História Putting color in my world - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 12
Palavras 794
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Fluffy, Harem, Mistério, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Pansexualidade, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Imagem; "Pai"/"Papai"
Obrigada por acompanhar; Boa Leitura

Capítulo 2 - The First Day-Winter


Fanfic / Fanfiction Putting color in my world - Capítulo 2 - The First Day-Winter

The First Day

Ontem foi milagrosamente um domingo bem lento tedioso,  e hoje será mais uma segunda sem graça e tediosa também, estou enrolando para levantar faz uns 12 minutos, mas enfim levantei, fiz minhas higienes, vesti meu uniforme e desci as escadas, passando pelo grande e longo corredor que mais parece um salão, fui em direção as portas da sala de jantar e entrei, novamente os olhares se direcionaram para mim e meu irmão comentou;

-Está atrasada pirralha!-Diz ele com um tom de “raiva”, tentando me corrigir, apenas o ignorei e segui para a minha cadeira.

-Bom dia Yuri!-Diz meu pai, ele parecia “feliz” eu acho que esse e o “sentimento”.

-Bom dia papai... -Respondi neutra como sempre.

-Yuri.....- Minha mãe parecia “irritada” por eu responder neutra meu pai. Porém antes de eu abrir a boca para responder meu outro irmão Rai se pronunciou.

-Pai, porque hoje você esta tomando café conosco? Normalmente você sai de madrugada!

-É que hoje a empresa está de folga, eu aproveitarei para levar você, seu irmão e... Yuri-Meu pai olha para mim, odeio isso, ele nunca falou “e sua irmã” ele sempre fala e “Yuri” como se eu fosse superior, tá ate pode ser verdade que tenho as melhores notas nas matérias, que sempre sou elogiada, que sou sempre a “em destaque” no colégio inteiro, mas eu não sou boa em esportes, nem em fazer amigos, não sou a pessoa mais animada.... Nem... A mais sentimental....- Espero que não se incomode com isso... Okay, Yuri?

-Não, não me incomodo....-Falei, mas logo completei com uma duvida que me veio na cabeça –Mas pai, porque a empresa está de folga?

-Ah! É que hoje é aniversario do fundado dela, e pelo que parece sempre fazer “folga” neste dia...

-A ta...

Não demorou, para que terminássemos tudo e focemos para a escola, ao chegar na esquina ele nos deixou lá, descemos, eu já sabia e esperava ver meus irmãos correndo depois de darem tchau ao nosso pai, mas..... Na verdade oque fizeram foi bem longe destas expectativas, eles viraram para mim e falaram;

-Mana você quer ir com a gente?-Disse Kai, eu olhei-o confusa, e parece que não fui à única.

-Eu escutei direito- Falou Rai, e completou-Porque esta chamando ela Kai?

-É que Rai, de uns tempos pra cá, notei que Yuri não tem amigos, não fala com ninguém nem se comunica com os seus colgas na escola! Acho que como irmãos dela, nos deveríamos ajuda-la nisto, não?-Ouvir aquilo de Kai me deixou meio boquiaberta, ele não era uma pessoa que falaria esse tipo de coisa, e mais, Kai deveria me odiar, quando éramos menores, as pessoas não falavam com ele por ser meu irmão, mas tenho que admitir entre Kai e Rai, Kai sempre era o tipo de pessoa que de vez enquanto me levava comida no quarto, me ajudava com a limpeza do carro, ele também perguntava para mim como era meu dia na escola. Já Rai era totalmente ao contrario, ele sempre tentava me atrapalhar, nunca perguntava nada, mas mesmo assim mesmo que diferente de Kai que não teve ninguém, só porque uma vez ou outra falava comigo, Rai teve amigos, inclusive era popular, mas mesmo assim me odiava.

-Claro que não Kai, ela tem que conseguir amigos, sozinha, além disso, você se esqueceu, que foi ela que afastou alguns de nossos amigos?!- O ouvir falar isso me fez pensar, será que Rai se importa mais com a popularidade do que com Kai? Afinal, Rai nunca se arrisca a falar com “não populares”, já Kai esta sempre falante com todos, é amigável e gentil, e também Kai é mais inteligente que Rai, pois Kai fala com todos inclusive com os “nerds”.

-Rai... Ela não teve culpa!

-Teve sim, ter nascido já foi tragédia o suficiente-Olhei para Rai com um olhar neutro, não sabia como era sentir raiva, e também não sei como fingir, eu apenas o olhei e disse;

-Você tem ração, se eu não tivesse nascido seria bem melhor, afinal não ia ter que falar com pessoas me comunicar, e nem me preocupar com coisas fúteis....-Depois de falar isso apenas me virei e comecei a andar, logo senti alguém do meu lado, era Kai com um sorriso, ele virou para mim e disse;

-Quer que eu carregue esses livros, em mana?-Ele disse e sorriu ele parecia “Feliz”, mas disse que não. Enquanto íamos para escola descobri uma nova coisa; Kai é muito interessante, sabe muitas coisas e é uma pessoa agradável e amigável.

“Seu irmão Kai é um pretendente interessante e competente!”-Foi oque papai disse quando era criança. Hoje eu confirmo;

Kai é um pretendente interessante, competente, sabe muitas coisas e é uma pessoa agradável e amigável. Ele seria um bom marido

To be continuede...


Notas Finais


Perguntinhas sobre o capitulo;
a-Porque as conclusões?
b-Porque Rai não gosta de sua irmã msm que ela não o tenha feito nada?
c-Oq acontecerá no proximo cap?
S2 Bjs da TiaPoison S2


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...