou Claire Vegas, prazer. E você é?

-Ryan, Ryan Bluter. Venham, vou apresentar meus amigos e o dono da casa, não moro aqui, aqui é a casa do Justin, disse rindo e nós assentimos.

-Meninas, esses são Chaz Sommers, Christian Beadles, Alfredo Flores e o Justin está lá dentro, fiquem a vontade... -Eu e Amy cumprimentamos os meninos, e logo me deu fome e pedin pra beber agua e eles me indicaram o caminho, e eu fui, quando do nada eu passei pela sala e tinha uma garotinha linda brincando com uns brinquedos espalhados no chão, quando me viu veio gatinhando em minha direção, e eu abaixei, sou apaixonada por crianças. Sentei no chão e a peguei no colo, ela sorriu pra mim, tão linda, parecia uma princesinha, ela estava com uma tiara, e um vestidinho, toda linda, logo ouvi uma voz ..

-Ooi, você deve ser a amiga do Ryan né?- eu estava de cabeça baixa, então levantei com a menina linda no meu colo e dei de cara com ele, era ele, o garoto lindo da boate. Ele olhou pra mim sorriu e disse novamente "Nervosinha, o que faz aqui?"

-Minha amiga é amiga do Ryan, para de me chamar assim -bufei- 

- Então me fala seu nome loirinha- Ele disse sorrindo

-Claire Vegas. 

- Lindo nome, e eu conheço esse sobrenome Claire. -Arqueei a sobrancelha e logo ele falou- então já conheceu minha filha?- arregalei os olhos, não é possível, ele parecia ser bem novo, puts, não acredito que eu fiquei com um homem casado, e que ainda por cima tinha filha, e perai, cadê a esposa dele?-

-An, é, ela é sua filha? Nossa, é, é que você parece ser bem novo, cadê a mãe dela?

Assim que perguntei, ele travou, ele me encarava, eu encarava ele, e aquele silencio reinou, e até que a pequena que eu ainda nem sabia o nome começou a resmungar, até que ele se pronunciou...

- A mãe dela faleceu, no parto. 

- Ah, é, eu sinto muito, enfim, vou mudar de assunto, -ele sorriu-, é que eu tava lá fora e queria água, e entrei e ela estava aqui e vim brincar com ela. Onde é a cozinha? 

-Vem -Fui seguindo ele, com ela ainda no colo, ele me serviu agua e pediu pra que eu ficasse com a pequena só num minutinho, ele subiu correndo e quando desceu trouxe um biquini bem pequeno na mão, muito lindinho, ajudei ele a colocar nela, ele pegou ela e fomos lá pra fora.

-Aeee Bieber, demorou em. -Disse Ryan zuando com os meninos

-Qual foi Vegas, quantos anos você tem, da onde veio, o que faz? - Alfredo perguntou

- Me sinto numa entrevista -rimos- tenho 19 anos, vim do Brasil, eu tomo conta da empresa dos meus pais, agora à distancia, viemos pra cá a pouco tempo, não faz nem 1 semana.

Ficamos conversando a tarde toda, tomamos banho de piscina, fizemos churrasco, Jullie era uma bebê encantadora, não só a Jullie mas o pai também, os meninos são bem legais, sinto que já fiz boas amizades, já estava escurecendo e eu fui trocar de roupa e tirar o biquíni molhado. Assim que terminei de tirar a roupa molhada, Amy saiu com Ryan pra jantar, os meninos tinham ido embora e eu iria pegar um táxi.

-Claire, vamos pedir uma pizza? Depois eu te levo em casa, pode ser? 

-Claro - Peguei Julie que se jogava pro meu colo, eu conheci aquela garotinha hoje e já tinha me apaixonado...

- Me empresta seu celular Claire- Justin pediu, estranhei, mas dei a ele. Ele mecheu em uns negócios e logo me devolveu. 

A pizza chegou, comemos, brincamos, Justin era um amor. Eu estava ficando com sono, Jullie já tinha dormido no meu colo, e já tinha colocado no berço, estávamos no sofá vendo filme...

-Justin, vai me levar mesmo? Estou com sono, se não der, não tem problema. Eu chamo um táxi. -Disse meio envergonhada e baixo, já que ele estava bem ao meu lado, ele me olhou, sorriu e logo pegou a chave, e disse

-Vamos Claire...- Justin abriu a porta do carro pra eu entrar e logo que a gente chegou ele saiu, deu a volta e abriu novamente...

-Obrigada Justin -Disse sorrindo, e passando a mão pelo seu rosto, notando que estávamos perto demais... E ele foi chegando perto e se encostou no carro, Claire

açou e me beijou. Terminamos o beijo, o olhei envergonhada,

-Tchau Justin

-Tchau Claire


Bieber era um cara lindo, extremamente sexy, sabia muito bem como tratar uma mulher, só que havia um porém, ele ainda amava a noiva, e isso era óbvio. Mas eu não tenho culpa em nada disso, eu sou nova na cidade e nova na vida dele. Acho que Justin Bieber é maduro demais pra saber separar isso.












Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...