História Purpose Of Love. - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan
Tags Drama, Lime, Louis Tomlinson, Niall Horan, One Direction, Romance
Exibições 104
Palavras 1.504
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Mutilação
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


• PRIMEIRAMENTE: DESCULPE. SEGUNDAMENTE (?): PRIMEIRAMENTE. Tive que fazer piada, desculpe. Eu fiquei um mês sem computador, por isso não consegui atualizar a fanfic. Demorei para voltar a escrever, porque tive um bloqueio criativo no começo. Mas, agora eu acho que consigo voltar a postar regularmente aqui. Me desculpem mesmo por sumir esse tempo todo sem avisar (não me odeiem, pfvr). Tentarei atualizar essa fanfic com mais frequência!

• Eu e a @anneirwin começamos mais uma fanfic juntas! Deixarei o link nas notas finais para quem quiser acompanhar. Também será com toda a 1D, mas eles não serão famosos. Espero que gostem!

Enfim, vamos ao capítulo! :3
Ps: Nada a declarar sobre essa foto maravilhosa do Niall.

Capítulo 13 - O Boliche.


Fanfic / Fanfiction Purpose Of Love. - Capítulo 13 - O Boliche.

P.O.V HANNAH

Como o combinado, eu estava indo para o boliche com o Niall para encontrar Liam e Cheryl. Afinal, seríamos nós dois contra o casal Cheriam. No fundo, eu sabia que estava indo por causa do Niall apenas, já que eu não tinha experiência nenhuma com boliche. Ele estava dirigindo o carro e dançando ao mesmo tempo, porque estava tocando Girls Talk Boys da banda 5 Seconds Of Summer. Eu admirava a sua felicidade e animação, ele sempre foi assim em entrevistas e agora sei que pessoalmente também. Todos deveriam ser como Niall.

– Oh, when the girls, when the girls talk, when the girls talk boys, hey! – Ele cantarolava, fazendo uma dancinha tosca e segurando o volante. Por um momento, pensei que ele fosse bater o carro. – Vamos, cante comigo!

– Eu não sei cantar! – Falei, me encolhendo um pouco e rindo. Eu não iria cantar de jeito nenhum, porque ele iria rir de mim.

– Eu também não sei cantar! – Respondeu, ainda dançando e fazendo caretas engraçadas. Isso, por algum motivo, fez me sentir mais à vontade perto dele.  Niall sabia tirar a insegurança das pessoas com uma simples frase ou um simples gesto. Então, totalmente desafinada, cantei junto com ele até chegarmos no boliche.

O problema foi quando entramos na rua do boliche e lá estavam os famosos paparazzis, isso significava que Liam e Cheryl haviam chegado antes de nós e chamado muita atenção. Talvez, a roupa colorida que Cheryl sempre usava, havia atraído todo mundo e formado essa montanha de pessoas. Ri com meus pensamentos, porque piada com a Cheryl era uma coisa que nunca faltava.

– Não olhe para as câmeras, tudo bem? – Niall perguntou sorrindo do lado de fora do carro, encostado na minha janela, e eu assenti. – Vamos?

– Vamos. – Respondi e logo ele abriu a porta do carro para mim. Resultando em flashes e mais flashes quando ele pegou minha mão para entrarmos no boliche juntos. O lugar tinha pouca iluminação e era realmente muito bem decorado, seria a melhor primeira vez no boliche. As pessoas se movimentavam para todos os lados com enormes bolas, e assim que analisei melhor, achei que não fosse conseguir jogar. Afinal, os furos no meio da bola era quase do tamanho da minha mão. A pista era extremamente limpa e brilhante, me fazendo ficar encantada.

– Olá, Niall! – Disse Cheryl de longe ignorando minha presença, segurando uma bola de boliche rosa enquanto Liam falava com o gerente do lugar. Niall chamou eles para virem para cá e assim fizeram.

– O que vocês estavam fazendo lá?

- Eu estava pegando uma bola mais leve para Cheryl. – Liam respondeu e deu de ombros.

- Mas isso não vale, cara! – Niall disse e eu fiquei observando, claro que eles iriam discutir por causa de uma bola. Claro que não.

- Vale sim. Cheryl está aprendendo a jogar ainda, então é melhor ela começar com uma bola mais leve.

- Então a Hannah só irá jogar com as bolas mais leves, porque hoje é a primeira vez dela no boliche. – Niall jogou verde, fazendo Liam bufar. Mal sabia ele que eu realmente não tinha experiência nenhuma com boliche.

Depois que ele buscou a bola mais leve para mim, nós finalmente começamos a nos preparar para jogar. Ou quase isso. Niall estava sendo como um professor, porque eu havia contado para ele que eu realmente não fazia a miníma ideia de como jogar, fazendo ele rir. Faziam quase vinte minutos de ‘’aula’’ e aquilo estava já me entendiando, mas Niall não perdia o foco e estava realmente muito interessado em me ensinar.

– E depois é só você jogar. – Niall tentou me explicar enquanto eu segurava a bola exatamente como ele me ensinou. Não parecia algo tão difícil assim. Liam assistia de longe isso e registrava nossos nomes para o jogo começar, enquanto tomava um drink que havíamos pedido. – Só não pise em cima dessa linha que está a sua frente, porque você perde a vez.

- Você é um bom professor. – Elogiei e ele sorriu, voltando a olhar para a linha no chão. Definitivamente, ele estava envergonhado por eu ter o elogiado. – Eu tenho que começar com a bola mais leve?

- É melhor, depois você pode mudar para as mais pesadas.

- Estão preparados para perder? – Cheryl perguntou assim que terminaram de registrar os nomes, me fazendo rir.

- Acho que quem devia perguntar isso, sou eu. – Falei erguendo as sobrancelhas.

- Começa comigo! – Liam chegou empolgado segurando uma bola amarela e sua namorada assentiu.

Nós jogamos por quase duas horas e Liam era o que fazia mais strikes, por isso eles estavam vencendo de nós. Porém, ainda faltavam algumas jogada. Nós resolvemos parar um pouco para beber algo ou comer. Enquanto Niall fazia os pedidos, eu estava tentando me ‘’enturmar’’ com Liam e Cheryl, afinal, eu não trocava muitas palavras com eles por vergonha mesmo.

– E você e o Niall? – Cheryl, de repente, virou para mim e fez essa pergunta, fazendo-me ficar envergonhada. Eu estava confusa, eu não sabia ao certo se eu queria me envolver com ele. Não sabia se isso era o certo, mas como eu iria falar isso para ela e seu namorado?

– Somos a-amigos. – Respondi, sorrindo sem mostrar os dentes para tentar esconder meu nervorsismo.

– Ele é um rapaz bonito e divertido. Não vai nem aproveitar? – Perguntou, franzindo o cenho e Liam a censurou com o olhar, por ter ido direto ao assunto dessa maneira. Cheryl falava com tanta classe que chegava a me entediar. Eu olhei para os lados, buscando alguma resposta, mas Niall acabou voltando antes que eu pudesse responder.

– Pedi mais um drink para cada um de nós e lanches. – Avisou e sentou-se na cadeira. Eu suspirei, aliviada por ter sido interrompida e não ter que responder a pergunta de Cheryl.

– Eu preciso ir ao banheiro. – Falei ainda um pouco nervosa em saber que Cheryl e Liam apoiavam e ainda me empurravam para Niall. Eu não sabia o porquê, mas queria fugir de Niall. Algo estava me prendendo.

Ao chegar no banheiro feminino, fechei a porta e me encostei na pia, olhando meu reflexo no espelho. Onde eu estava me metendo? Essa pergunta ecoava em minha mente, cada vez mais. A garota que poderia estragar a amizade entre Niall Horan e Louis Tomlinson, essa sou eu. O que estava me prendendo era isso. Eu achava errado ter me envolvido com o Louis primeiro, e agora, quase me envolvendo também com seu melhor amigo. Ou talvez, ter que viver escondendo do Niall o que aconteceu há algumas semanas. Mas também não podia falar isso para ele, porque eu poderia acabar com a amizade dos dois, e isso era o que eu menos queria fazer. A cada dia que se passa, eu percebo que me importo mais ainda com o dia que passei na casa de Louis.

– Hannah? – Fui despertada dos meus pensamentos por uma voz conhecida. Olhei para o onde vinha a voz e minha mão começou a soar de nervosismo. – Desculpe, você estava demorando e eu achei melhor ver se você está bem.

– Aqui é um banheiro feminino, você não pode entrar. – Falei, talvez sendo um pouco rude com ele. A antiga Hannah estava de volta. Mas, para minha surpresa, ele não se sentiu mal com isso e veio até mim, sendo teimoso.

– E quem disse que eu ligo para isso? – Niall respondeu, abrindo um sorriso de canto e se aproximando mais de mim, fazendo-me dar um passo para trás. Niall que eu conhecia não era assim. – Eu fiquei sabendo do que vocês estavam conversando, parece que você está fugindo.

– Eu não estou fugindo... – Parei de falar assim que ele chegou mais perto ainda e segurou minha cintura. Eu encarei seus olhos azuis tão perto que dava para ver os risquinhos dentro dele, o que quase me hipnotizou. Seus lábios roçavam os meus, fazendo isso se tornar uma tortura. Eu passei meu braço pelo seu pescoço e o puxei para mais perto, sentindo seu corpo coberto por sua roupa, colado ao meu. Ele sorriu com minha atitude e me beijou, eu não consegui resistir e acabei cedendo. O beijo não era lento, porque Niall estava com pressa. Eu não estava conseguindo pensar direito, na verdade, eu não sabia nem o que estava acontecendo ali, entre nós. Ele desceu uma de suas mãos para meu bumbum e isso me fez acordar, lembrar do que estava refletindo há minutos atrás. Isso estava sendo errado, mas não era culpa de Niall. A culpa era minha. Então, o soltei na hora quando a realidade me atingiu.

– Desculpe. – Falei, antes de sair do boliche e fixar em minha mente que eu deveria conversar com Louis. Eu sabia que, para ele, não tinha passado de mais uma menina que ele ficou. Mas, eu não conseguia continuar minha vida normalmente sem lembrar do que aconteceu. Eu estava sendo presa por causa disso, por me sentir culpada de estar me importando tanto com isso. Mas, de uma coisa tenho certeza, eu não iria ficar alternando entre Niall e Louis. 


Notas Finais




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...